Comece a ler

Uma namorada grávida: Noivas do oeste

Notas:
115 páginas2 horas

Resumo

Tempo presente: Cloe Holland é uma modelo de revistas que está feliz com seu estilo de vida, cheia de luxos e viagens. Ela sente falta apenas de uma coisa: um homem que a valorize e que queira ter algo sério com ela. Ela está cansada dos homens com cabeça vazia que a rodeiam. Todos preocupados com seu físico, mas sem sentimentos, nem conversas inteligentes. Certo dia, ela foi com algumas amigas a um bar e todas concordaram em ir a uma agência de casamentos para conhecer um homem que valesse a pena, pois todas estão na mesma, procurando um relacionamento amoroso que não durasse apenas um suspiro. Os meses se passaram e ela se esqueceu do assunto, até que um dia ela é procurada por uma agência de casamentos, no exato momento em que tinha acabado de terminar com seu namorado e descoberto que aquela relação tinha deixado consequências.

1886: Charles Doyle é o xerife do vilarejo. Um homem trabalhador, que não tem sorte com as mulheres. Seu tamanho e uma cicatriz feia no rosto, resultado de uma briga intensa com um bandido, faz com que as pessoas se sintam intimidadas e se afastem quando ele passa. Ele começou a desistir de encontrar uma boa mulher, que o aceitasse como ele é, e foi por isso que seus dois bons amigos, Mathias e Derek, o aconselharam a procurar uma esposa por correspondência. Após algum tempo, enquanto cavalga em direção ao vilarejo, escutou alguns gritos e correu para ajudar uma mulher que gritava como louca e ao vê-lo ela desmaiou. A mulher carregava uma carta direcionada a ele, onde diziam que aquela era a esposa que ele tinha pedido e não davam muitos detalhes. Ele, como todo cavalheiro, levou-a até sua casa, esperando não ter cometido um erro ao escrever para aquela agência, pois a mulher não se parecia em nada com o que ele queria em uma dama e, além disso, ele ainda não sabia o que estava por vir.

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.