Aproveite esse título agora mesmo, além de milhares de outros, com um período de teste gratuito

Gratuito por 30 dias, após esse período: $9.99 por mês. Cancele quando quiser.

Trabalhando no Clube dos Bilionários: Trabalhando no Clube dos Bilionários

Trabalhando no Clube dos Bilionários: Trabalhando no Clube dos Bilionários

Ler a amostra

Trabalhando no Clube dos Bilionários: Trabalhando no Clube dos Bilionários

notas:
3/5 (2 notas)
Duração:
192 páginas
3 horas
Editora:
Lançados:
Aug 23, 2018
ISBN:
9781547544851
Formato:
Livro

Descrição

Agora recrutando voluntários! Procurando por dez homens super-ricos dispostos a agradar algumas senhoras sortudas por uma boa causa.

Requisitos: Você deve fazer pelo menos um bilhão de dólares anualmente. Você deve ser quente como o inferno. Você deve ser um garanhão no quarto.

Deveres do trabalho: Trate nossas clientes como as rainhas que são. Cumpra todas as suas fantasias enquanto desfrutam de sua estadia em nosso resort de última geração. Você terá acesso a todas as nossas comodidades e salas de fantasia para que você possa criar a melhor experiência para nossas clientes.

O Clube dos Bilionários é uma organização sem fins lucrativos. As clientes pagam um bom dinheiro pelo seu tempo, e todos os rendimentos vão para uma instituição de caridade de sua escolha.

Faça algo grande para sua comunidade e divirta-se no processo. Junte-se ao Clube dos Bilionários!

Editora:
Lançados:
Aug 23, 2018
ISBN:
9781547544851
Formato:
Livro

Sobre o autor

Sky Corgan is a USA Today bestselling author. She lives in Texas where the sun is hot and the men are hotter. When she's not typing away at her next steamy romance novel, she enjoys hanging out with friends and planning vacations. You can get a FREE Sky Corgan book and stay up to date on her latest releases by signing up for her newsletter here: http://www.subscribepage.com/SkyCorgan


Relacionado a Trabalhando no Clube dos Bilionários

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do livro

Trabalhando no Clube dos Bilionários - Sky Corgan

CAPÍTULO UM

Bem-vindo ao clube do sexo.

O clube de sexo, eu repito de volta debilmente.

Para ser honesta, sexo era a última coisa em minha mente até que Croix Philbrook veio abrir a porta do Clube dos Bilionários para mim esta manhã. Eu nunca tinha realmente visto o apelo - por que as mulheres gastariam tanto dinheiro para vir aqui - até agora. O homem é uma imagem da perfeição masculina. Vestido com uma camisa de botão branca e calça cinza, ele parece um milhão de dólares.

Mais como um bilhão. Esse cara vale uma quantia estúpida de dinheiro. É por isso que ele faz parte do Clube dos Bilionários.

Minha boca fica seca enquanto olho para Croix como uma idiota, tentando evitar que o calor que sinto dentro chegue ao meu rosto.

Se segure, Raven. Você vai estar trabalhando com esse cara. E ele não vai ser o único gostoso que você vai ver diariamente. No momento em que este lugar abrir, haverá homens do tipo modelos ao seu redor. É melhor você começar a estocar pilhas para o seu vibrador se quiser sobreviver a isso.

Eu hesitantemente estendo minha mão para ele, muito mais animada em tocá-lo do que deveria estar. Meu nome é Raven Tarley. Sou sua nova diretora assistente.

"Minha nova diretora assistente? Eu não sabia que precisava de direção." Ele pega minha mão, mas não a sacode. Em vez disso, ele a aperta. Meus olhos disparam entre nossas mãos unidas e seu rosto. A eletricidade que eu queria sentir de seu toque é absorvida pelo meu nervosismo. Eu estive na presença desse cara por menos de um minuto, e já estraguei tudo.

Não é isso o que eu quis dizer. Eu respiro fundo antes de me corrigir. Eu quis dizer a nova diretora assistente do Clube dos Bilionários.

Ele me dá um leve tapinha no ombro. Eu sei. Eu só estou mexendo com você. Relaxe. Isto não é a entrevista. Você já conseguiu o emprego.

Meu corpo está tão rígido que parece que eu poderia quebrar como um painel de vidro a qualquer momento. De onde veio toda essa tensão? Quando saí de casa esta manhã, havia apenas a menor pontada de ansiedade. Eu sabia que tinha isso. Sabia que me encontraria com Croix hoje. Sabia que tenho o que é preciso para ajudar a tornar o novo local do Clube dos Bilionários um sucesso.

Que rude de mim. Eu sou Croix Philbrook. Croix finalmente se apresenta, não que eu já não soubesse quem ele era. Bruno Dunne me disse que Croix seria meu ponto de contato quando ele me contratou para o trabalho. Quando soube disso entrei on-line e pesquisei tudo o que pude sobre Croix. Ele tem trinta anos e é dono de uma das empresas de investimento mais bem sucedidas do país.

Vamos trabalhar juntos a partir de agora, ele me diz. Você vai me ajudar a colocar este lugar em funcionamento. Você gostaria de uma turnê?

Claro. O alívio me inunda quando ele retira a mão e eu passo para dentro do prédio.

Andar ao redor do resort será uma excelente distração de todas as coisas desagradáveis ​​que estou sentindo. Primeiro dia de nervosismo. Eu os tive em todos os empregos que já comecei. Este não é exceção. Ter um chefe super atraente apenas os torna piores.

Para ser honesto, não há muito o que mostrar agora, Croix diz enquanto me guia pelo prédio. Isso ainda é apenas um esqueleto. Estou trabalhando em idéias de design para as diferentes salas. Isso é algo que você vai me ajudar. Ainda estamos longe da inauguração.

Eu sigo alguns passos atrás, mais interessada em olhá-lo do que me maravilhar com paredes vazias e quartos vazios. Croix não estava mentindo quando disse que o prédio é um esqueleto. Se alguma vez me perguntei como era o interior de um hotel destruído, isso resolve o mistério. Agora, a única coisa dentro deste resort é a possibilidade. É uma tela em branco esperando para ser pintada pela nossa imaginação.

Croix me mostra o spa, os quartos de fantasia, as suítes de hóspedes e as piscinas e banheiras de hidromassagem vazias. Há acesso à praia, mas atualmente está bloqueado.

Nós ficamos na varanda de uma das suítes e olhamos para o oceano. Ele aponta para um ancoradouro à distância. Temos um iate, mas não tenho certeza se vamos torná-lo um bônus para aqueles que doam extra ou não.

Eles já estão doando muito. Por que fazer disso um extra? Meus olhos percorrem o braço dele até seu perfil. Seu cabelo é castanho escuro, quase preto, e estilizado em um corte curto com topete. Barba curta cobre suas bochechas, queixo e o lábio superior, mas não parece bagunçada. O vento puxa sua camisa, contornando-a em seu corpo. É um corpo que provavelmente passa horas na academia toda semana. Quaisquer que sejam as mulheres que acabam na cama com ele, terão muita sorte.

Nós não iríamos encarecer muito. Talvez um mil extra. Um mil para essas mulheres é como um dólar para a maioria das outras. Ele deixa cair a mão no corrimão, embora seus olhos nunca deixem o oceano.

Eu ainda não entendo por que você quer cobrar extra. Eu sigo seu olhar até um veleiro zarpando do cais.

É um luxo que não está disponível na filial da Califórnia. Parece valer a pena.

E andar a cavalo é um luxo na filial da Califórnia que não está disponível aqui. Paisagem diferente, luxos diferentes, eu destaco. Se você está preocupada com overbooking, apenas permita aos convidados um passeio por visita. Eu colocaria limitações nisso, mas não aumentaria o preço.

Ele sorri para mim, duas fileiras de dentes perfeitamente brancos aparecendo entre lábios beijáveis. É por isso que você está aqui, Raven. Eu preciso desse tipo de idéias. Três cabeças são melhores que uma.

Três cabeças? Ele estica o pescoço levemente, redirecionando sua atenção para as pessoas caminhando pela praia. Bruno está colocando sua visão também. Ele me deu um esboço de tudo que foi implementado no Clube dos Bilionários na Califórnia, as ideias que funcionaram e falharam no passado.

Se alguém é dono do Clube dos Bilionários, é Bruno Dunne. Ele está no comando da organização sem fins lucrativos desde o começo. Foi sua ideia, que muitos duvidaram que funcionaria. Ninguém antes dele tinha a percepção de que as mulheres poderiam querer viver suas fantasias mais escandalosas e pagariam um bom dinheiro se o dinheiro fosse para uma causa digna. Doar o dinheiro para a caridade e não pagar aos bilionários por sua participação impediu que o Clube dos Bilionários fosse rotulado como uma rede de prostituição. Obviamente, isso o tornou muito mais atraente para a clientela feminina.

Para ser honesto, eu esperava que este lugar fosse principalmente uma imagem espelhada do local da Califórnia, digo a ele.

Você já foi para a Califórnia? Ele se vira para mim com interesse.

Não, admito timidamente Eu conheço um homem que foi voluntário lá, no entanto. Eu conheço todas as histórias. Todos os detalhes.

Bem, será principalmente uma réplica, mas eu quero implementar minhas próprias idéias também. E as suas. Bruno me deu muito espaço de manobra neste local. Como você disse, localização diferente, luxos diferentes. Eu quero que seja como a diferença entre a Disneylândia e a Disney World.

Exceto pelo sexo. Eu rio.

Exceto pelo sexo. Seus olhos castanhos brilham quando ele me repete, e eu sinto uma vibração, embora eu não possa dizer se é do vento chicoteando contra a minha roupa ou se está vindo de dentro.

Engulo em seco, desviando meus olhos. Olhar para a água parece mais seguro do que olhar para ele. Espero que eu prove ser útil.

Tenho certeza que será. Ele solta algo entre uma bufada e uma risada Tenho certeza que será.

***

Não apenas lamba isso, Raven. Coloque a coisa toda na sua boca. Eu quero que você realmente prove isso.

Eu queria que Croix Philbrook tivesse dito isso para mim hoje, eu gargalho. Ele tem algo que eu definitivamente gostaria de enfiar na minha boca.

Oh, pare com isso. Cindy vira a mão para mim e revira os olhos.

Eu estou de pé do outro lado da mesa da cozinha com uma colher. na minha mão que detém sua mais recente mistura de baixo teor de carboidratos. A monstruosidade é mais parecida com isso. É tão difícil fazer sobremesas com baixo teor de carboidratos que tenham bom gosto, mas ela está focada e determinada a encontrar alternativas satisfatórias para delícias não saudáveis.

Minha primeira lambida inicial trouxe de volta a forte presença de substituto do açúcar processado. Isso me faz relutar em engolir uma colherada. Então, novamente, esta é a versão pré-cozida. Deve parecer melhor quando sair do forno.

Sabendo que Cindy está olhando para mim com expectativa, forço a colher a entrar na minha boca e engulo seu conteúdo. Eu quase prefiro levar uma carga completa de esperma pela minha garganta do que algumas das coisas com as quais ela tenta me alimentar. Ser a cobaia de seu novo livro de receitas de baixo carboidrato é tanto uma bênção quanto uma maldição. Por um lado, eu nunca tenho que cozinhar. Por outro lado, pelo menos metade das receitas dela são falhas completas, e como ela odeia desperdiçar comida, nós temos que comê-las de qualquer maneira.

Esse não é um bom rosto. Ela enruga o nariz enquanto avista minha careta.

Você sabe que eu não gosto de limão. Entrego a colher de volta para ela e vejo como ela a mergulha na tigela para provar sua receita.

Não é o limão que é ruim. Ela balança a cabeça. Eu não posso esperar até o meu Eritritol entrar. Ele supostamente tem um gosto muito mais próximo ao açúcar do que a Stevia.

Isso ainda soa como produtos químicos para mim, mas não me atrevo a dizer isso. Cindy está na fase de baixo carboidrato por apenas seis meses. Nesse tempo, ela perdeu quinze quilos. Só por comer principalmente a comida dela, eu perdi cinco quilos também, então isso está definitivamente funcionando.

Nunca conheci uma sobremesa com baixo carboidrato que eu tenha gostado, admito.

Eu pretendo mudar isso. Ela sorri para mim, parecendo adoravelmente presunçosa.

Meu coração incha com o calor que transborda em tristeza. É em momentos assim que Cindy me lembra da minha mãe. Elas teriam a mesma idade se minha mãe ainda estivesse viva. Quase posso imaginar minha mãe em pé no lugar de Cindy, preparando seus famosos bolinhos com recheio de maçã na cozinha.

Mas esses dias acabaram. Cindy é a coisa mais próxima de uma mãe que tenho agora. Quando cheguei à Flórida e estava procurando um quarto para alugar, relutei em morar com ela por causa da diferença de idade. Desespero e uma conta bancária quase esgotada foram as únicas coisas que me fizeram dizer sim. Onde mais perto de Palm Beach eu iria encontrar um lugar para ficar por apenas 300 dólares por mês, mais metade dos serviços públicos? Em nenhum lugar, é onde. A oferta foi tão boa que não pude recusar.

Primeiro, eu me preocupava que teria que andar sobre cascas de ovos em volta dela, vestir roupas conservadoras e tomar cuidado com minha linguagem. Mas não demorou muito para que eu descobrisse que Cindy amaldiçoava como um marinheiro e tinha uma mente igualmente imunda. Em uma semana, éramos melhores amigas fazendo praticamente tudo juntas. As pessoas até a confundiam com minha mãe quando saíamos juntas em público.

Isso doeu um pouco, mas suponho que seja de se esperar. Nós duas temos o mesmo cabelo loiro, embora o dela seja mais escuro e cortado curto. Nossos olhos são azuis, mas os meus são um pouco mais pálidos e estreitos. Seus olhos são grandes e brilhantes. Isso faz com que ela pareça amigável e calorosa, o que ela é. Compartilhamos a mesma estrutura facial também, com faces arredondadas e maçãs do rosto altas. Minhas bochechas rechonchudas são uma das minhas características menos favoritas em mim. Eu sempre achei que elas faziam meu rosto parecer gordinho, apesar do fato de eu ser tão magra quanto um trilho.

É aí que as semelhanças terminam. Eu tenho 1,75. Seus lábios são finos enquanto os meus são cheios. Mesmo que Cindy tenha perdido um pouco de peso, eu certamente não a chamaria de esbelta. Ela tem muito pela frente. Seu corpo é um trabalho em progresso, como ela chama.

Não foda seu chefe, ela diz abruptamente.

O quê?

Ela nem sequer olha para mim enquanto derrama a massa de limão em formas de muffin. Você sabe o que aconteceu da última vez que você fodeu seu chefe.

Eu suspiro, não realmente sentindo que mereço o castigo. Não há mal em fantasiar sobre alguém que não posso ter. Isso foi diferente.

Isso pode ter sido diferente, mas todos os homens são iguais. Vacile e eles vão te pegar.

Ele não pegaria. Eu balanço minha cabeça. Confie em mim, Croix está em um time própria. Um que está longe do meu time. Todos os homens do Clube dos Bilionários vão ficar fora do meu alcance.

Ela faz uma pausa para me lançar um olhar sério. Eles não vão pensar em levar você para casa, Raven. E é exatamente por isso que você não deveria estar pensando em dormir com nenhum deles. Eles estão lá para transar. Essa é a única razão pela qual eles estão lá. Eu duvido que eles olhem para você de forma diferente do que fazem com as clientes.

"Isso não é verdade. Eu serei o chefe deles,

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Trabalhando no Clube dos Bilionários

3.0
2 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor