Adega

O LUGAR E A PESSOA

Os Zuccardi não são pioneiros no Vale de Uco, “para nada”, como bem lembra Sebastián Zuccardi, o jovem hoje responsável pelos vinhos produzidos pela família. Ainda assim, muito do desenvolvimento da região, que atualmente é tida como um dos principais berços de grandes vinhos argentinos, deve-se ao seu trabalho.

Aos 39 anos (a maioria deles dedicados intensamente à empresa familiar), Sebastián pertente à terceira geração desde que os Zuccardi passaram a se dedicar ao vinho. Seu avô, Alberto tinha uma empresa de construção que desenvolveu um sistema de irrigação e, em 1963, comprou terras em Maipú, Mendoza, para demonstrar esse sistema. “Não queria se dedicar à viticultura, mas descobriu que a viticultura era sua paixão, e a partir daí a família começou a plantar vinhedos. Depois meu pai (José Alberto) decidiu colocar toda a sua vida dentro do vinho e nos criamos em uma família agrícola. Na terceira geração, nós três trabalhamos. Sou o mais velho e me dedico ao vinho, depois Julia, que cuida da hospitalidade, depois Miguel, na parte do azeite de oliva. Todos temos a vocação de trabalhar na empresa familiar”, afirma.

Foi com Sebastián que a família acabou se “deslocando” para o Vale de Uco, comprando vinhedos e criando uma unidade de pesquisa. Hoje, seu trabalho lá é reconhecido e ajuda a definir indicações geográficas na área, na busca por vinhos singulares de cada lugar. Sua visão tem feito os vinhos de Uco

Você está lendo uma amostra, registre-se para ler mais.

Interesses relacionados

Mais de Adega

AdegaLeitura de 2 mins
Em Verona
O ano de inauguração já está marcado: 2025. Daqui três anos os italianos deverão ter seu próprio Museu Internacional do Vinho, nomeado MuVin, na cidade de Verona, no nordeste da Itália, região do Vêneto. A novidade foi recentemente apresentada à impr
AdegaLeitura de 1 mins
Dirty
Em 2013, a vinícola fez a exposição “La Oveja Bala” com os designers de La Rioja Enrique Martín e Raúl San Cristóbal, que transformaram barris antigos em arte com personagens do mundo do cinema. De novo, Clint Eastwood foi um dos temas, agora como “D
AdegaLeitura de 1 mins
Museu na Borgonha
Após mais de uma década de planejamento, as portas do Cité Internationale de la Gastronomie & du Vin finalmente devem ser abertas no dia 6 de maio. Foram 10 anos de construção e 250 milhões de euros em investimento para um espaço de 1.750 m² dedicado