Encontre o seu próximo audiobook favorito

Torne-se um membro hoje e ouça gratuitamente por 30 diasComece seus 30 dias gratuitos

Dados do livro

A LEI

A LEI

Escrito por Frédéric Bastiat

Narrado por Miguel Dias

Ações de livro

Comece a ouvir
Notas:
Classificação: 5 de 5 estrelas5/5 (5 avaliações)
Duração: 1 hora

Descrição

Porque é que a instituição que faz cumprir a lei não obedece a lei? Porque é que a lei permite que o estado pratique atividades que são consideradas ilegais para os indivíduos? Estas são algumas das mais intrigantes questões em filosofia político-econômica. Particularmente, a questão da lei que viola a moral é central para a compreensão da filosofia estatista. Bastiat, nesta obra de 1850, discute a crucial questão de como determinar se alguma lei é injusta. Também define as situações em que o estado passa a comportar-se como contraventor. Bastiat discute profundamente, e com grande capacidade de síntese, estas e outras questões neste texto que parece ter sido escrito nos dias de hoje. O ensaio é eterno pois aplica-se sempre que o estado decide obedecer leis diferentes daquelas que os indivíduos devem obedecer.
Ler mais
A LEI

Ações de livro

Comece a ouvir

Dados do livro

A LEI

Escrito por Frédéric Bastiat

Narrado por Miguel Dias

Notas:
Classificação: 5 de 5 estrelas5/5 (5 avaliações)
Duração: 1 hora

Descrição

Porque é que a instituição que faz cumprir a lei não obedece a lei? Porque é que a lei permite que o estado pratique atividades que são consideradas ilegais para os indivíduos? Estas são algumas das mais intrigantes questões em filosofia político-econômica. Particularmente, a questão da lei que viola a moral é central para a compreensão da filosofia estatista. Bastiat, nesta obra de 1850, discute a crucial questão de como determinar se alguma lei é injusta. Também define as situações em que o estado passa a comportar-se como contraventor. Bastiat discute profundamente, e com grande capacidade de síntese, estas e outras questões neste texto que parece ter sido escrito nos dias de hoje. O ensaio é eterno pois aplica-se sempre que o estado decide obedecer leis diferentes daquelas que os indivíduos devem obedecer.
Ler mais