Curta este título agora mesmo, além de milhões de outros, com um período de avaliação gratuita

Apenas $9.99/mês após o período de testes. Cancele quando quiser.

O Segredo de Lady Hoyden

O Segredo de Lady Hoyden

Ler amostra

O Segredo de Lady Hoyden

avaliações:
4.5/5 (2 avaliações)
Comprimento:
157 páginas
2 horas
Lançado em:
Nov 4, 2018
ISBN:
9781386185048
Formato:
Livro

Descrição

Alguns segredos nunca devem ser revelados...

No que interessa a Lady Helena Carter, tomar chá de cadeira e ser uma moça literata não é problema algum. Tudo o que ela quer é ser independente. O pai dela não torna sua vida fácil, e tudo que a mãe quer é que ela encontre um marido, qualquer homem serve. Para alcançar seu objetivo, ela traça um plano infalível para realizar seu maior desejo. Há apenas um percalço, e um homem no meio de toda a questão.

Alguns segredos não podem ser guardados...

Lorde Oliver Hunt, marquês de Dashville é atormentado por rumores e insinuações faz cinco anos, e a culpa é toda de Lady X. Ele fez algo errado em sua juventude errática e paga pelo erro até hoje. Determinado a fazer a Lady dos Sussurros vê-lo de forma diferente, ele cria um esquema de modo fazer as pazes com a primeira dama que desprezou. Ele então procura Lady Helena com esse propósito, mas ela não quer saber dele.

Desvendar um segredo pode ser bom...

Como continuam a se cruzar, faíscas de desejo surgem entre eles. O crescente romance é testado conforme segredos são revelados, e tais descobertas ou os deixarão mais unidos do que nunca ou os separarão para sempre.

Lançado em:
Nov 4, 2018
ISBN:
9781386185048
Formato:
Livro

Sobre o autor

USA TODAY Bestselling author, DAWN BROWER writes both historical and contemporary romance.There are always stories inside her head; she just never thought she could make them come to life. That creativity has finally found an outlet.Growing up she was the only girl out of six children. She is a single mother of two teenage boys; there is never a dull moment in her life. Reading books is her favorite hobby and she loves all genres.For more information about upcoming releases or to contact Dawn Brower go to her website: authordawnbrower.com


Relacionado a O Segredo de Lady Hoyden

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do Livro

O Segredo de Lady Hoyden - Dawn Brower

O Segredo

de Lady Hoyden

Bluestockings defying rogues 2

––––––––

Dawn Brower

Esta é uma obra de ficção. Nomes, personagens, lugares e incidentes são o produto da imaginação da autora ou são usados ​​de forma fictícia e não devem ser interpretados como reais. Qualquer semelhança com eventos, locais ou pessoas reais, vivas ou mortas, é mera coincidência.

A Lady Hoyden’s Secret Copyright © 2018 Dawn Brower

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro pode ser usada ou reproduzida de forma eletrônica ou impressa sem permissão por escrito, exceto em breves citações incorporadas em resenhas ou críticas.

C:\Users\hp\Desktop\1Writerly things\Author Logo\DB_Logo.png

DEDICATÓRIA

Para Elizabeth Evans — que adora Lady H de verdade, e de maneira leal, revisou esta novela mesmo estando doente, e durante o Natal, com uma profusão de crianças ao seu redor. Seu nível de confiabilidade e imperturbável perseverança será para sempre considerada o mais alto nível atingível. Obrigada por ser minha amiga e por amar tudo o que eu escrevo. Você é a melhor.

AGRADECIMENTOS

Um agradecimento especial à minha editora, Victoria Miller. Fico sempre impressionada com o talento dela e como editora, nunca tive melhor. Obrigada por todo o trabalho duro que você faz e pela ajuda que você me dá para tornar minhas histórias mais fortes. Eu realmente agradeço mais do que poderia dizer.

NOTA DA AUTORA

Às vezes, um segredo pode ser uma coisa boa, outras vezes a verdade pode ser libertadora. Cabe a você decidir qual é o melhor para você. Este livro é para todos que tem um segredo e não sabem o que fazer com ele. Espero que você goste da história de Helena e Oliver tanto quanto eu gostei de escrever.

PRÓLOGO

CAPÍTULO UM

CAPÍTULO DOIS

CAPÍTULO TRÊS

CAPÍTULO QUATRO

CAPÍTULO CINCO

CAPÍTULO SEIS

CAPÍTULO SETE

CAPÍTULO OITO

EPÍLOGO

EXCERTO

––––––––

Um sussurro descuidado pode levar a um escândalo de magnitudes impressionantes. É um prazer ajudar esses sussurros...

— Sussurros de Lady X

PRÓLOGO

Temporada de 1811

Lady Helena Carter batia o pé com impaciência. Era sua terceira temporada e, infelizmente, ainda não havia pretendentes. Entre as moças acostumadas a tomar chá de cadeira, ela estava no topo da lista de indesejáveis. A maioria das debutantes ou damas à beira da solteirice começaria a ficar alarmada com a falta de perspectivas. Quanto a isso, Helena estava longe de ser normal. Ela decidira utilizar o presente que recebera e se preparar para o futuro. Um sem marido, sim. Mas ela havia aceito esse fato há duas temporadas.

Ela não precisava de um homem. Tudo bem, talvez precisasse, por agora. Seu pai, o duque de Montford, a sustentava, e ela precisava desse sustento enquanto tomava as providências necessárias para cuidar de si mesma. O sucesso não acontecia da noite para o dia, afinal. Ela planejava revirar o mundo do avesso, em segredo.

— Eu quero saber o que está remoendo tanto em sua cabeça?

Helena olhou para o irmão dela, o Conde de Darcy, e sorriu.

— Eu não sei, Lucas. Pode assustá-lo saber meus segredos mais íntimos.

Seu irmão era e sempre seria amado por ela, mas era um daqueles terríveis homens que acreditavam que uma mulher não podia cuidar de si mesma. Talvez ela fosse um pouco moderna em suas convicções, no entanto, não fazia nada disso menos verdade.

Se uma mulher se dedicasse a algo, ela poderia realizar muito bem. Muitas mulheres já o fizeram e nem perceberam. O processo de organizar uma festa do tamanho do baile de Loxton era uma façanha em si. A maioria dos homens não leva isso em consideração. Eles acham que o desejo de uma mulher de dar um baile era, na melhor das hipóteses, frívola e tediosa. Muito deveria ser feito para se realizar uma reunião social bem-sucedida.

— Eu já estou apavorado —, respondeu Lucas. você é irritante desde o momento em que nasceu.

— Você me magoou. — o canto de sua boca se contraiu enquanto ela continha um sorriso. — Você não deveria estar na sala de jogos?

Lucas era cinco anos mais velho que ela. Ele não mostrava sinais de querer procurar uma esposa e se estabelecer. Na verdade, o fato de ele estar lá era estranho. Ele, em geral, corria a cidade com seu melhor amigo, o marquês de Dashville. Quando um deles decidia ir a uma festa de qualquer tipo, sempre iam juntos e muitas vezes podiam ser encontrados nos entretenimentos mais duvidosos.

— Você não deveria estar dançando? — ele levantou uma sobrancelha — Eu posso estar errado, mas não é esse o objetivo de um baile?

Lucas levantou o cartão de dança e franziu a testa.

— Por que não há nomes aqui? Você é filha de um duque e tem um grande dote. Esses jovens tolos deveriam estar se atropelando por uma chance de casar com você.

Ela segurou a vontade de revirar os olhos.

Essa era uma suposição sólida, mesmo que produzisse resultados falsos. Helena não era horrível. Pelo menos, não achava que fosse. Seu cabelo era louro dourado e seus olhos de uma cor estranha: meio violeta e meio azul, porém ela não era uma beldade. Mesmo assim, sua herança deveria ter feito os homens da sociedade pararem para olhá-la, mesmo que sua linhagem não o fizesse. A partir do momento em que ela debutou, nada aconteceu como deveria.

— Estou destinada a ser uma solteirona. — Helena respondeu com um encolher de ombros — Nenhum deles me notou.

Ela realmente não se importava também. Deixe-os continuar a ignorá-la e sussurrar segredos. Eles perceberiam seu erro em breve. Ela estava mais do que feliz em aproveitar a oportunidade para sua vantagem. A multidão poderia ignorar Helena e descartá-la como nada, mas ela estava bem com isso.

Convites chegavam todos os dias, garantindo sua entrada em todos os eventos sociais da temporada. Todas os bailes e saraus permitiriam que ela planejasse uma vida longe de tudo um dia. Tudo estava pronto e o primeiro passo dado para seu novo empreendimento começar.

— Não seja ridícula — disse ele, — minha irmã não será uma rejeitada. Vou me certificar de que eles prestem atenção em você.

Nossa... ela precisava tirar essa ideia da cabeça dele e rápido.

— Você é um doce, mas prefiro que não faça nada. Eu não quero uma cena.

Mas se ele fizesse uma, ela poderia usar o ocorrido para sua vantagem... — Eu aceitei meu destino. Não quero um homem qualquer como marido. Será preciso alguém especial para conquistar meu coração e, se não puderem me ver como sou, então não os quero.

Era uma noção amarga de engolir. No entanto, ela aceitava. Um marido e sua própria família não estavam no futuro dela. Isso não significava que ela não poderia encontrar a felicidade. Talvez um dia ela tomasse um amante ou adotasse uma criança. Assim que estivesse estabelecida e tivesse os meios de cuidar de si mesma, teria muitas opções.

Não encontrar um homem para casar não seria a pior coisa a acontecer. Poderia até vir a ser uma coisa boa. Uma mulher deveria ser capaz de cuidar de si mesma, e ela sempre achara bobo que se esperasse que as mulheres dependessem dos homens em suas vidas. Alguns homens eram idiotas e, em grande parte, tendiam a ser bastante tolos.

— Você quer se apaixonar? — a voz dele trazia uma ponta de descrença — Isso não é do seu feitio. Nossa família não leva em consideração o coração ao escolher um cônjuge.

Ele não estava errado.

— Papai está muito descontente e ameaçou escolher um marido para mim.

Os cantos dos olhos dele enrugaram com o divertimento.

— Você precisa mesmo me avisas as coisas com antecedência para que eu possa estar por perto para assistir.

Helena suspirou.

— Não é como se eu planejasse provocar convulsões no papai. Ele faz tudo por si mesmo. Sério, por que ele perde a paciência com a ideia tola de que eu tenho que me casar com o primeiro homem que me dá alguma atenção?

Lucas cedeu e riu.

— Querida, a maioria das mulheres quer se casar. Eu não acho que você queira de verdade. Pelo menos finja que quer.

Ela não sabia se podia.

Claro, no começo, ela de fato procurara um marido. O bando de cavalheiros ansiosos por uma esposa em sua primeira temporada havia sido... Insuficiente. Nenhum deles provocou qualquer interesse. Eles não fizeram seu coração bater mais rápido e nem a deixaram com o desejo de vê-los outra vez. Ela não precisava deles para seu sustento. Se resistisse por tempo suficiente, teria dinheiro mais do que suficiente para viver de forma confortável. Infelizmente, ela precisava esperar mais uma década por sua herança. Sem um marido, o dinheiro permaneceria em um fundo até seu aniversário de 30 anos.

— Por quê? — ela torceu o nariz — Eles são chatos.

— Tem que haver alguém aqui que você ache atraente.

— Na verdade, não há...

Um murmúrio se espalhou pela sala, e Helena olhou para cima para ver o que chamava a atenção dos outros convidados. Qualquer coisa digna de nota teria que ser memorizada para uso futuro. A fofoca da sociedade seria seu pão com manteiga quando seu pai cortasse a ajuda. Isso ia acontecer mais cedo ou mais tarde. Ele meio que a ameaçou mais cedo quando discutiram. Se ela não procurasse de verdade por um marido, ele suspenderia sua mesada, e ela poderia esquecer quaisquer novos vestidos ou roupas íntimas.

Ah... É disso que todos estão falando.

Lorde Oliver Hunt, o marquês Dashville em

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre O Segredo de Lady Hoyden

4.5
2 avaliações / 0 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores