Encontre seu próximo livro favorito

Torne'se membro hoje e leia gratuitamente por 30 dias.
Uma prova de amor

Uma prova de amor

Ler amostra

Uma prova de amor

Comprimento:
46 página
1 hora
Lançado em:
Jun 26, 2018
ISBN:
9781723859458
Formato:
Livro

Descrição

Até onde você iria por quem você ama?
Um casal de noivos vai ao cinema no shopping. Na saída, o casal é seqüestrado por um estranho homem que não pede dinheiro e nem outro tipo de resgate. Ele apenas deseja fazer um jogo!
E para salvar o seu noivo, Melissa terá que dar a maior prova de amor de sua vida.

Lançado em:
Jun 26, 2018
ISBN:
9781723859458
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Uma prova de amor

Leia mais de Batuta Ribeiro

Amostra do Livro

Uma prova de amor - Batuta Ribeiro

14

Parte 1

Ergueu a mão no ar e desceu com toda a força.

A palma da mão acertou em cheio o lado esquerdo do rosto.

A bofetada foi tão forte que ela tombou de lado e ficou no chão.

As marcas dos dedos queimavam a pele.

Então veio a primeira lágrima e ela pediu perdão.

Grudou-a pelos cabelos loiros e puxou a cabeça dela para trás.

Outra bofetada! Agora no lado direito do rosto.

A mulher novamente tombou de lado.

— Me perdoe. Eu te amo! – falou e soluçou de choro.

Após ouvir isso, ele chutou-a na boca do estomago.

Ela gritou de dor.

Ele continuou chutando a mulher.

Ela permaneceu encolhida em posição fetal, com os braços protegendo a cabeça; e as pernas, o tronco.

Mas um dos chutes acertou a boca.

O sangue escorreu pelos lábios cortados.

O outro chute acertou o nariz.

Mesmo com o sangue lavando o rosto da mulher, ele não parou de chutá-la, e alternou os chutes com pisões.

Pisava na mulher como alguém querendo matar uma barata nojenta.

Parou e sentou-se na cadeira. Ofegava.

Observou a mulher espancada e jogada no chão.

Observou ela tirar os cabelos loiros da frente dos olhos inchados de lágrimas.

Ela se arrastou e deixou as costas descansar na parede e olhou para ele e sorriu.

— Vai me matar? Precisa disso para se sentir melhor? Para limpar a sua maldita honra de homem?

A risada apagou-se quando ela tossiu sangue.

— É isso. Você precisa se tornar um covarde para limpar a sua honra de homem. Então pode me matar, seu maricas.

Ela levou a mão para limpar o sangue de seu nariz e depois olhou para o sangue em seus dedos. Deixou a cabeça cair para trás e fechou os olhos.

— Sabe de uma coisa, eu nunca te amei. E você não passa de um corno.

Parte 2

O nome da loja era Rose Marie Trajes de Noivas.

E foi Rose Marie, a dona da loja, uma perua de cabelos pintados de vermelho, e com anéis de brilhantes por todos os dedos, que levou a mãe e a filha para uma ampla sala onde havia um extenso cabide com os mais diversos modelos de trajes de noivas.

Melissa sentou-se em um puff branco e observou aqueles vestidos pendurados – um mais branco que o outro – como se todos fossem iguais, mas com um olhar mais atento, ela percebeu os detalhes que diferenciavam um modelo do outro.

Sua mãe, dona Sueli, pegou um cabide e

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Uma prova de amor

0
0 avaliações / 0 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores