Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Aqueles que acusam você
Aqueles que acusam você
Aqueles que acusam você
E-book131 páginas1 hora

Aqueles que acusam você

Nota: 4 de 5 estrelas

4/5

()

Sobre este e-book

“Talvez um dos maiores inimigos que você nunca vai encontrar é ‘o acusador no meio dos irmãos’.“ Receba grande compreensão de como esta arma de acusação é implantada e aprenda a superá-la, enquanto você lê este livro clássico, de Dag Heward-Mills.

IdiomaPortuguês
Data de lançamento21 de jun. de 2018
ISBN9781613952405
Aqueles que acusam você
Ler a amostra
Autor

Dag Heward-Mills

Bishop Dag Heward-Mills is a medical doctor by profession and the founder of the United Denominations Originating from the Lighthouse Group of Churches (UD-OLGC). The UD-OLGC comprises over three thousand churches pastored by seasoned ministers, groomed and trained in-house. Bishop Dag Heward-Mills oversees this charismatic group of denominations, which operates in over 90 different countries in Africa, Asia, Europe, the Caribbean, Australia, and North and South America. With a ministry spanning over thirty years, Dag Heward-Mills has authored several books with bestsellers including ‘The Art of Leadership’, ‘Loyalty and Disloyalty’, and ‘The Mega Church’. He is considered to be the largest publishing author in Africa, having had his books translated into over 50 languages with more than 20 million copies in print.

Relacionado a Aqueles que acusam você

Livros relacionados

Avaliações de Aqueles que acusam você

Nota: 4 de 5 estrelas
4/5

1 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

    Pré-visualização do livro

    Aqueles que acusam você - Dag Heward-Mills

    CAPÍTULO 1

    Os Acusadores

    E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o ACUSADOR de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os ACUSAVA de dia e de noite.

    Apocalipse 12.10

    Embora o diabo seja vulgarmente conhecido como o acusador de nos sos irmãos, ele é, na verdade, o acusador no meio dos irmãos. Em sua experiência de liderança, você encontrará diferentes tipos de pessoas.

    Talvez um dos inimigos mais assustadores que você vai encontrar é o acusador no meio dos irmãos.

    Os problemas surgem em níveis diferentes, mas um dos mais difíceis problemas é encontrar um acusador no meio dos irmãos. No ponto mais alto de seu ministério, você vai lutar contra o acusador. A acusação é a estratégia mais elevada de Satanás para lidar contra um inimigo invencível.

    A melhor arma de Satanás

    Satanás tem diferentes modos de operar. Ele pode vir na forma de tentador, de mentiroso, um assassino ou um enganador. No entanto, se ele o enfrentar como um acusador, a batalha terá sido elevada ao mais alto nível possível.

    Este princípio é visto na vida de Jesus Cristo. Inicialmente, o diabo foi até Jesus na forma de tentador. Jesus Cristo foi tentado no deserto por quarenta dias. Satanás mentiu para Ele no deserto, e procurou desesperadamente enganá-lo. Ao longo de Seu ministério, o Senhor foi atacado pelo demônio na forma de um assassino Ele foi homicida desde o princípio (Jo 8.44).

    Em várias ocasiões, Satanás tentou matar Jesus por intermédio de uma ação da multidão, mas Ele escapou.

    E, levantando-se, o expulsaram da cidade, e o levaram até ao cume do monte em que a cidade deles estava edificada, para dali o precipitarem. Ele, porém, passando pelo meio deles, retirou-se.

    Lucas 4.29,30

    Em outra ocasião, o diabo tentou afogar Jesus no mar da Galileia, mas não foi bem-sucedido, porque o Mestre repreendeu a tempestade. Não foi Deus quem trouxe a tempestade, caso contrário, Jesus repreenderia a sabedoria de Deus por repreender a tempestade.

    E, navegando eles, adormeceu; e sobreveio uma tempestade de vento no lago, e enchiam-se de água, estando em perigo. E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fezse bonança.

    Lucas 8.23,24

    Apresentando-se nos trajes de um acusador

    No entanto, o ministério de Jesus foi interrompido quando Satanás vestiu o traje de um acusador. Jesus suportou uma semana de acusações intensas, o que levou Seu ministério a um fim nesta terra.

    Esta semana de acusações intensivas teve começo a partir do Domingo de Ramos até que Ele foi crucificado. Em Mateus 21.1-17, você vai ver como Ele entrou em Jerusalém triunfante e purificou o templo.

    Você vai notar como as perguntas e acusações começaram a partir do dia seguinte à chegada Dele em Jerusalém (Mt 21.23). Desta vez, Satanás puxou a arma mais mortal e disparou-a contra o Senhor. A arma de acusação foi finalmente implantada.

    Durante uma semana antes da Páscoa, o Senhor esteve no templo sendo interrogado e examinado (acusado) pelos fariseus.

    Então, retirando-se os fariseus, consultaram entre si como o SURPREENDERIAM em alguma palavra. E enviaram-lhe os seus discípulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus segundo a verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens. Dizenos, pois, que te parece? É lícito pagar o tributo a César, ou não? Jesus, porém, conhecendo a sua MALÍCIA, disse: Por que me EXPERIMENTAIS, hipócritas? Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um dinheiro.

    Mateus 22.15,18

    O Senhor foi questionado a respeito de cada aspecto de Sua vida e ministério. Por vários dias, o Senhor suportou a maldade e a hipocrisia daqueles que O interrogaram no templo.

    Nas últimas 24 horas de Sua vida, Ele também foi acusado no palácio do sumo sacerdote, no tribunal de Pilatos, e também no palácio de Herodes.

    Jesus enfrentou esta série de acusações de alto nível com uma variedade de respostas. Ele respondeu às perguntas no templo de forma sucinta e fez de tolos os Seus acusadores.

    E eles, ouvindo isso, maravilharam-se e, deixando-o, se retiraram.

    Mateus 22.22

    Eles nunca tinham ouvido nada parecido com aquilo.

    Responderam os servidores: Nunca homem algum falou assim como este homem.

    João 7.46

    No entanto, na corte de Pilatos e outros governadores ateus, Ele não respondeu a nenhuma das perguntas que foram dirigidas a Ele.

    E nem uma palavra lhe respondeu, de sorte que o governador estava muito maravilhado.

    Mateus 27.14

    Como você pode ver, Satanás tem diferentes formas de atacar. Nesta seção do livro, iremos lidar contra os acusadores, que são usados pelo diabo para intimidar você. Talvez você sofra de uma praga de denúncias no ministério.

    Muitas vezes, você não entende o que está acontecendo. Até terminar de ler este livro, Deus lhe dará sabedoria para lutar contra o inimigo.

    O Que É Uma Acusação?

    Uma acusação é uma alegação ou denúncia contra alguém. Ela coloca a culpa e aponta os dedos para uma pessoa. Uma acusação é uma afirmação de que você acha que alguém é culpado de fazer algo errado, especialmente a prática de um crime.

    Essas declarações, que são dirigidas a uma pessoa constantemente ministram uma culpa que perturba e enfraquece. Só os de coração muito forte podem viver debaixo de acusações persistentes por um longo tempo.

    Ainda que as acusações venham da boca humana, elas são ungidas pelo próprio acusador dos irmãos. Satanás é o acusador no meio dos irmãos.

    Quem São as Pessoas que Geralmente São Usadas Como Acusadores?

    No meu país, as pessoas são comumente empregadas como guardas de segurança. Há também pessoas que são comumente empregadas como açougueiros e vendedores de churrasco.

    Da mesma forma, há algumas pessoas que Satanás comumente usa como acusadores. Essas pessoas se enquadram na categoria que chamo de amigos próximos do acusado.

    Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.

    Salmos 41.9

    Amigos familiares são as pessoas próximas de sua vida: amigos, marido, esposa, filhos, filhas, seus amados, pastores associados, membros da igreja, jornalistas, colegas etc. Para as acusações terem qualquer impacto, devem ser canalizadas por intermédio de alguém próximo.

    Por Que Simplesmente Não Passar Uma Borracha nas Acusações

    São alegações e não declarações que são verdadeiras ou falsas? Se elas não são verdadeiras, por que você simplesmente não as ignora? Mas isso nunca é muito fácil. As acusações são ungidas do inferno. As acusações são coisas espirituais. As acusações são flechas finas carregadas com veneno satânico. Tão logo o veneno entra no seu sangue, ele se espalha por todo o seu ser, atacando o seu coração. Como a propagação do veneno natural é rápida, você fica muito afetado por um dardo, aparentemente pequeno.

    Tenho visto gigantes poderosos de Deus totalmente abalados por acusações infundadas que pareciam insignificantes para o espectador. Tal é o poder da acusação. É uma arma que causa confusão e os seus efeitos são misteriosos. Na verdade, as acusações são armas espirituais.

    Apontar o dedo

    Então ROMPERÁ A TUA LUZ COMO A ALVA, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti, e a glória do SENHOR será a tua retaguarda. Então clamarás, e o SENHOR te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se TIRARES do meio de ti o jugo, O ESTENDER DO DEDO, e o falar iniquamente.

    Isaías 58.8,9

    As acusações também são chamadas de o apontar do dedo. Quando isto ocorre, sua vida e ministério irão realmente escurecer a partir disto. Sua luz romperá como a aurora, e haverá re­cuperação, se você tirar o dedo acusador! Ministérios não podem prosperar uma vez que uma pessoa com o dedo acusador esteja autorizada a florescer nas proximidades. Grande parte das trevas no corpo de Cristo é resultado das incessantes acusações feitas por irmão contra irmão, irmã contra irmã, marido contra a mulher, e assim por diante.

    Você deve conhecer as pessoas à sua volta que são usadas para acusá-lo. Todo bom líder deve entender os princípios da acusação. Você pode murchar e enfraquecer no ministério por intermédio de diversas acusações! Seu ministério pode realmente ser mal orientado por acusações. Eu experimentei isso eu mesmo. Talvez este seja o ponto mais importante deste livro, e peço que você o leve a sério.

    O livro de Apocalipse mostra como Deus lidou decisivamente contra o acusador de nossos irmãos. O livro revela quatro benefícios surpreendentes do silenciar as acusações. Nessas quatro partes, vemos tudo o que desejamos de Deus: a força, a salvação, o poder e o reino de Deus. Oh, quanta energia e força seriam lançadas em sua vida se o dedo acusador não estivesse lá!

    Muitas das pessoas comuns não sentem que estão qualificadas para servir a Deus. A maioria das pessoas que tenho treinado no ministério foi desencorajada e acusada pelo diabo.

    Mas eu simplesmente as encorajo constantemente para servir

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1