Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima
Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima
Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima
E-book164 páginas1 hora

Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Sobre este e-book

Durante meu terceiro ano na faculdade de medicina, me deparei com um artigo online sobre restrição calórica por meio da nutrição ótima. Eu li sobre uma intervenção alimentar aparentemente simples que prolongou a vida média e máxima de animais em laboratório, como levedura, moscas de frutas, vermes e ratos. Naquela época, eu não sabia que tais experimentos também já eram realizados em primatas não humanos.

Honestamente, acabei descartando isso como curiosidade. Uma intervenção que poderia ter algum efeito em organismos simples, como moscas de frutas, mas algo que nunca funcionaria em seres complexos como nós. Parecia bom demais para ser verdade.

O tempo passou e mostrou que estava errada. Dado um fascínio da infância com os limites da extensão da vida, estudei engenharia e medicina na tentativa de prolongar radicalmente a expectativa de vida humana. Após um curto período de pesquisa com próteses neurais em um laboratório alemão, percebi que implantar dispositivos artificiais no corpo humano não era uma solução para longo prazo.

Voltei para casa, onde comecei minha residência médica em geriatria, a área da medicina especializada em doenças associadas à idade. Algo engraçado acabou acontecendo. Ler sobre as teorias do envelhecimento é uma coisa. Cuidar diariamente de pessoas com 3 ou 4 vezes a sua idade, é outra completamente diferente e eu comecei a ligar os pontos.

Eu notei que algumas pessoas envelheciam como vinho e outras envelheciam como vinagre. De acordo com seus corpos magros e históricos detalhados, parecia que a ingestão de calorias tinha algo a ver com isso. Foi assim que comecei a digitar as primeiras palavras deste livro.

Índice Analítico

Introdução

  • Princípios Básicos da Restrição Calórica com Nutrição Ótima
  • O que Você NÃO Encontrará neste Livro
  • Como Você Deve Usar este Livro?

Menos é Mais para os Roedores, mas e para os Humanos?

  • Indicações e Contraindicações da Restrição Calórica com Nutrição Ótima
  • Exames Médicos de Monitoramento da Restrição Calórica com Nutrição Ótima

Como Você Escolhe Comida de Qualidade?

  • Onde Encontrar Alimentos de Qualidade
  • Quando a Aparência Pode Enganar

Quais Opções Alimentares Fornecem a Maioria dos Nutrientes com o Mínimo de Calorias?

  • Bebidas
  • A Fórmula de uma Batida
  • O Prazer dos Legumes
  • Sopa Básica
  • As Maravilhas das Ovas
  • Como Preparar Peixes
  • Sushi – A Perfeita Comida do Mar
  • Cogumelos Comestíveis
  • Patês, Pastas e Cremes
  • Produtos de Origem Animal e Miúdos
  • Um Pequeno Guia para Ervas e Especiarias Culinárias
  • O Conforto dos Chás de Ervas
  • Sobremesas
  • Bolo Vegano Cru
  • Restringindo Calorias ao Comer Fora

Como Transformar Ingredientes de Qualidade em Pratos Incríveis

  • Onde Você Pode Conseguir Receitas Nutritivas de Baixa Caloria?
  • Utensílios de Cozinha

Restrição Calórica a Longo Prazo

  • Os Altos e Baixos do Jejum
  • Como Implementar a Restrição Calórica sendo um
IdiomaPortuguês
EditoraBadPress
Data de lançamento4 de nov. de 2018
ISBN9781386427209
Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima
Ler a amostra

Relacionado a Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima

Livros relacionados

Artigos relacionados

Categorias relacionadas

Avaliações de Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

    Pré-visualização do livro

    Coma Menos, Viva Mais - seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima - Anca Ioviţă

    COMA MENOS, VIVA MAIS  

    SEU GUIA PRÁTICO PARA RESTRIÇÃO CALÓRICA COM NUTRIÇÃO ÓTIMA  

    Anca Ioviţă

    Traduzido por Ariane Zabaleta

    Coma Menos, Viva Mais -  seu guia prático para restrição calórica com nutrição ótima

    Escrito por Anca Ioviţă

    Copyright © 2018 Anca Ioviţă

    Todos os direitos reservados

    Distribuído por Babelcube, Inc.

    www.babelcube.com

    Traduzido por Ariane Zabaleta

    Babelcube Books e Babelcube são marcas comerciais da Babelcube Inc.

    Aviso Legal

    Este livro não pretende substituir uma indicação médica. O leitor deve consultar regularmente um médico para questões relacionadas à sua saúde e particularmente com relação a quaisquer sintomas que possam exigir diagnóstico ou atenção médica.

    Embora eu seja médica, não sou a sua médica. Ler este livro não cria uma relação médico paciente entre nós. As informações apresentadas neste livro são de natureza geral e podem não se aplicar à sua situação específica de saúde.

    Dedicado às duas pessoas maravilhosas que me deram a vida e ao meu parceiro de vida que fez valer a pena viver

    Introdução

    Durante meu terceiro ano na faculdade de medicina, me deparei com um artigo online sobre restrição calórica por meio da nutrição ótima. Eu li sobre uma intervenção alimentar aparentemente simples que prolongou a vida média e máxima de animais em laboratório, como levedura, moscas de frutas, vermes e ratos. Naquela época, eu não sabia que tais experimentos também já eram realizados em primatas não humanos.

    Honestamente, acabei descartando isso como curiosidade. Uma intervenção que poderia ter algum efeito em organismos simples, como moscas de frutas, mas algo que nunca funcionaria em seres complexos como nós. Parecia bom demais para ser verdade.

    O tempo passou e mostrou que estava errada. Dado um fascínio da infância com os limites da extensão da vida, estudei engenharia e medicina na tentativa de prolongar radicalmente a expectativa de vida humana. Após um curto período de pesquisa com próteses neurais em um laboratório alemão, percebi que implantar dispositivos artificiais no corpo humano não era uma solução para longo prazo.

    Voltei para casa, onde comecei minha residência médica em geriatria, a área da medicina especializada em doenças associadas à idade. Algo engraçado acabou acontecendo. Ler sobre as teorias do envelhecimento é uma coisa. Cuidar diariamente de pessoas com 3 ou 4 vezes a sua idade, é outra completamente diferente e eu comecei a ligar os pontos.

    Eu notei que algumas pessoas envelheciam como vinho e outras envelheciam como vinagre. De acordo com seus corpos magros e históricos detalhados, parecia que a ingestão de calorias tinha algo a ver com isso. Foi assim que comecei a digitar as primeiras palavras deste livro.

    Agora, poucas pessoas em todo o mundo estão cientes dos experimentos de restrição calórica realizados com animais, iniciados nos anos 1930 e presentes até hoje. Esses animais de laboratório tiveram seu tempo de vida prolongado não apenas pela restrição de calorias, mas mantendo os mesmos níveis de nutrientes essenciais do grupo controle. Em outras palavras, eles consumiam mais nutrientes por caloria consumida em comparação com o grupo controle. Este é um fato importante que quero destacar. A fome não prolongou suas vidas, a restrição calórica com nutrição ótima (abreviada como CRON) que fez isso acontecer.

    Menos é mais para os roedores, mas e para os humanos?

    Como os ratos têm uma vida curta, os pesquisadores não precisaram de décadas para testar a restrição calórica. Nós regularmente vivemos até 60-80 anos de idade, dependendo de nossos genes e do estilo de vida. Como tal, os poucos testes em humanos sobre restrição calórica, ocorreram por curtos períodos de tempo e compararam os biomarcadores do envelhecimento correlacionados com a longevidade. Para que dados de sobrevivência sejam coletados e comparados, precisamos de estudos longitudinais (estudos que monitorariam as pessoas ao longo prazo até sua morte natural e observassem sua taxa de envelhecimento).

    Como a maioria de nós não viverá o suficiente para que esses estudos caros sejam realizados e por ser uma intervenção alimentar acessível a todos, muitos voluntários apareceram. Ignorar algumas calorias aqui e ali é fácil, mas como fica a parte da nutrição ótima do CRON?

    Parece simples na teoria, mas quando confrontados com as inúmeras opções dentro de um supermercado e as informações nutricionais contraditórios de nossas leituras, é muito fácil se sentir sobrecarregado e perdido.

    Eu estava nessa mesma posição anos atrás. Eu estava sempre fazendo uma dieta restrita em termos de calorias por causa do meu orçamento apertado. Restringir calorias era a parte fácil. Agora eu queria fazer melhores escolhas em termos de nutrientes.

    Este livro conta como implementei a parte da nutrição ótima no meu dia a dia (use o que você julgar adequado e pule o resto). Nas páginas seguintes, você verá como implementei os princípios do CRON com base na minha experiência médica, além de uma lista de livros úteis que utilizei e minhas próprias tentativas e erros.

    Chega de falar sobre mim. Aqui está um resumo do que eu presumo sobre você:

    você descobriu sobre os experimentos de restrição calórica com muitas espécies de animais e quer saber se isso também funcionaria em humanos

    você decidiu tentar restringir com segurança as calorias diárias para alcançar uma possível desaceleração do envelhecimento e uma vida útil mais longa

    você compreende a importância de obter uma quantidade adequada de nutrientes, mas não faz ideia de como fazer boas escolhas quando está em mercados, feiras e restaurantes

    você pode ter uma doença crônica ou pode estar em um determinado estágio de sua vida (como infância, gravidez, amamentação) e se pergunta se é seguro tentar a restrição calórica

    você está mais interessado nos princípios nutricionais do que em contar calorias, vitaminas, proteínas ou seguir receitas rígidas e menus prontos

    você está com o orçamento apertado. Mesmo se você tiver dinheiro suficiente hoje, a vida muda e quando sua renda cair, você ainda poderá ser capaz de fazer excelentes escolhas nutricionais.

    Princípios Básicos da Restrição Calórica com Nutrição Ótima  

    A vida é uma aposta. Embora este guia tenha como objetivo prolongar a longevidade, ninguém pode prever todos os fatores que influenciam a expectativa de vida. Na minha experiência com restrição calórica, estou cheia de energia para minhas inúmeras atividades e passatempos. Eu pratiquei durante um estudo intenso, enquanto trabalhava em um emprego de tempo integral e durante atividades sociais. Admito que tentei contar calorias e nutrientes com utilizando um software especializado, mas logo perdi minha paciência.

    Eu agora guio meu intestino de acordo com os seguintes princípios:

    nosso conhecimento é limitado e a nutrição é uma ciência complexa, portanto a variedade é a melhor defesa contra deficiências nutricionais. Certifique-se de incluir fontes vegetais e animais. Manter a proporção entre os alimentos da terra e os ingredientes do mar em, pelo menos, 1: 1.

    inclua pelo menos uma salada e uma batida todos os dias. Elas vão levá-lo para o hábito de comer legumes e frutas frescas diariamente. O segundo passo é complementar com uma sopa e uma xícara de chá. Uma vez que você consiga comer tudo isso, terá pouco espaço para alimentos carregados de calorias.

    comida deliciosa é colorida. O salmão é rosa brilhante. A salada é verde. Os mirtilos são bem… azuis. Acostume sua visão com ingredientes naturalmente coloridos e você não terá dúvidas sobre como obter todos os nutrientes de que precisa.

    o que você pode absorver é mais importante do que os nutrientes existentes em sua comida. A variedade também é a melhor ferramenta aqui. Coma uma dieta equilibrada composta de alimentos crus, cozidos e fermentados. Alimentos recém-introduzidos na escala da evolução humana, como grãos e laticínios, são melhor consumidos quando fermentados (Fallon, 2001).

    faça valer seu dinheiro. Escolha comida de qualidade e treine para reconhecê-la. É muito melhor pular uma refeição do que comer lixo. Não apoie empresas suspeitas, especialmente quando se trata de alimentos dos quais você construirá novas células e manterá as que você já herdou.

    coma apenas alimentos que você possa reconhecer como integrais. Você não sabe o quanto de peixe tem de fato em uma porção de peixe empanado, mas você pode reconhecer um peixe inteiro assado quando ver um. Você pode não estar certo de quanto espinafre foi colocado no ravióli, mas você pode reconhecer folhas de espinafre em uma salada. Ler listas de ingredientes pode ser um incômodo quando você está com pressa, então compre alimentos como vegetais crus, frutas e frutos do mar, onde você só precisa saber sua origem, data de validade e preço.

    O que Você NÃO Encontrará neste Livro

    Apesar de todos

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1