Lemon Magazine

A MEDICINA TRADICIONAL E A NATUROPATIA

A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma perturbação do neurodesenvolvimento muito comum em idade escolar e, ainda que possa ser tratada de forma eficaz, há sintomas persistentes. As crianças com PHDA distraem-se facilmente e têm muita dificuldade em manter-se quietas, atentas e concentradas. Evitam tarefas que exijam demasiada concentração, têm dificuldade em seguir instruções, são desorganizadas, falam demasiado e interrompem os outros. Estes sintomas tendem a aparecer no início da escolaridade obrigatória, quando começa a ser exigido aos miúdos que estejam mais quietos, concentrados e que cumpram regras. Porque tem implicações quotidianas a muitos níveis, o problema deve ser diagnosticado o mais cedo possível, mas a inespecificidade dos sintomas pode dificultar esta, pediatra do neurodesenvolvimento do Hospital Pediátrico de Coimbra e presidente da Sociedade Portuguesa de Défice de Atenção (SPDA), afirma que “em certo momento da vida, todos apresentamos algumas destas características” e que a diferença é que nos casos de PHDA, os sintomas são mais severos e persistentes. O diagnóstico desta perturbação é clínico, baseado em critérios comportamentais, numa perspetiva multidisciplinar, uma vez que não há exames que o permitam confirmar ou excluir.

Você está lendo uma amostra, registre-se para ler mais.