Curta este título agora mesmo, além de milhões de outros, com um período de avaliação gratuita

Apenas $9.99/mês após o período de testes. Cancele quando quiser.

Impulsos - Série Completa

Impulsos - Série Completa

Ler amostra

Impulsos - Série Completa

avaliações:
3/5 (5 avaliações)
Comprimento:
245 páginas
4 horas
Editora:
Lançado em:
Mar 5, 2017
ISBN:
9781507166925
Formato:
Livro

Descrição

Parte um: Fennel Riegel estava à procura de diversão. Depois de perder seu emprego e acabar tendo que voltar para casa, tudo que ela queria era uma noite para esquecer de tudo nos braços de um encontro aleatória. Alguém tinha outros planos para ela. Quando a noite vai mal, Fennel encontra-se mais estressada do que ela estava antes.

Trent Stevens é o homem dos sonhos e dos pesadelos de Fennel. Ele apareceu para salvá-la de si mesma e, em seguida, desapareceu sem deixar vestígios, deixando Fennel confusa e mentalmente marcada. Quando ele ressurge para salvar o dia novamente, ela não consegue descobrir se ele é bom ou ruim. Tudo o que ela sabe é que há uma escuridão sobre ele que a intriga.

Parte dois: Trent Stevens tem Fennel tão desorientada que ela não sabe se ela está indo ou vindo. Em um encontro inesperado em seu escritório ela questiona se a relação deles passou de profissional para pessoal.

Quando ele começa a dar-lhe a indiferença, rapidamente se torna evidente que as coisas não são o que parecem. Ele joga um perigoso jogo de vai-e-vem com ambas as emoções e corpo dela. Enquanto ele diz a ela para ficar longe, suas ações falam o contrário.

Fennel está muito intrigada para desistir de Trent. Há uma sensualidade escura sobre ele que ela ansiava experimentar. Mas quando ele finalmente a deixa entrar, o que ele mostra a ela está muito além de qualquer coisa que ela poderia ter imaginado.

Parte três: Um caso de amor tumultuado com seu chefe deixou Fennel Riegel se sentindo completamente destruída. Tudo que ela quer fazer é fugir do homem que jogou sua confiança de volta em seu rosto. Mas ficar longe dele é mais fácil falar do que fazer quando ele parece estar em uma acalorada perseguição.

Depois de encontrar um novo emprego e se instalar em sua própria casa, Fennel pensou que a sua vida estava finalmente voltando ao normal. Mas Trent Stevens tem outros planos. Ele vai seguir Fennel até os confins da terra e fazer o que for preciso para recuperá-la, inclusive revelando seus segredos mais sombrios.

Editora:
Lançado em:
Mar 5, 2017
ISBN:
9781507166925
Formato:
Livro

Sobre o autor

Sky Corgan is a USA Today bestselling author. She lives in Texas where the sun is hot and the men are hotter. When she's not typing away at her next steamy romance novel, she enjoys hanging out with friends and planning vacations. You can get a FREE Sky Corgan book and stay up to date on her latest releases by signing up for her newsletter here: http://www.subscribepage.com/SkyCorgan


Relacionado a Impulsos - Série Completa

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do Livro

Impulsos - Série Completa - Sky Corgan

Impulsos

A Série Completa

SKY CORGAN

Copyright © 2015 por Sky Corgan

Todos os direitos reservados

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em um sistema de recuperação, ou transmitida de qualquer forma ou por quaisquer meios, eletrônico, mecânico, fotocópia, gravação, ou qualquer outra forma, sem a permissão por escrito do autor.

––––––––

Assine para novidades de Sky Corgan para ganhar uma cópia gratuita de Playing Dom, um romance completo.

Clique aqui para assinar: Sky Corgan's Newsletter

Impulsos

Parte 1

Sumário

Capítulo 1

Capítulo 2

Capítulo 3

Capítulo 4

Capítulo 5

CAPÍTULO UM

Meu coração dispara em meu peito enquanto eu estou parada no outro lado da porta do hotel. Eu contei os minutos até que ele chegasse, parecendo como um completo desastre. É difícil parecer sexy quando você está desabando.

Meus pés doem por estar parada aqui. Eu nem sei quem eu sou. Eu poderia simplesmente sentar na cama. Não parece ser tão longa a distância entre a cama e a porta.

Minhas mãos ficam agitadas com a parte de baixo de minha lingerie, e eu rapidamente penso se está muito pervertida para o encontro que estou prestes a ter com um completo estranho. Então eu percebo o quão estúpido isso parece. Não há nada muito pervertido vindo deste tipo de homens - o tipo que vasculha a internet por mulheres desesperadas para fazer sexo. Mulheres como eu.

O que eu estou fazendo? Esta não sou eu afinal de contas. Mas tem tanto tempo que não transo. Dois anos, se for contar. Os stress da vida estão acabando comigo ultimamente, e eu só preciso de algum tipo de relaxamento. Uma forma de esquecer tudo, mesmo que seja por uma hora.

Eu espero que ele fique bastante tempo. Na verdade, eu não tenho ideia de como estas coisas funcionam normalmente. Ele só vai lá e pronto, ou ele vai querer ficar por perto e conversar um pouco? Conversar. Isso é uma piada. Sim, isso é exatamente o que um cara com tesão quer vir fazer. Conversar.

Eu olho para a lingerie rendada que estou usando e ajeito meus peitos. Parece que eu estou enrolada a ponto de explodir em uma malha de lycra preta listrada. Pareceu muito melhor no manequim. Talvez eu devesse tirar.

Não há tempo suficiente para isso. Ele estará aqui a qualquer momento. E como todos os meus amigos me disseram no passado, a maioria dos caras vai transar com qualquer coisa com uma vagina e pulso. Felizmente, eu tenho ambos.

Os minutos passam como se fossem horas enquanto eu estou aqui, mudando meu peso de um pé para o outro a cada poucos segundos e torcendo minhas mãos, nervosa. Espero que eu possa passar por isso. Parecia uma boa ideia quando eu estava sentada na frente do meu computador, me sentindo tão desesperada que eu daria para praticamente qualquer um.

Claro, eu tive várias respostas com o meu anúncio: menina excitada à procura de uma noite de prazer. Eu devo ter passado por pelo menos duas dúzias de respostas antes de aterrissar no e-mail de Leo. Ele era o único cara que parecia entender o que é ortografia e pontuação, então eu resolvi que seria ele. Para não mencionar, ele era um dos caras mais bonitos do grupo, e seu e-mail de resposta não começou com um 'Hey docinho' ou 'Me mande nudes'.

Eu ouço passos se aproximando da porta, e eu rapidamente espreito através do olho mágico. O cara que eu estou esperando é um homem mais velho, pelo menos vinte anos a mais que eu. Ele é magro, com uma face oblonga, cabelos grisalhos, olhos castanhos e um bom conjunto de dentes. Não é realmente o meu tipo, mas quem pede não pode exigir.

Uma mulher passa pela porta do meu quarto de hotel, e suspiro de alívio. Talvez não seja tarde demais para mudar de ideia. Isso não é o que eu quero afinal, eu decido, afastando-me da porta para voltar para a cama e começar a sair do meu lingerie. O cara supostamente vai me reembolsar metade do quarto de hotel, mas eu não me importo de arcar o custo se isso me salva de minha própria depravação. Tem que haver melhores maneiras de aliviar o estresse do que isso. Talvez eu devesse ter usado esses cinquenta dólares para ir para o aconselhamento em vez de procurar uma rapidinha.

Tenho a lingerie solta logo abaixo dos meus peitos quando ouço uma batida na porta. É como se todo o ar tivesse sido sugado para fora dos meus pulmões quando eu percebo que ele chegou. Não há como escapar agora, mas talvez eu possa arrumar outra forma para sair disto. Ou melhor ainda, talvez eu possa fingir como se eu o tivesse saído, e ele simplesmente vai embora.

Eu prendo minha respiração, permanecendo quieta como uma estátua. O maldito lingerie está me estrangulando. É para ser apertado, mas de repente eu sinto que está prestes a me cortar pela metade.

Vários segundos passam antes que ele bata novamente. Eu exalo lentamente, sentindo meu estômago doendo. Que coisa horrível fazer a alguém. Eu sei que ele dirigiu até aqui direto do trabalho, esperando para transar. Como eu me sentiria se alguém me deixasse assim? Esmagada. Minha autoestima iria ter um mergulho maior do que já tive desde que eu ganhei peso. Eu sinto que devo ao sujeito pelo menos uma desculpa, mesmo que seja chato e me faça parecer uma idiota irracional.

Lentamente, eu vou com a ponta dos pés de volta para a porta, ainda tentando não fazer qualquer barulho. Meu olho se aproxima do olho mágico, e parte de mim espera que ele já tenha se afastado. Mas eu teria ouvido. Ele ainda está lá, e eu sei disso.

Quando eu olho através do olho mágico, minha expressão se transforma em confusão, e suspiro de alívio. O cara que está do outro lado da porta definitivamente não é o que eu deveria estar encontrando hoje à noite.

Eu puxo meu lingerie de volta para baixo sobre meus quadris e destranco a porta. Enquanto eu não ainda não estou fora de perigo, pelo menos eu ainda possa ser capaz de escapar antes de Leo chegar, se eu puder tirar este cara do meu caminho rapidamente. Agora que eu estou pensando nisso, eu não deveria nem me preocupar em abrir a porta, mas esse cara é muito bonito, e conversar com ele, mesmo que seja apenas por dois segundos, pode fazer a noite parecer nem tanto um desperdício.

Bonitinho era um eufemismo. Quando abri a porta para falar com ele, meus olhos se fecham com os olhos verdes mais incríveis que eu já vi. Esse cara é muito atraente. Pena que eu não poderia ter marcado com ele em vez disso.

Posso ajudá-lo?, pergunto educadamente, tentando não revelar meu corpo escassamente vestido.

Você é Fennel?

Eu sou, respondo com apreensão.

Eu sou Leo. Posso entrar? Ele gesticula para a porta como se esperasse que eu a abrisse para ele.

Fico boquiaberta por um momento antes de recuperar a compostura. Não, você não é. Você não se parece com o cara da foto. Eu ouvi falar de pessoas sendo mais feias do que suas fotos, ou sendo muito mais velhas ou mais gordas. Eu já ouvi falar de pessoas usando fotos de modelos quando eles eram realmente trolls. Nunca antes ouvi falar do contrário.

Se você me deixar entrar, eu vou explicar. Ele abre um sorriso encantador.

A parte esperta de mim me diz para o afastar. A parte excitada de mim abre a porta e convida-o a entrar. Se houver alguma chance de que eu possa passar a noite com esse cara entre as minhas pernas, eu vou pegá-la. Moral e cautela ao vento. Sexo é o que importa!

Eu tento não olhá-lo muito descaradamente enquanto ele entra. Ele está usando um suéter de cor creme que se encaixa perfeitamente e um par solto de jeans. Meu Deus é ele sempre delicioso. Quando ele passa por mim, eu juro me sinto no paraíso. Cada parte úmida de mim jorra de estar em sua presença. De repente, procurar na Internet sexo com um estranho parece ser a melhor ideia que já tive. Esse cara parece que poderia me montar pesado e me deixar de pernas abertas.

Leo, eu sou Fennel, eu digo estupidamente, estendendo minha mão para ele enquanto ele se vira.

Wow. É como se ele estivesse me vendo pela primeira vez. Seus olhos flutuam de meu rosto até meus seios em seu conjunto estilo Madonna, sobre as curvas do meu estômago e quadris. Mas quase no segundo que ele me olha, seu olhar dispara de volta até meu rosto. Não sei dizer se ele é repelido pelo que vê ou tenta ser educado. Seja qual for o caso, ele me faz sentir incrivelmente autoconsciente.

Eu espero que você goste. Eu coloquei minha mão em meu quadril, fazendo minha melhor pose sedutora. Tudo o que posso pensar é como será sentir em ele tirar meu lingerie, e então, eu tremo internamente. Julgando pelo quão difícil foi para mim tentar tirá-lo, pode acabar sendo um trabalho em equipe. Não é sexy. Eu deveria ter vindo com algo muito mais simples, mas é tarde demais para isso agora.

É muito... bonito, a palavra soa forçada, o que só leva a minha confiança para ainda mais baixo. Ele poderia parecer mais desinteressado em mim do que está agora? Eu esperava ser atacada no segundo que ele atravessou a porta. Ele está agindo como se estivesse recuando para uma caverna.

Então, por que a foto falsa? Eu decido mudar o assunto, lentamente abaixando-me para a cama na posição sentada mais equilibrada que eu possa lidar.

Para piorar as coisas, ele se senta na cadeira de escritório na frente da pequena mesa no quarto, que parece estar a milhas de distância. Ele não poderia se distanciar mais de mim, se ele tentasse.

Você faz isso com frequência? Ele olha para mim com interesse, desviando completamente da pergunta.

Não. Eu mudei meu peso desconfortavelmente. A emoção de ter um pão de homem à minha disposição está desaparecendo enquanto menos sexual torna-se este encontro. Essa é minha primeira vez.

Certamente não parece que é a sua primeira vez. Seus olhos varrem para cima e para baixo meu lingerie novamente, e eu finalmente vejo uma escuridão luxuriante ultrapassar sua expressão, embora ele o reprima no momento em que ele encontra meu rosto. Eu não entendo o que está acontecendo. Ele está tentando ter uma conversa educada? Nós não precisamos fazer isso. Estou mais do que pronta para pular em seu pinto e montá-lo até o sol nascer.

Quero dizer, eu não sou virgem. Mas esta é a primeira vez que eu me encontro com alguém on-line. Envolvo meus braços ao meu redor, sentindo-me mais autoconsciente a cada minuto. Se eu pudesse rastejar sob os cobertores e esconder meu corpo sem parecer muito bizarro, eu faria. E você? É a sua primeira vez?

Não. Um sorriso divertido levanta os cantos de seus lábios. Eu fiz isso pelo menos cem vezes. Ele deixa seus olhos vagar pela sala.

Claro, ele fez. O cara provavelmente poderia pegar quem ele quisesse. Por que ele recorreu a pegar mulheres na Internet e mentir sobre o que ele parece, eu não tenho ideia.

Oh, é tudo que eu posso pensar em dizer.

Isso incomoda você? Seu foco retorna para mim.

Não. Parece mais uma pergunta do que uma resposta.

Não te preocupa que eu possa ter alguma coisa? Eu não tenho, claro. Estou perfeitamente limpo. Mas saber que eu estive com tantas mulheres não faz você se preocupar?

Preservativos servem para isso. Que diabos é o problema desse sujeito? Eu pensei que ele veio aqui para foder. É quase como se ele estivesse tentando me fazer não querer fazer sexo com ele.

O entendimento cai em mim como uma tonelada de tijolos. Isso é exatamente o que ele está fazendo. Agora que ele me viu na minha glória meio nua, de repente ele decidiu que ele não me quer mais. Provavelmente, pareceu-lhe mais amável repelir-me do que dizer diretamente que não está interessado.

O que te levou a querer fazer isso? Ele se inclina para trás na cadeira, cruzando uma perna sobre a outra.

É preciso tudo em mim para conter minha depressão enquanto a esperança me deixa. Provavelmente não vou conseguir provar seus belos lábios. Não conseguir enrolar meus dedos em seu cabelo louro escuro despenteado. Não conseguir sentir seu corpo se mover em cima do meu.

Não adianta tentar ser sexy mais. Eu poderia muito bem levar o que ele está me oferecendo, uma sessão de terapia cara com um profissional sem licença. Idiota profissional, isso sim.

Eu fiquei excitada. Eu encolho os ombros. A vida tem sido uma merda ultimamente, e eu só queria me divertir. Além disso, eu não transo há séculos. E você?

Como a vida tem sido uma merda? Ele desvia novamente.

Eu suspiro, me sentindo agravada. Ele não ganha nada sabendo sobre a minha vida. Isso não é o que deveria ser. Parte de mim quer perguntar se vamos foder ou não, mas eu seguro. Que mal falar com ele pode ser?

Bem, recentemente fui demitida do meu trabalho, o que me obrigou a voltar para a casa da minha mãe. Eu estava mal conseguindo pagar minhas contas. Oh Deus, agora eu sinto como se fosse digna de pena, como se eu não pudesse pagar o quarto do hotel, o que eu realmente não posso. O fato de que eu ainda estou recebendo mesada da minha mãe com vinte e quatro anos é absolutamente patético. O fato de que eu usei desse dinheiro para reservar este hotel, ainda mais. Eu poderia estar mais desesperada?

Você tem um diploma universitário?

Você está cheio de perguntas. Eu estreito meus olhos para ele, deixando meu humor caindo tirar o melhor de mim.

Ele entrelaça seus dedos em cima de seu colo. Eu só estou tentando ter uma ideia melhor do que trouxe você aqui.

Mantenha sua calma, Fennel. E você? O que o trouxe até aqui? Se ele desviar mais uma vez, eu vou gritar.

Eu costumava ter certos impulsos, ele me diz, sua voz escurecendo ligeiramente.

Nós todos, não?!

Esses impulsos me levaram por um caminho escuro. Então eu percebi que poderia ser melhor. O que eu estava fazendo era perigoso.

Oh que maravilha, ele é da igreja. Claro que ele é. Tudo se encaixa em um instante. A maneira como ele é tão organizado. A forma como ele parece ser tão digno e como pensa que é melhor do que eu. A maneira como ele parece estar perturbado pela minha escolha de lingerie. Estou prestes a receber um sermão. Preciso me segurar para não rir. Este foi um truque desde o início. Uma nova maneira de pregar a palavra de Jesus aos pequenos cordeiros perdidos. O cara provavelmente pensa que eu estou a um passo de ser uma prostituta.

Poderia ter sido qualquer pessoa em pé do outro lado daquela porta, ele continua. Neste momento, estou apenas entretida, até um pouco tonta ao pensar em derrubá-lo quando chegarmos à parte em que ele tira o panfleto e entrega-o. Eles sempre têm um panfleto. Se ele acha que ele vai fugir sem me pagar por sua metade da taxa do quarto, ele está muito enganado. Ainda assim, eu vou dá-lo força, passando por isso. Pelo menos, eu tenho um colírio para olhar. Eu poderia ser um assassino ou um estuprador.

Há câmeras ao redor do hotel, eu o lembro com um sorriso.

Você acha que esses tipos de pessoas se importam. Você tem sorte de ter sido eu. Oh, sim. Sortuda. Um cara insanamente gostoso que não tem absolutamente nenhuma intenção de me foder. Você é uma garota muito bonita. Você não precisa recorrer a isso. Tenho certeza de que há muitos caras lá fora que adorariam ser seu namorado. Seus olhos passam pela minha lingerie novamente. O fato de que provavelmente está sendo uma tortura para ele não olhar para mim é mais do que divertido. Se ele gosta do que vê ou não, eu não posso realmente dizer, mas o pensamento de que ele está tentando ser moral só me faz querer ser grossa. Eu me reajusto na cama, inclinando-me para frente um pouco para que ele possa olhar para meu decote. Seus olhos mergulham por uma fração de segundo antes de fixar em meu rosto novamente. Talvez isso possa ser divertido depois de tudo. Talvez até tente seduzi-lo.

Você acha que eu sou bonita. Eu bato meus cílios.

Sim.

Então por que você está tão longe? Eu sou toda uma tigresa em chamas. Se ele não vai me dar o que eu o chamei aqui, então vou torturá-lo até que ele acabe excitado. Esse é meu novo plano de jogo. Aproxime-se. Eu bato na cama ao meu lado.

Surpreendentemente, ele não hesita em se mover da cadeira para sentar ao meu lado. Agora que ele está ao meu lado, porém, ele não consegue me olhar nos olhos. Estou absolutamente atordoada por seu nervosismo, me sentindo pecaminosamente perversa por tê-lo tentado.

O ponto é que você é melhor do que isso, ele continua. Eu percebo que eu não te conheço o suficiente para dizer isso, mas eu posso sentir. Como você disse, você passou por momentos difíceis, e você está apenas procurando uma maneira de aliviar a pressão. Tenho certeza que existem outras maneiras.

Eu posso pensar em algumas. Eu coloco minha mão em sua perna.

Ele olha para ela, e seus olhos ficam aborrecidos. Fazer coisas como esta pode levá-la a lugares ruins, lugares que você não pode voltar.

Há apenas um lugar ruim que eu quero ir. Meus dedos deslizam por sua coxa interna. Seu pênis está esticando contra sua calça jeans. Eu posso ver a marca dele, e eu sorrio. Talvez eu o tenha depois de tudo. Para todas as suas palavras doces, parece que sua determinação está começando a quebrar.

Meus dedos estão apenas a centímetros de distância do delicioso pedaço quando as coisas de repente tomam uma volta drástica. Eu ofego enquanto ele agarra meus pulsos, puxando-os acima da minha cabeça e forçando-me para baixo na cama. Um grito curto sai da minha garganta antes de dar uma bofetada na minha boca para me silenciar. Mesmo lutando, ele é muito forte. Tudo

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Impulsos - Série Completa

3.0
5 avaliações / 0 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores