Curta este título agora mesmo, além de milhões de outros, com um período de avaliação gratuita

Apenas $9.99/mês após o período de testes. Cancele quando quiser.

Laikos: As Pessoas Leigas E O Ministério

Laikos: As Pessoas Leigas E O Ministério

Ler amostra

Laikos: As Pessoas Leigas E O Ministério

Comprimento:
126 página
2 horas
Lançado em:
Jul 27, 2016
ISBN:
9781613959992
Formato:
Livro

Descrição

O palavra grega Laikos significa "sem habilidades". A História nos ensina,-vez após vez, que grandes coisas foram realizadas por pessoas que “não tinham habilidade". Aprenda por meio deste notável livro de Dag Heward-Mills , o que acontece onde não há leigos trabalhando na igreja, como...

Lançado em:
Jul 27, 2016
ISBN:
9781613959992
Formato:
Livro

Sobre o autor

Bishop Dag Heward-Mills is a medical doctor by profession and the founder of the United Denominations Originating from the Lighthouse Group of Churches (UD-OLGC). The UD-OLGC comprises over three thousand churches pastored by seasoned ministers, groomed and trained in-house. Bishop Dag Heward-Mills oversees this charismatic group of denominations, which operates in over 90 different countries in Africa, Asia, Europe, the Caribbean, Australia, and North and South America. With a ministry spanning over thirty years, Dag Heward-Mills has authored several books with bestsellers including ‘The Art of Leadership’, ‘Loyalty and Disloyalty’, and ‘The Mega Church’. He is considered to be the largest publishing author in Africa, having had his books translated into over 50 languages with more than 20 million copies in print.


Relacionado a Laikos

Livros relacionados

Amostra do Livro

Laikos - Dag Heward-Mills

Leigo 

CAPÍTULO 1

Laikos: O Homem Leigo

Apalavra leigo vem do grego Laikos, que significa não ter nenhuma habilidade.

A História nos ensina que grandes coisas podem ser realizadas por meio de pessoas que têm falta de habilidades. Um rápido olhar nas realizações de leigos ou pessoas comuns irá inspirar você a usá-los no ministério. Por intermédio de leigos, almas serão salvas, as células se­rão estabelecidas, as igrejas irão crescer e a obra de Deus florescerá.

Veja a seguir algumas definições do termo homem leigo:

1. Um leigo é uma pessoa comum.

2. Um leigo é uma pessoa normal.

3. Um leigo é uma pessoa simples.

4. Um leigo é uma pessoa usual.

5. Um leigo é uma pessoa regular.

6. Um leigo é uma pessoa genérica.

7. Um leigo é uma pessoa de todo dia.

8. Um leigo é uma pessoa mediana.

9. Um homem leigo é aquele que não é profissional.

10. Um leigo é alguém que não é um expert.

11. Um leigo é alguém que não é especializado.

12. Um leigo é alguém que não é hábil.

13. Um leigo é alguém que não é treinado.

14. Um leigo é alguém que não é certificado.

15. Um leigo é alguém que não é licenciado.

Grandes Conquistas na Igreja

ao Redor do Mundo

1. Pessoas leigas foram os pilares da grande reforma da igreja.

a tradução da Bíblia feita por Martinho Lutero para a linguagem das pessoas comuns mudou o mundo. Em vez de ser publicada apenas em latim, a Bíblia tornou-se mais acessível para as pessoas comuns.

Uma vez que as pessoas comuns/leigas tinham conhecimento da revelação em suas mãos, elas mudaram o mundo. Percebendo que a salvação estava disponível para todos os homens, pela graça de Deus eles se levantaram e defenderam o que hoje conhecemos como a Reforma da Igreja.

2. Pessoas leigas foram os pilares da grande Igreja Metodista.

Em meados do século 20, a Igreja Metodista foi a maior denomi­nação protestante nos Estados Unidos. A grande Igreja Metodista apoiou-se nos ombros de pessoas leigas.

Uma tradição muito antiga em relação aos pregadores nas igrejas metodistas era a de um pregador leigo ser nomeado para liderar os cultos e pregar em um grupo de igrejas chamado de circuito.

O pregador leigo caminhava ou andava a cavalo em uma rota predeterminada dos lugares de pregação, de acordo com um padrão e um tempo determinados. Depois da nomeação dos ministros e pastores, esses pregadores tradicionais continuavam como Pregadores Metodistas Locais,sendo nomeados para igrejas locais, e, por sua vez, aprovados e convidados por igrejas próximas como um assistente para o ministro ou durante suas ausências planejadas.

3. Pessoas leigas foram os pilares da maior igreja única no mundo.

Um dos princípios fundamentais em que a Igreja do Evangelho Pleno de Yoido está estabelecida é o princípio do trabalho feito pelas pes­soas leigas.

A Igreja do Evangelho Pleno de Yoido foi fundada por David Yonggi Cho e sua sogra, Choi Ja-shil, ambos pastores da Assembleia de Deus, que com outras quatro senhoras realizaram o seu culto inaugural em 15 de maio de 1958, na casa de Choi Ja-shil.

O número de membros da igreja chegou a cinquenta mil em 1977, um número que dobrou em apenas dois anos. Em 30 de novembro de 1981, a adesão superou duzentos mil. A esta altura, era a maior congregação individual no mundo e como tal foi reconhecida pelo Los Angeles Times. Em 2007, seus membros somavam 830 mil, com sete cultos aos domingos traduzidos em dezesseis línguas.

4. Pessoas leigas são os pilares de grandes redes de igrejas originárias da Nigéria e Gana.

A Igreja Cristã dos Redimidos por Deus, com a sua sede na Nigéria,e a Igreja de Pentecostes, com sede em Gana, são conhecidas por fazerem bom uso das pessoas leigas. Ambos os ministérios têm grandes redes de igrejas e empregam regularmente os serviços de leigos para pregar e pastorear.

A Igreja de Pentecostes foi fundada por James McKeon, um mis­sionário irlandês enviado pela Igreja Apostólica Bradford, Reino Unido, para a então Costa do Ouro. Ela cresceu para uma adesão de mais de 1,7 milhões de membros. A Igreja de Pentecostes tem mais de 13 mil igrejas em 70 países em todos os continentes do mundo.

Em 1952, o pastor Josias Akindayomi fundou a Igreja Cristã dos Redimidos por Deus, na Nigéria. Sob a liderança de seu Superintendente Geral, Reverendo E. A. Adeboye, ela cresceu e chega a ter igrejas em mais de 140 países, com milhões de participantes.

Na verdade, estas são grandes conquistas e elas se tornaram possíveis por meio da contribuição de pessoas leigas.

Grandes Conquistas no Mundo Secular

1. O grande sistema de governo democrático nasceu por intermédio de pessoas leigas.

A democracia dá às pessoas comuns a oportunidade de agir e mudar o governo, se assim o desejarem.

A democracia é o poder do homem comum de recusar-se a viver em condições inaceitáveis.

Democracia é a participação e influência do homem comum em um país.A democracia é construída sobre o princípio da igualdade de oportunidade dada a todas as pessoas comuns.

2. A grande superpotência nasceu por intermédio de pessoas leigas.

A Revolução Norte-americana é um exemplo clássico do poder das pessoas comuns ou leigas na formação da História.

O homem comum deu à luz a uma superpotência. Na virada do século passado, a Revolução Norte-americana foi uma experiência bem-sucedida que marcou a transição de um mundo controlado por poucos para um mundo controlado pela maioria.

A Revolução foi em grande parte moldada por pequenas organizações revolucionárias, como os Filhos da Liberdade. Essas organi­zações não foram controladas pelos latifundiários ricos e poderosos, mas as pessoas comuns de status social mediano uniram-se para plantar as sementes da Revolução.

3. A vitória histórica da eleição de Barack Obama veio pelos leigos.

Em maio de 2008, Barack Obama, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, conquistou a indicação democrata à presidência do país.

Muito embora os democratas ricos e influentes do país apoiassem Clinton e desembolsassem milhões de dólares, Obama arrecadou mais do que qualquer candidato presidencial na História, usando o poder da pessoa comum.

Obama arrecadou mais de 80 milhões de dólares em sua cam­panha, a maioria dos quais veio de pessoas comuns que fizeram pequenas contribuições individuais.

CAPÍTULO 2

O Que Acontece quando Não Há Leigos  e Voluntários

1. Se você não permitir que voluntários trabalhem no ministério, você vai anular o princípio cristão do sacrifício na igreja.

Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.

Mateus 16.24

O símbolo do cristianismo é a cruz. A cruz fala de sofrimento e morte. Deus falou com Abraão e lhe pediu para desistir de seu bem mais precioso – o seu filho. Não dê ouvidos a quem diz que o dia de sofrimento, sacrifício, o dia de perder e morrer já acabou. O dia de sofrer,

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Laikos

0
0 avaliações / 0 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores