Comece a ler

O Plano Eterno: O Plano Eterno - Revelado

Notas:
91 páginas1 hora

Resumo

O homem, e ser, do qual eu aprendi a descrever e conhecer como meu pai por toda a minha vida, é Colin Jones.

Ele me de algumas sacolas em 1999 e me pediu para ler conteúdos e escrever um livro, se eu pudesse.

Naquele tempo, eu não pude e também não tinha pressão de tempo então eu coloquei as sacolas em um cofre em casa.

Ele faleceu poucos anos depois no seu 72 aniversário, em 21 de fevereiro.

Eu, e toda nossa família estávamos devastados, e eu não fiz nada sobre seus papéis. Eu não tinha idéia do que fazer.

Eu mudei para o exterior e escrevi um romance que levou em torno de 5 anos, e ainda incompleto e não publicado. Em 2011, eu comecei uma nova aventura publicando ebooks do qual eu mesmo escrevi.

A coragem para escrever este ebook veio através da escrita do primeiro livro. Eu procurei por formas de evitar o modo tradicional de publicação então me deparei com o Kindle.

Eu aprendi como publicar meus ebooks através deles e descobri como publicar o livro do meu pai.

Isso levou um bom tempo, mas entendi que estava sendo guiado por um espírito, embora eu fosse somente um aprendiz.

Meu pai, Colin Jones, nunca disse que as escritas era de sua autoria. Em vez disso, dissera que estava sob inspiração no bom senso da palavra.

As pessoas diziam a ele o que escrever.

Toda a nossa família testemunhou isso por 5 ou 6 décadas. Algumas vezes, meu pai estava sentado conosco assistindo TV, mas com os seus olhos fechados ele escrevia notas que você verá neste ebook.

Ele pintava também.

Meus irmãos e eu somos muito privilegiados por termos nascidos com tal pessoa, e ainda mais como meu pai, nós notamos isso muito tarde.

Eu espero que você aproveite este livro.

Eu vou expandir novas edições.

Uma última coisa, a mãe de meu pai, Lavinia Jones, fundou uma igreja espiritualista em Barry, País de Gales, onde nós moramos e a igreja continua sua atividade até hoje na rua Butrill`s

Tudo de bom,

Owen.

PS: A mulher neste livro (geralmente está com L maiúsculo) refere-se a minha mãe, Marion Rose. 21 de fevereiro de 2016.

PPS: Mais de 75% dos títulos são meus, não do Colin, que sempre escreveu somente para ele mesmo. Se eu pudesse examinar os documentos, eu perceberia que eles têm uma variedade de escritas com variações na escrita - não é com certeza a escrita do meu pai.

6 de fevereiro de 2018

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.