Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953

O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953

Ler a amostra

O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953

Duração:
170 páginas
1 hora
Lançados:
19 de mai. de 2015
ISBN:
9781311204059
Formato:
Livro

Descrição

Esta Publicação diz respeito ao futebol em Évora e o seu campeonato regional, das origens à estreia dos eborenses na 1a Divisão. Com toda a Histórias que envolveram os Campeonatos Regionais, jornada a jornada, resultados e classificações, assim como informação das equipas alentejanas nas provas nacionais. Uma obra pormenorizada do Futebol em Évora. A origem do futebol em Évora Terá sido introduzido em Portugal, na zona de Lisboa, em 1886 e em Évora o seu furor também não tarda. Antecedido pelo despontar do desporto em geral, a partir de 1868, com as corridas e provas hípicas do Jockey Club Alentejano; com o ciclismo, já aqui praticado em 1896; com o tiro, enraizado desde 1904.
O Surgimento dos principais clubes terá Chegado à cidade há cerca de 100 anos e tendo hoje no Lusitano Ginásio Clube e no Juventude Sport Clube a sua maior representatividade, o futebol, no seus primórdios, fez eclodir na cidade inúmeros grupos desportivos, que mobilizaram fortemente a sociedade eborense
Os primeiros Organismos colectivos de clubes, Ligas e Associação
Em 1926/27, o primeiro campeonato de Évora e dois anos depois começam a participar no Campeonato de Portugal. Em 1929/30, o União Montemor é campeão distrital e um ano depois o Lusitano chega aos quartos-final do Campeonato Portugal.
1931/32, o Juventude é campeão distrital pela primeira vez e em 1934/35, eborenses nas primeiras provas das ligas experimentais.
Luzitânia reguengos, Campeão distrital em 1937 e 1938, Juventude Campeão do Alto Alentejo em 1939. Estremoz campeão distrital em 1942.
1950/51, Inicio dos anos dourados do Lusitano Ginásio e estreia na 1a divisão na época de 1952/53

Lançados:
19 de mai. de 2015
ISBN:
9781311204059
Formato:
Livro

Sobre o autor

Nasceu em Londres, Grâ-Bretanha, a 15 de Junho de 1968, formado em Engenharia Civil, do qual exerce a profissão, tem no desporto o complemento das suas necessidades. Gosto pelas histórias e estatísticas do futebol, acaba por ser um coleccionador de mesmo.


Relacionado a O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953

Livros relacionados

Artigos relacionados

Amostra do livro

O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953 - Giusepe Giorgio

Giusepe Giorgio

2015

Título: O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional

Published by Giusepe Giorgio

At Smashwords Edition.

Maio 2015

ISBN 978 131 120 4059

Reservado todos os direitos de acordo com a legislação em vigor.

Reprodução proibida por todos e quaisquer meios.

Por vontade expressa do autor, a presente edição não segue as regras do Acordo Ortográfico.

Índice

Título

Introdução

A Origem do Futebol em Évora

O surgimento dos principais clubes Eborenses

Os primeiros Organismos colectivos de clubes, Ligas e Associação

1926/27, o primeiro Campeonato de Évora

1928/29, Eborenses começam a participar no Campeonato de Portugal

1929/30, União Montemor vence Campeonato Distrital

1930/31, Lusitano Ginásio Clube chega aos quartos-de-final do Campeonato Portugal

1931/32, Juventude Sport Clube, Campeão Distrital pela primeira vez

1932/33, Lusitano volta a vencer o Campeonato Distrital

1933/34, Juventude SC e União Montemor ausente das provas oficiais

1934/35, Eborenses na primeira época das Ligas Experimentais

1935/36, Juventude Sport Clube conquista segundo título distrital

1936/37, Luzitânia Reguengos conquista Campeonato Distrital

1937/38, Luzitânia Reguengos bicampeão numa prova indisciplina

1938/39, Juventude Sport Clube, Campeão do Alto Alentejo

1939/40, Juventude Sport Clube novamente Campeão Distrital

1940/41, Juventude SC e Lusitano GC, repartem títulos

1941/42, CF Estremoz, Campeão Distrital

1942/43, Juventude SC, Campeão Distrital em prova equilibrada

1943/44, Juventude SC, Bicampeão Distrital

1944/45, União Montemor, Campeão Distrital 15 anos depois

1945/46, União Montemor, repete título distrital

1946/47, União Montemor tricampeão distrital

1947/48, União Montemor e Lusitano GC, disputam a 2ª Divisão Nacional

1948/49, União Montemor 4º na 2ª Divisão e Estrela Vendas Novas, Campeão Distrital

1949/50, União Montemor na fase Final da 2ª Divisão

1950/51, Juventude Sport Clube, Campeão da 3ª Divisão e início dos anos dourados do Lusitano Ginásio Clube

1951/52, Lusitano Ginásio Clube sobe à 1ª Divisão

1952/53, A estreia dos Eborenses na 1ª Divisão

Bibliografia

Introdução

Esta Publicação diz respeito ao futebol em Évora e o seu campeonato regional, das origens à estreia dos eborenses na 1ª Divisão. Com toda a Histórias que envolveram os Campeonatos Regionais, jornada a jornada, resultados e classificações, assim como informação das equipas alentejanas nas provas nacionais. Uma obra pormenorizada do Futebol em Évora.

A origem do futebol em Évora Terá sido introduzido em Portugal, na zona de Lisboa, em 1886 e em Évora o seu furor também não tarda. Antecedido pelo despontar do desporto em geral, a partir de 1868, com as corridas e provas hípicas do Jockey Club Alentejano; com o ciclismo, já aqui praticado em 1896; com o tiro, enraizado desde 1904.

O Surgimento dos principais clubes terá Chegado à cidade há cerca de 100 anos e tendo hoje no Lusitano Ginásio Clube e no Juventude Sport Clube a sua maior representatividade, o futebol, no seus primórdios, fez eclodir na cidade inúmeros grupos desportivos, que mobilizaram fortemente a sociedade eborense

Os primeiros Organismos colectivos de clubes, Ligas e Associação

Em 1926/27, o primeiro campeonato de Évora e dois anos depois começam a participar no Campeonato de Portugal. Em 1929/30, o União Montemor é campeão distrital e um ano depois o Lusitano chega aos quartos-final do Campeonato Portugal.

1931/32, o Juventude é campeão distrital pela primeira vez e em 1934/35, eborenses nas primeiras provas das ligas experimentais.

Luzitânia reguengos, Campeão distrital em 1937 e 1938, Juventude Campeão do Alto Alentejo em 1939. Estremoz campeão distrital em 1942.

1950/51, Inicio dos anos dourados do Lusitano Ginásio e estreia na 1ª divisão na época de 1952/53

A Origem do Futebol em Évora

"Não há duas opiniões em contrário. O futebol que se joga e sempre se jogou em Portugal veio de Inglaterra, pela mão de alguns jovens lusitanos educados nos melhores colégios daquele países e, também, por cidadãos britânicos a trabalhar entre nós."

Há, porém, duas versões sobre a chegada da primeira bola a Portugal. Uma aponta para o Funchal e é atribuída a um inglês de nome Harry Hilton, que ali residia - facto assinalado, durante muitos anos, num pequeno muro do parque infantil do jardim da Camacha, inserindo, em letras metálicas, a legenda "Aqui se praticou futebol pela primeira vez em Portugal em 1875. Outra diz terem sido os irmãos Eduardo e Frederico Pinto Basto, em 1886, os portadores de uma bola com o forte desejo de continuarem, na sua pátria, um desporto, o futebol, que muito os apaixonara.

Terá sido introduzido em Portugal, na zona de Lisboa, em 1886 e em Évora o seu furor também não tarda. Antecedido pelo despontar do desporto em geral, a partir de 1868, com as corridas e provas hípicas do Jockey Club Alentejano; com o ciclismo, já aqui praticado em 1896; com o tiro, enraizado desde 1904;

O futebol supõe-se trazido para a cidade em 1908, pelo eborense Miranda, estudante em Lisboa. Este terá ensinado o jogo a alguns rapazes, no Largo da Porta de Machede e no Largo dos Colegiais. E em 1909 já se pratica na Casa Pia de Évora, sendo em 1910 a principal modalidade desportiva ministrada nesta instituição. Por isso se afirma que a Casa Pia de Évora é o berço do futebol na cidade. Os seus alunos recebem treino sistemático e realizam o primeiro jogo público em 1913. De camisola roxa e branca e calção preto, a equipa da Casa Pia joga futebol até 1926, ano em que se extingue, indo quatro dos seus jogadores para o Lusitano.

Entretanto, de 1908 e 1911 os tipógrafos da cidade, conhecidos por Grupo dos Azelhas, praticando no Largo da Graça e no Rossio, jogam no Évora-Sport. Formação que evolui para Sport Club Empregados do Comércio, em 1912, e em seguida para Ginásio Comércio e Indústria.

Mas, em 1910, também os alunos do Liceu de Évora, que já jogam futebol, defrontam os alunos do Liceu da Lapa, de Lisboa, no Rossio de S. Brás, sendo este um dos primeiros desafios de futebol realizados em Évora, no qual os visitantes vencem por 3-0. A equipa do Liceu de Évora, o Sport Vitória Académico, é a primeira a ter uma estrutura própria, orientada por alunos seniores e pelo desportista Augusto Ramos Cabeça. Afirmando-se, porém, como grupo desportivo só em 1912.

Logo leva a que outras equipas surjam, e a que se segue foi o Club de Sport dos Empregados do Comércio, grosso contingente de farta escolha. O Sport Vitória Académico vence os 1ºs torneios em Évora (1912/13 e 1913/14).

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O Futebol em Évora e o seu Campeonato Regional até 1953

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor