Aproveite esse título agora mesmo, além de milhares de outros, com um período de teste gratuito

Apenas $9.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Seduzida Pelo Bilionário

Seduzida Pelo Bilionário

Ler a amostra

Seduzida Pelo Bilionário

notas:
4.5/5 (2 notas)
Duração:
80 páginas
1 hora
Lançados:
May 19, 2015
ISBN:
9781507110720
Formato:
Livro

Descrição

Penelope Hart costumava ter uma vida normal. Mas depois que ela é forçada a passar uma noite “Presa na Biblioteca Com o Bilionário”, o encantador Matthieu Dufour, tudo muda.

Multidões de paparazzi destroem a vida tranquila de Penelope, e quando as coisas saem do controle, só há um homem para quem ela pode pedir ajuda: Matt. Ele promete buscá-la e mantê-la a salvo.

Matt tem tanto dinheiro que poderia fazer todos os problemas de Penelope sumirem, mas será que ela pode confiar nele? Será que ela conseguirá voltar para a sua vida rotineira sem um coração partido? Ou será que ela vai descobrir que um final feliz com Matt é apenas um sonho?

***

"Seduzida Pelo Bilionário" é a segunda parte da série de romance inter-racial "Com o Seu Bilionário", seguindo a história de Penny, uma mulher negra BBW, e Matt, um homem branco. A série contém fortes temas sexuais, e é indicada para leitores maiores de 18 anos.

Lançados:
May 19, 2015
ISBN:
9781507110720
Formato:
Livro

Sobre o autor

Ellen Dominick has been writing professionally since 2002. Even though she has written for many newspapers and magazines, Ellen has alway had a passion for fiction. So now she is diving into the wild world of erotica. Ellen has lived all over the world, but she loves to visit Tokyo and buy hand braided bondage ropes whenever she can.


Relacionado a Seduzida Pelo Bilionário

Livros relacionados

Amostra do livro

Seduzida Pelo Bilionário - Ellen Dominick

Seduzida Pelo Bilionário

Ellen Dominick

Traduzido por Karla Marques V.

Babelcube Books

Seduzida Pelo Bilionário

Escrito por Ellen Dominick

Copyright © 2015 Ellen Dominick

Todos os direitos reservados

Distribuído por Babelcube, Inc.

www.babelcube.com

Traduzido por Karla Marques V.

Design da capa © 2015 Ellen Dominick

Babelcube Books e Babelcube são marcas comerciais da Babelcube Inc.

Seduzida Pelo Bilionário

Capítulo 1

Nada fazia sentido. A neve caia do céu e pousava na minha pele, derretendo nos meus cílios e encontrava o seu caminho até o espaço entre minha manga e minha luva. A luz se refletindo do pó branco era tão brilhante que eu quase me esqueci de onde eu estava.

Ah, é mesmo. Eu estava do lado de fora. Tínhamos finalmente saído da biblioteca.

E essa luz, não era apenas o sol. Não. Era o flash constante de fotos sendo tiradas. Um paredão de pessoas com câmeras seguia meus movimentos.

Mas eu não estava sozinha. Havia uma sensação de calor. Era o toque da mão de Matt na minha, enquanto ele me agarrava e me puxava com ele.

Parecia que estávamos correndo em câmera lenta. Eu não conseguia ouvir as vozes que gritavam ao meu redor. Eu não conseguia ouvir nada, apenas o som de nossas respirações ofegantes no ar frio.

Para onde estávamos correndo? Eu não sabia, e isso não importava. Contato que o calor da mão de Matt continuasse envolvido em torno da minha.

Mas então ele teve que abrir sua boca grande.

Táxi! ele gritou.

O táxi freou violentamente na nossa frente, jogando neve no meu casaco. A porta se abriu e nós voamos para dentro. Assim que o motorista viu nossos rostos, seu queixo caiu.

Ei, você não é o -

Matt empurrou um punhado de notas para o taxista.

Dirija, disse ele.

Sem outra palavra, o taxista pegou o dinheiro e saiu em disparada na direção oposta dos paparazzi. Em pouco tempo, eles eram apenas pequenos pontinhos no espelho retrovisor.

Capítulo 2

Estávamos sentamos na parte de trás do táxi e Matt ainda segurava a minha mão. O cheiro de fumaça de cigarro se agarrava ao velho estofo, assim como pedaços secos de goma de mascar velha. Olhei pela janela, para os edifícios passando por nós, e foi aí que eu me lembrei.

De tudo. Nós presos na biblioteca. Eu descobrindo que Matt não era realmente Matt. Que ele era Matthieu Eamon Dufour. Um bilionário. Que mentiu para mim.

Eu tiro a minha mão da dele.

"Mas que diabos!" Eu gritei.

O quê? Matt olhou para mim com os olhos arregalados. O que há de errado?

O que há de errado? Eu perguntei, incrédula: "O que há de errado? Como ousa me perguntar isso!?" Eu gostaria ter algo para poder jogar nele.

Você está brava comigo?

Eu não podia acreditar nele. Se eu estava brava? Mas é CLARO que eu estou brava! Como é que eu deveria estar me sentido?

Você mentiu para mim, eu disse. Eu nem sei quem você é.

Matt respirou fundo e olhou nos meus olhos.

Eu não menti para você. Eu só estava esperando o momento certo...

Cerrei os punhos e dei um soco no estofamento sujo.

"O momento certo para quê? Huh, Sr. Matthieu Eamon Dufour? Para me dizer que tudo isso é apenas um joguinho para você? Para me dizer que você só estava brincando comigo?" Eu gritei. Foi tão alto que até eu mesma me surpreendi.

Penny, eu-

O motorista parou o carro e que deu uma guinada para a frente. Ele se virou.

Prestem atenção, vocês dois, disse ele, eu não sei o que está acontecendo aí atrás, mas se não conseguirem se acalmar, eu vou largá-los na rua no próximo sinal. Entenderam?

Ele esperou até que nós dois fizéssemos que sim com a cabeça antes dele se virar para o volante.

"Não me importa quem você é, continuou ele. Atrapalhar a minha concentração assim é perigoso. E eu não vou reembolsar ninguém, também."

Depois de um momento, o carro começou a se mover novamente. Eu retirei um recibo velho do bolso e rabisquei ali o meu endereço. Depois eu o empurrei para o taxista.

Leve-me até este local o mais rápido que puder. Eu quero me distanciar deste maluco, eu disse.

Sim, senhora, respondeu ele.

Depois eu me recostei de volta no banco traseiro, de braços cruzados, olhando pela janela, para que eu não tivesse que olhar para o rosto de Matt. Por um momento, nós não dissemos nada. A única coisa que nos rodeava eram os barulhos da cidade.

Eu não tinha certeza sobre como eu me sentia exatamente. Eu estava com raiva. Eu nunca mais queria falar com ele novamente. Mas em algum lugar dentro de mim, eu desejava que Matt falasse comigo. Que ele se desculpasse. Que me dissesse que tudo estava bem. Eu queria sentir sua mão quente na minha novamente. Será que isso era errado?

O que você quer saber? Matt perguntou.

Eu virei minha cabeça lentamente para olhar

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Seduzida Pelo Bilionário

4.5
2 notas / 1 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor

  • (5/5)
    4 1/2. Bom... a Penny continua exagerada. Qualquer coisa ela grita e dá ataques de frescura sem necessidade. Ela também perde o equilíbrio e 'quase' cai toda hora. Como é que ela sobrevivia antes do Matt estar lá para salvá-la? :-P Sério, ela chega a irritar com tanto que sente pena de si mesma. Eu entendo, você é uma mulher negra, gordinha, classe média baixa num mundo difícil, mas minha filha, um cara lindo e rico quer você, e você fica de nhemnhemnhem? Se eu fosse o Matt já tinha mandado ela ir pastar...
    Mas é o Matt que faz o livro VALER A PENA. Mas que carinha encantador! E ama livros! Ah, que perfeição! Ele é bem centrado, pé no chão, mas ao mesmo tempo ainda é meio fora da realidade, por ter tido uma vida fácil. É divertido ver os dois tentando equilibrar suas experiências de vida.
    Mas às vezes o cara merece virar santo. Aqui conhecemos sua família, que é tão irritante quanto a Penny. E mesmo que haja um bocadinho de 'insta-love' ali, foi uma continuação interessante.
    A cena dos 'finalmentes' valeu a pena a espera, o negócio pegou FOGO!!! Uff! Agora quero o terceiro livro! AGORA!