Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Linux para principiantes
Linux para principiantes
Linux para principiantes
E-book214 páginas4 horas

Linux para principiantes

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

Se quer aprender a usar Linux mas não sabe por onde começar, siga este livro.

Saber por onde começar quando se inicia a aprendizagem de uma nova tecnologia pode ser um desafio, especialmente se o assunto parecer tão vasto. Pode existir tanta informação disponível que se torna difícil escolher por onde começar, ou pior, começa-se por uma via de aprendizagem e rapidamente se encontram demasiados conceitos, comandos e nuances que não estão explicadas. Este tipo de experiência torna-se frustrante e conduz a mais perguntas do que respostas.

Linux para principiantes não parte de nenhum pressuposto acerca do seu conhecimento anterior de Linux. Não precisa de conhecimentos prévios para beneficiar deste livro. Será guiado passo a passo usando uma abordagem lógica e sistemática. À medida que novos conceitos, comandos ou jargão surgem, estes serão explicados em linguagem simples tornando a aprendizagem fácil para qualquer pessoa.

Eis o que pode aprender se ler Linux para principiantes:

  • Como obter acesso a um servidor Linux se ainda não tem.
  • O que é uma distribuição Linux e qual escolher
  • Que software é preciso para se ligar a um servidor Linux a partir de Mac e Windows.
  • O que é SSh e como usar, incluindo criar e usar chaves SSH.
  • O Sistema de ficheiros e onde encontrar programas, configurações e documentos.
  • Comandos básicos de Linux mais comuns.
  • Criar, mover, eliminar e mudar o nome de pastas.
  • Listar, ler, criar, editar, copiar e eliminar ficheiros
  • Como funcionam as permissões e como decifrar o sistema de permissões do Linux
  • Como usar os editores nano, vi, e emacs.
  • Dois métodos para procurar ficheiros e pastas
  • Como comparar o conteúdo de ficheiros
  • O que são pipes, porque são uteis e como as usar.
  • Como comprimir ficheiros para poupar espaço e transferir dados de forma mais simples
  • Como redirecionar entradas e saídas de aplicações
  • Como personalizar o ambiente de trabalho
  • Como ser eficiente a usar a linha de comandos usando alias, completar com tab e o histórico da linha de comandos.
  • Como agenda tarefas com o cron
  • Como mudar de utilizador e executar comandos com outras sessões
  • Onde procurar mais informação sobre cada tópico
IdiomaPortuguês
EditoraBadPress
Data de lançamento10 de dez. de 2015
ISBN9781507124055
Linux para principiantes
Ler a amostra

Leia mais títulos de Jason Cannon

Relacionado a Linux para principiantes

Ebooks relacionados

Artigos relacionados

Categorias relacionadas

Avaliações de Linux para principiantes

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    Linux para principiantes - Jason Cannon

    LINUX PARA PRINCIPIANTES

    ––––––––

    JASON CANNON

    Copyright © 2014 Jason Cannon

    All rights reserved.

    ISBN: 1496145097

    ISBN-13: 978-1496145093

    Indice

    ––––––––

    Uma oferta

    ––––––––

    Como agradecimento por ler Linux para todos, gostaria de lhe oferecer uma cópia de Alternativas de Linux para aplicações Windows. Nessa cópia serão apresentadas mais de 50 das mais populares aplicações disponíveis para Linux nos nossos dias. Estas aplicações permitirão navegar na Internet, ver vídeos, ouvir música, ligar às redes sociais, criar apresentações e muito mais. Esta oferta é um perfeito complemento para este livro e irá ajudar com o seu percurso em Linux. Visite http://www.linuxtrainingacademy.com/linux-apps para fazer download da sua oferta gratuita.

    Introdução

    ––––––––

    Saber por onde começar quando se inicia a aprendizagem de uma nova tecnologia pode ser um desafio, especialmente se o assunto parecer tão vasto. Pode existir tanta informação disponível que se torna difícil escolher por onde começar, ou pior, começa-se por uma via de aprendizagem e rapidamente se encontram demasiados conceitos, comandos e nuances que não estão explicadas. Este tipo de experiência torna-se frustrante e conduz a mais perguntas do que respostas.

    Linux para principiantes não parte de nenhum pressuposto acerca do seu conhecimento anterior de Linux. Não precisa de conhecimentos prévios para beneficiar deste livro. Será guiado passo a passo usando uma abordagem lógica e sistemática. À medida que novos conceitos, comandos ou jargão surgem, estes serão explicados em linguagem simples tornando a aprendizagem fácil para qualquer pessoa.

    Vamos começar.

    começar pelo inicio: iniciar uma sessão

    ––––––––

    Para iniciar a sua aprendizagem e testar os seus novos conhecimentos, vai necessitar de acesso a um Sistema Linux. Se já tem uma conta num Sistema Linux, pode passar diretamente para o próximo capítulo.

    Acesso via Web à linha de comandos

    A forma absolutamente mais rápida para ter acesso a uma conta Linux é visitar http://www.simpleshell.com através de um browser e clicar em Start my session. Um emulador do terminal ligado a um servidor Linux é apresentado. A sessão será iniciada automaticamente usando uma conta genérica e será apresentada uma janela de linha de comandos.

    Uma vez que não possui uma conta pessoal, o seu histórico de comandos e quaisquer ficheiros criados serão destruídos no fim da sessão. O SimpleShell é uma boa ferramenta para testar alguns comandos ou trabalhar por curtos períodos uma vez que as sessões são limitadas a 15 minutos. Poderá facilmente iniciar nova sessão mas todo o trabalho da sessão anterior será perdido. Se por alguma razão o SimpleShell não estiver disponível, existem outras alternativas como http://www.webminal.org ou http://linuxzoo.net.

    Alojamento Web e contas Shell

    Se utiliza um serviço de alojamento web para alojar o seu site, poderá já ter acesso a uma conta Linux. Consulte a documentação do seu fornecedor de serviço de alojamento e procure por SSH ou shell access. SSH significa Secure Shell e garante uma forma de se ligar a um servidor através de uma rede como a Internet por exemplo. Se ainda não tem um prestador de serviço de alojamento, pode subscrever um e utilizar para acesso Shell. O serviço de alojamento partilhado geralmente tem baixo custo mensal.

    Aqui tem algumas empresas que prestam o serviço de alojamento partilhado e que lhe podem fornecer um acesso shell e SSH.

    1and1.com

    BlueHost.com

    DreamHost.com

    HostGator.com

    Site5.com

    Usar imagens de Linux pré-instaladas

    O VirtualBox é um software de virtualização que pode ser instalado em Windows, Mac, Solaris, ou Linux. Permite-lhe correr um sistema operativo dentro do seu atual sistema operativo. Esta opção requer mais tempo para preparar que as anteriores, mas pode valer a pena o esforço extra para ter o seu próprio sistema Linux. Nesta situação necessitará de alguns minutos para instalar um software de virtualização, fazer o download de uma imagem pré-instalada de Linux e importar essa imagem.

    Para começar, visite a página de download do VirtualBox em https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads e selecione a versão adequada para o seu sistema operativo atual. Siga os passos de instalação e aceite as opções sugeridas por defeito.

    Depois, faça o download de uma imagem de disco virtual a partir de http://virtualboxes.org. Recomendamos que faça download da imagem de CentOs ou Ubuntu a menos que já conheça outra distribuição de Linux para trabalhar no futuro. Sinceramente não existe escolha errada. Os conceitos que irá aprender com este livro aplicam-se a qualquer distribuição de Linux.

    Inicie o VirtualBox, crie uma nova máquina virtual e use a imagem de disco virtual que acabou de fazer download. Quando lhe for pedida uma imagem de disco selecione Use existing hard disk e clique no ícone da seleção de pasta. De seguida clique em Add e selecione a imagem de disco virtual. Quando a máquina virtual for iniciada poderá iniciar sessão no servidor usando o nome de utilizador e password fornecidos quando fez download da imagem.

    Se quiser saber mais

    Estas ligações bem como outro material adicional estão disponíveis em:

    http://www.linuxtrainingacademy.com/lfb

    Como instalar o VirtualBox em Mac – Um vídeo que demonstra o processo de instalação do VirtualBox num Mac. 

    http://youtu.be/xBQdflx1L1o

    Como instalar o VirtualBox em Windows – Um vídeo que demonstra o processo de instalação do VirtualBox em Windows.

    http://youtu.be/CBhppdewtEQ

    Documentação oficial do VirtualBox https://www.virtualbox.org/wiki/Documentation

    Página de download do VirtualBox – Onde obter uma cópia do software VirtualBox.

    https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

    VirtualBoxes.org – Um boa fonte de imagens de disco virtual.

    http://virtualboxes.org/

    ligação

    ––––––––

    Quando a sua conta é criada, é-lhe fornecido um conjunto de dados relativos à forma como se pode ligar a um servidor Linux. Podem ser-lhe fornecidos alguns ou todos os seguintes dados:

    Username. Também conhecido como conta, login ou ID.

    Password

    Chave SSH

    Nome de servidor e endereço IP

    Número de porta

    Protocolo de ligação

    O protocolo de ligação será SSH (Secure Shell) ou telnet. SSH e telnet garantem formas de se ligar a um servidor através da Internet ou de uma rede local. Na grande maioria dos casos, o protocolo será SSH. Neste momento telnet está praticamente obsoleto, no entanto pode encontrar situações em que este seja necessário.

    Escolha de um cliente SSH

    Se lhe foi dado um cliente SSH especifico para usar, use esse programa e siga a documentação específica. Se tem Liberdade de escolha do seu próprio cliente ou não lhe foi fornecido nenhum, sugerimos que use o PuTTY para Windows ou Terminal para Mac.

    O download do PuTTY pode ser feito neste site:

    http://www.LinuxTrainingAcademy.com/putty/. Apenas necessitará do ficheiro putty.exe para iniciar.

    A aplicação Terminal vem pré-instalada em sistemas Mac e localiza-se na pasta /Applications/Utilities.

    Uma lista de outros clientes SSH é fornecida no final deste capítulo.

    Ligação via SSH com uma Password a partir do Windows

    Para se ligar a um servidor Linux usando o protocolo de ligação SSH inicie o PuTTY.

    Escreva o nome do servidor ou endereço IP que lhe foram fornecidos na caixa Host Name (ou IP address). Se não lhe foi fornecida uma porta, deixe ficar o valor de defeito (22).

    Introduza o nome de utilizador clicando em Data no painel à esquerda. Fica exatamente abaixo de Connection. Escreva o nome de utilizador na caixa Auto-login username. Se não executar este passo, será pedido o nome de utilizador quando se ligar ao servidor.

    ––––––––

    Guarde a sua sessão, e para isso basta escrever um nome na caixa Saved Sessions e clicar em Save. Isto permite que o processo seja muito mais rápido pois basta clicar duas vezes na sessão guardada para ligar ao servidor Linux.

    Quando clica em Open é feita uma tentativa de ligação. A primeira vez que se liga a um determinado servidor, o PuTTY pergunta se pretende guardar a host key do servidor. Não lhe será perguntado novamente nas ligações seguintes. Para adicionar a host key SSH do servidor no PuTTY simplesmente clique em Yes quando lhe for perguntado.

    Quando iniciar sessão com sucesso irá ver algo semelhante a isto:

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1