Comece a ler

Traição entre Lobisomens

Notas:
34 páginas21 minutos

Resumo

Meus pais e eu pertencíamos ao clã lobisomem de Sergei. Nós morávamos perto da fronteira entre Rússia e Alasca. Quando Sergei, nosso macho alfa , anunciou que estava levando o clã para o Alasca, fiquei confusa. Nosso novo vilarejo parecia o mesmo em que morávamos na Rússia.
Alguns meses mais tarde, eu estava à caça de linces, leões da montanha, alces e ursos polares. Uma noite, senti vontade de ir para meu local favorito, próximo ao rio; saí furtivamente da cabana onde meus pais estavam dormindo.
Eu me transformei em lobisomem fêmea e comecei a correr em direção ao rio.
A neve recém-caída me me fez muito feliz. Meia hora mais tarde, cheguei ao meu destino: uma das minhas árvores prediletas tinha um buraco na parte inferior, e eu guardava roupas de frio ali.
Quando terminei de me vestir, eu escalei a árvore e me sentei em um de seus galhos. Caía neve das àrvores à minha volta; o rio estava congelado mas, mesmo assim, eu ainda gostava dele. Um par de coelhos fazia buracos por perto.
Eu era meio que uma solitária, e meu comportamento era visto como estranho pelos outros, mas não para mim.
De repente, ouvi um vozerio e risadas. Eu avistei uma garota morena fugindo de um grupo de garotos. Ela era extremamente rápida; segundos depois, o aroma de lobisomem fêmea me indicou sua localização.

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.