Comece a ler

O Peixinho do Pantanal

Notas:
19 páginas3 minutos

Resumo

Este livro é dedicado aos pais das crianças que um dia foram também "peixinhos".

Dediquei essa história para Isadora, minha filha, ela que soube ser um "peixinho" extremamente amoroso, para Alana e Aline, suas amigas vencedoras, e Pedro Felipe, meu filho, que é um grandioso e amado "peixinho".

Dedico à minha esposa Maria Sara de Lima Dias, ela que ilustrou essa história, ela que é uma mulher de verdadeira paixão com a vida.

O Peixinho do Pantanal, a história singular de um um peixinho que vivia com medo.
A aventura do auto-conhecimento e da coragem de viver em um mundo imenso e diverso.

É um texto para as crianças de todo o mundo, aos pais, professores. Um caminho para o fortalecimento da criança, e ajudar para que alcance a liberdade.
O livro mostra atitudes que se materializam na ação. O direito de sonhar, de modificar sentimentos, de superar e realizar a descoberta de si, e de fortalecer a criança nas horas decisivas.
Há um momento em que todos passamos e que muito fraquejamos por não termos nos alimentado de três importantes aparatos da confiança em si mesmo:
- Imaginação
- Criatividade
- Determinação
O Peixinho do Pantanal promove a descoberta desse "eu" importante. Ser quem sou, tornar a ser a personalidade constitutiva da pessoa, de construir um caráter, e de uma ética decisiva para a vida.
Curta história que possui longo pensar.
Um peixinho solitário em um mundo de comparações e fortalezas, de forças aterradoras e aparências terríveis cumpre a ser herói de si-mesmo.
Eu dediquei parte da minha vida ao medo de viver, e pude superar descobrindo o "peixinho" capaz de importantes transformações.
De onde se parte e se chega exige a descoberta do possível.

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.