Curta este título agora mesmo, além de milhões de outros, com um período de avaliação gratuita

Apenas $9.99/mês após o período de testes. Cancele quando quiser.

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

Ler amostra

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

avaliações:
3.5/5 (8 avaliações)
Comprimento:
125 páginas
1 hora
Editora:
Lançado em:
Sep 11, 2017
ISBN:
9781507103661
Formato:
Livro

Descrição

Saiba mais sobre os benefícios de saúde que a utilização de óleos essenciais pode fornecer, a si e à sua família. Ao faze-los de plantas e ervas cruas existentes nas proximidades, você pode economizar dinheiro e garantir que os seus óleos são frescos. Descubra receitas e misturas originais para atender naturalmente a uma variedade de preocupações com a saúde.

Óleos essenciais, óleos voláteis ou óleos etéreos são concentrados líquidos que contêm uma combinação de produtos químicos da planta que são valiosos para muitos usos, você vai aprender mais sobre isso. Podem ser utilizados para a produção de perfumes, sabonetes, cosméticos e muitos outros produtos.

Também têm o seu lugar na medicina. Ao longo da história, os óleos essenciais desempenharam, e continuam a desempenhar, um papel enorme no tratamento de doenças como:

✔ Constipações, gripe

✔ Artrite

✔ Insónia

✔ Fortalecimento do sistema imunológico

✔ Bronquite

✔ Acne

✔ Pequenos cortes, arranhões

✔ Fadiga

✔ Problemas de digestão

✔ Hipertensão arterial

✔ MUITOS MAIS!

Neste e-book, revelam-se maneiras simples de fazer os seus próprios óleos essenciais de plantas e ervas cruas, juntamente com muitas receitas para ajudar a resolver estas questões de saúde e muitas outras utilizações.

Este guia dá-lhe uma visão geral sobre a história dos óleos essenciais e termina mostrando formas muito simples de como pode destilar, combinar e usar os óleos essenciais para muitas situações. Experiencie a melhoria da saúde e a energia que a utilização de óleos essenciais pode fornecer.

Editora:
Lançado em:
Sep 11, 2017
ISBN:
9781507103661
Formato:
Livro

Sobre o autor

No Author's biography provided - No Author's biography provided - No Author's biography provided


Relacionado a Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do Livro

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais - Amber Richards

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

a Partir de Plantas Cruas

Por Amber Richards

Índice

Introdução

Essências

Óleos Essenciais

A História dos Óleos Essenciais

Óleos Essenciais como Antissépticos

Muitas Outras Utilizações dos Óleos Essenciais

Óleos Essenciais e Meios de Administração

Como Obter e Preservar Plantas Aromáticas

Infusões ou Decocções

Preparação das Plantas: Definição, Métodos e Usos

Óleos Essenciais e Algumas das suas Utilizações

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

Preparar o seu Armário de Medicamentos

Que Parte da Planta é Utilizada?

Preparação das Cápsulas de Óleos Essenciais, Salvas, Xaropes e Tinturas

Óleos Essenciais para Tratamentos de Beleza

Óleos Essenciais para Tónicos e Chás

Conclusão

Traduzido por Sandra Schofield 

Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais a Partir de Plantas Cruas

Escrito por Amber Richards

Copyright © 2015 Amber Richards

Todos os direitos reservados

Distribuído por Babelcube, Inc.

www.babelcube.com

Traduzido por Sandra Schofield

Babelcube Books e Babelcube são marcas comerciais da Babelcube Inc.

Introdução

Cuidar da nossa saúde é um objetivo importante na nossa vida. Qualquer pessoa que já enfrentou problemas de saúde sabe que a nossa saúde não deve ser tomada como garantida. Aprender estratégias e métodos que nos possam ajudar a atingir níveis ótimos de saúde não só nos irá beneficiar agora, mas também o fará certamente nos anos vindouros. Ambicionamos que os nossos anos de ouro sejam aqueles em que estejamos suficientemente fortes e saudáveis para desfrutar, de preferência até ao fim das nossas vidas.

Neste ebook iremos ver várias ervas e óleos essenciais no papel de melhorar a nossa saúde em geral e, esperamos, superar de uma forma natural desafios de saúde que possamos estar a encarar. Existem muitos métodos para usar as plantas e os seus óleos, e também lhe iremos mostrar como pode fazer os seus próprios óleos (que podem ser caros para comprar), a partir de plantas cruas.

É interessante familiarizar-se com os vários tipos de remédios que o ser humano desenvolveu para os seus homens, desde o início da humanidade. De tempos em tempos, vemo-nos recuar no tempo para a era de medicamentos naturais, simples e banais, se é que alguma vez os abandonámos por completo. Muitas vezes voltamos a esses remédios, como último recurso, quando um problema sério não consegue responder ao vasto leque de terapias modernas. Obviamente, poderíamos fazer melhor e gastar menos tempo, em algumas doenças, se fizéssemos desse o nosso ponto de partida.

Descobertas recentes, tais como as que mostraram a existência de hormonas e princípios antibióticos em muitas plantas e essências, sugerem que deveríamos ter sido cautelosos ao fazer julgamentos sobre o funcionamento desses medicamentos. Agora foi-nos dada uma noção simples e lógica da sua ação, através de várias correspondências hormonais, tanto no corpo físico como em relação à psique. Numerosas experiências permitem-nos explicar alguns dos tratamentos milenares que, até agora, foram dispensados com um sorriso - um saquinho de alho ou outras plantas, por exemplo, que os nossos antepassados costumavam pendurar no pescoço das crianças atormentadas por vermes ou, mais geralmente, usado durante surtos epidémicos.

E ainda, o uso das plantas e essências, feito com conhecimento, pode produzir efeitos. Efeitos que, para o leigo, são vistos quase como miraculosos. Os antigos egípcios já sabiam como anestesiar indivíduos com a completa maceração de plantas.

Os nomes dos mais eminentes pesquisadores, médicos, biólogos e farmacêuticos, aparecem continuamente entre os autores das inúmeras obras que lidam com plantas e óleos essenciais.

A medicina preventiva normal, que consiste em dar a pessoas saudáveis medicamentos e injeções de produtos cujos efeitos futuros são imprevisíveis, pode fazer alguns sentirem-se reticentes. Há cada vez mais pessoas a optar por métodos mais naturais.

Essências

As essências geralmente são obtidas através da destilação de plantas e, no caso da maioria das plantas consideradas, geralmente são prescritas em forma de gotas, pérolas ou cápsulas. Há secções separadas para o alho, cebola e camomila que são intencionalmente separados pois é raro serem prescritos por médicos. Porquê? Porque a ação destas plantas e temperos é, em parte, devida às suas essências aromáticas.

Muitas vezes, um método eficaz de tratamento envolve nada mais do que o uso diário na cozinha do alho, cravo, sálvia, alecrim, tomilho, segurelha e muitas outras ervas ou temperos. Para além das infusões, pós, fumigações, linimentos e banhos, alcançam os seus efeitos por meio dos óleos voláteis que libertam.  

Apesar dos raros problemas encontrados na utilização de plantas e essências, Médicos e Químicos ficarão surpreendidos com a ampla gama de substâncias odoríferas que podem ser utilizadas medicinalmente, escreveu R.M. Gattefosse (considerado o pai da Aromaterapia), que acrescentou ainda E com a grande variedade das suas funções químicas. Além das propriedades antissépticas e antimicrobianas para que são atualmente utilizados, os óleos essenciais são também antitóxicos e antivirais; têm um poderoso efeito energizante e possuem uma inegável propriedade cicatrizante.  

Continuando, quando o objetivo é analisar uma essência aromática destinada ao consumo (estas geralmente carregam o rótulo puro e natural sob a autoridade do fabricante quando são muitas vezes adulteradas), o método cromatográfico é usado para examinar a sucessão dos picos obtidos num gráfico em movimento. Esperar-se-ia que fosse suficiente comparar a curva com o tipo de imagem dada pela essência verdadeiramente pura e natural como referência.

Vá a um destes laboratórios de controlo um dia, e irá observar que, ao lado da máquina que é suposto ser infalível, há sempre um nariz - isto é, um homem ou uma mulher de capacidades altamente especializadas que, para cada gráfico individual, vai sempre farejar o vapor que é libertado. É o nariz que diz se o aparelho está certo ou não, e a informação dada irá ser corrigida se necessário.

De um modo geral, as plantas, independentemente de serem usadas frescas ou em forma de pó, em infusões ou decocções, internamente ou externamente através de fumigações, linimentos, cataplasmas ou banhos, vão de encontro às expetativas - desde que estas condições importantes sejam cumpridas: as plantas devem ser colhidas no momento certo e num lugar pré-determinado; devem ser secas e preservadas com habilidade para manter intacto o seu poder, e devem ser usadas discriminadamente. 

O uso médico de essências aromáticas, também conhecidas como essências de plantas, óleos essenciais ou óleos voláteis, tem uma longa tradição. No entanto, apesar da grande quantidade de investigação científica, o método de ação ainda não é conhecido com precisão, mas isto não diminui de forma alguma o seu valor terapêutico. Em contraste com muitos medicamentos modernos, com raras exceções e, ainda assim, somente quando usadas em pacientes com uma predisposição particular (como uma alergia), nem as plantas nem as suas essências causam repercussões ou complicações. Isto fornece um excelente motivo, se é que é preciso mais, para se virar para elas.

Através dos anos, na maioria dos séculos, foram desenvolvidas novas fórmulas de plantas e novas receitas. Por exemplo, os romanos plantaram ervas aromáticas, o Egito desenvolveu compostos para embalsamar com essências e resinas, os

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Faça os Seus Próprios Óleos Essenciais

3.5
8 avaliações / 1 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores

  • (4/5)
    Cancelamento de assinatura não uso obrigatória obrigada por pelo tempo que fiquei com a assinatura