Comece a ler

Elvis: uma Vida - uma Poesia

Notas:
176 páginas2 horas

Resumo

Elvis Presley, o rei do rock roll. O grande mestre do rebolado, com certeza viveu uma vida fora das normas da sociedade das décadas dos anos 50, 60 e 70. Um artista que se apresentou longe dos Estados Unidos, apenas no Canadá, isso porque o seu empresário, conhecido como Coronel, que foi sem dúvida, alguém de suma importância na carreira do ídolo, esse por ser imigrante, não podia deixar o país por viver ilegal nos Estados Unidos e dessa forma, não aceitava convites para que Elvis fosse se apresentar no exterior. Mesmo assim, ele fez com que a carreira do Rei fosse além de todas as fronteiras e perspectivas, que se podia imaginar. Elvis, filho de Vernon Elvis Presley e Gladys Love Smith Presley, foi um jovem humilde, porém muito inteligente e perseverante. Sua vida agitada, não foi somente uma poesia, sendo que em muitos momentos, se tornasse quase uma tragédia, uma vida com passagens turbulentas. Possuidor de uma beleza física fora do comum, com seus olhos claros e cabelos escuros, era idolatrado por todas as mulheres que o cobiçavam, essas causaram-lhe muitas vezes sérios problemas. O grande e verdadeiro amor de sua vida foi a jovem Priscilla, nascida em 24 de maio do ano de 1945 em Brooklyn, New York City. Esse encontro foi certamente, um amor à primeira vista, e essa jovem encantadora, ainda menina, tinha 14 anos e Elvis já era um homem adulto e possuidor de uma grande fama e fortuna. Elvis conheceu Priscilla durante sua estadia na Alemanha na cidade de Friedberg, próxima a Bad Nauheim, situada a 40 km de Frankfurt, cidade balneária onde ele comumente frequentava. Essa grande paixão, possibilitou que ambos, anos mais tarde, chegassem ao matrimonio que originou o nascimento da filha Lisa Marie Presley. A filha por força do destino viria, depois de duas décadas, a se casar com “Pop Star”, o famoso astro: “Michael Jackson, The King of Pop”.

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.