Prazeres da Mesa

O Natal dos confeiteiros

Conversando com diversos confeiteiros ao longo do ano, percebemos um aumento do consumo de doces no decorrer da crise que vivemos. Talvez tenha sido a maneira que as pessoas encontraram para adoçar um pouco a vida, em momentos tão difíceis. E, se em outros natais as estrelas eram os pratos salgados, podemos afirmar que em 2020, os doces serão parte imprescindível da ceia. Invadimos as lojas e ateliês dos confeiteiros para saber o que eles estão planejando para as festas de final de ano e pedimos que nos contassem sobre as suas comemorações e as lembranças de Natal. O resultado são diversas receitas cheias de amor, algumas retiradas dos caderninhos das mães e avós, todas muito acessíveis, para que você possa levar um pouco de carinho em forma de doce, para a sua ceia.

Isabela Akkari, especialista em confeitaria saudável, seguiu essa linha e nos presenteou com dois preparos inclusivos, algo superimportante, ainda mais nos dias de hoje, em que precisamos acolher. “Sou formada em administração de empresas, mas brinco que só fiz essa faculdade porque a única certeza que eu tinha era a de que teria a minha empresa, só não sabia do que”, conta a chef, que hoje leva o seu nome na marca própria. “Cheguei a trabalhar em áreas relacionadas a minha formação, mas não me sentia realizada. Nesta época eu namorava um atleta, que me influenciou bastante em relação ao cuidado com a minha alimentação. Então tinha dias que eu chegava do trabalho e cozinhava até duas horas da manhã”, relembra Isabela.

A paixão por doces, que já existia, aflorou ainda mais e sempre que ela tinha um tempo livre, se via na cozinha, testando doces. “Quando saí do meu último emprego, em 2014, fui para Nova York fazer um curso de doces veganos e sem glúten, no The Natural Gourmet Institute e

Você está lendo uma amostra, registre-se para ler mais.

Mais de Prazeres da Mesa

Prazeres da MesaLeitura de 1 mins
Couvert/drinque Para Refrescar
A maioria dos grandes licores é perfeita pura, mas combina muito bem em drinques. É o caso do espanhol Licor 43, cujo nome tem origem em seus 43 componentes, entre ervas aromáticas, raízes e frutas cítricas, que entram em sua composição, fazendo casa
Prazeres da MesaLeitura de 2 mins
Tikal Natural Vineyards, Mendoza, Argentina/
As práticas sustentáveis definitivamente ajudam no desenvolvimento do vinhedo. Buscam não só minimizar os impactos da agricultura sobre o ecossistema, mas também o desenvolvimento harmônico da planta com seu redor, criando um equilíbrio, que resulta
Prazeres da MesaLeitura de 4 mins
Grupo Esporão, Alentejo, Vinho Verde E Douro, Em Portugal/
O Esporão é um produtor de referência e uma das empresas com a maior área de vinha certificada biológica-orgânica no mundo. A Herdade do Esporão, na região do Alentejo, tem desde 2019 a totalidade de sua produção certificada como orgânica – são cerca