Revista GULA

SUSANA ESTEBAN

O percurso de Susana Esteban no vinho segue uma orientação simples: de norte para sul. Não é portuguesa por uma questão de metros. Nasceu do outro lado do rio Minho, em Tui, na Galiza (Espanha). Nesse caso, a nacionalidade não passa de mero detalhe. A casa é onde a alma está. E Susana Esteban é portuguesa de corpo, alma, vinha e vinhos.

A enóloga começou no Douro. Passou pelas quintas do Côtto e do Crasto. Fez parte da geração que mudou para sempre os vinhos daquela região. Migrou para sul e, depois de se aventurar pelo Alentejo, fincou raízes no granito de Portalegre, bem

Você está lendo uma amostra, registre-se para ler mais.

Mais de Revista GULA

Revista GULALeitura de 3 mins
O Nirvana da Harmonização
CRÍTICO DE VINHOS JORNALISTA E UM DOS CRÍTICOS DE VINHOS MAIS RESPEITADOS NO BRASIL. ESCREVEU REGULARMENTE PARA OS JORNAIS O GLOBO, FOLHA DE S. PAULO E O ESTADO DE S. PAULO. ATUALMENTE DEDICA-SE À PRODUÇÃO DA NEWSLETTER HORTALETTER E DO BLOG LUIZ-HOR
Revista GULALeitura de 1 mins
Uruguai
Uruguai/ Maldonado/ Rosé/ Garzón Apesar do nome, esse é um vinho produzido com uvas próprias em Maldonado. Estampar Bandol no rótulo pode trazer muita confusão e levar o consumidor para um lado errado, o que foi meu caso. Mas o vinho é muito bem feit
Revista GULALeitura de 3 mins
Jerez
1. Existem duas grandes famílias de Jerez, que está relacionada com sua expressão na taça: os biológicos e os oxidativos. Na primeira categoria estão os jereces Fino e Manzanilla; enquanto os jereces oxidativos são representados pelas categorias Amon