Aproveite esse título agora mesmo, além de milhares de outros, com um período de teste gratuito

Apenas $9.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O Desaparecimento de Lady Edith: Série Debutantes Intrépidas

O Desaparecimento de Lady Edith: Série Debutantes Intrépidas

Ler a amostra

O Desaparecimento de Lady Edith: Série Debutantes Intrépidas

notas:
4/5 (1 nota)
Duração:
208 páginas
3 horas
Lançados:
Nov 15, 2018
ISBN:
9781547558391
Formato:
Livro

Descrição

Uma noite trágica mudou a vida da prática Lady Edith Pelton: quando sua melhor amiga caiu para a morte, empurrada escada abaixo por um lorde nafasto. Agora Edith dedica seu tempo a observar o homem que ela pensa que é responsável, enquanto junta informações para expor outros canalhas que posam como cavalheiros honrados em Londres. Quando suas ações são notadas por um perfeito estranho, Edith se vê às voltas com dois mistérios - o que aconteceu com sua amiga, e como conquistar o coração desse homem extraordianariamente bonito.

Triston Neville, Visconde Torrington, recebeu duas tarefas para a temporada que se inicia: acompanhar suas irmãs durante seu debut, e evitar se envolver em outro escândalo. O que ele não espera é que uma cativante beldade com cabelos de fada literalmente caia em seu caminho. Quando a misteriosa Lady Edith desaparece de repente sem deixar rastros, Triston teme que os erros de seu passado tenham retornado para destruir sua vida mais uma vez.

Lançados:
Nov 15, 2018
ISBN:
9781547558391
Formato:
Livro

Sobre o autor

USA Today Bestselling Author Christina McKnight writes emotionally intricate Regency Romance with strong women and maverick heroes. Christina enjoys a quiet life in Northern California with her family, her wine, and lots of coffee. Oh, and her books...don't forget her books! Most days she can be found writing, reading, or traveling the great state of California. Sign up for Christina's newsletter and receive a free book: eepurl.com/VP1rP Follow her on Twitter: @CMcKnightWriter Keep up to date on her releases: christinamcknight.com Like Christina's FB Author page: ChristinaMcKnightWriter Join her private FB group for all her latest project updates and teasers! facebook.com/groups/634786203293673/


Relacionado a O Desaparecimento de Lady Edith

Livros relacionados

Amostra do livro

O Desaparecimento de Lady Edith - Christina McKnight

Elogios aos Romances de Christina McKnight

A LADRA ROUBA SEU CONDE

Quando eu comecei a ler este livro, eu não conseguia largá-lo... ele me causou outra ressaca de livros. Eu queria ver o que ia acontecer quando a verdade sobre Judith aparecesse e como Simon ia lidar com isso... eu amei.- Sissy's Book Review

"A história de Jude e Cart é uma delícia! É tão revigorante ver o herói tímido, socialmente inapto e não super rico. Eu adorei... Esse foi definitivamente um dos melhores livros que li neste verão. - Reviews from a Thrifty Mom

NUNCA MAIS ESQUECIDA

Esta autora fez com que eu voltasse a amar os romances históricos."

-TwinsieTalk Book Reviews

HIDDEN NO MORE

(ainda não lançado em português)

O enredo é muito bom, a escrita é ótima. Tão suave e cativante, eu consegui ler direto, a leitura fluiu muito bem. Eu adoro descobrir autores que não conheço e com essa história maravilhosamente bem-escrita pela Srta. McKnight eu descobri uma nova autora de romances históricos.- Bound by Books

CHRISTMAS EVER MORE

(ainda não lançado em português)

"Christmas Ever More é um romance festivo maravilhosamente escrito, cheio de esperança, renovação, amor e novos começos. Se você é um fã da série Uma Dama Esquecida, de Christina, este é um 'tem que ter' Mesmo que você não tenha sido apanhado pela série, este livro sozinho é uma adorável adição à sua lista de leituras para o feriado." -Literal Addiction

Livros de Christina McKnight

Série As Debutantes Intrépidas

O Desaparecimento de Lady Edith

O Infortúnio de Lady Lucianna

As Desventuras de Lady Ophelia

Série Lady Archer's Creed

Theodora

Georgina

Adeline (ainda não lançado em português)

Josephine (ainda não lançado em português)

Série Craven House

A Ladra Rouba seu Conde

A Amante Encanta seu Marquês

The Madame Catches Her Duke - lançamento em breve

The Gambler Wagers Her Baron – lançamento em breve

Série Uma Dama Esquecida

Nunca Mais Rejeitada

Nunca Mais Esquecida

Scorned Ever More (ainda não lançado em português)

Christmas Ever More (ainda não lançado em português)

Hidden No More (ainda não lançado em português)

Títulos independentes

The Siege of Lady Aloria, A de Wolfe Pack Novella (ainda não lançado em português)

Um Beijo no Natal

For The Love Of A Widow ((ainda não lançado em português)

AS DEBUTANTES INTRÉPIDAS

Livro 1

© 2017 Copyright por Christina McKnight

Imagem de Capa Period Images

Design da Capa The Midnight Muse

Imagens de vetor utilizadas sob licença de Creative Commons Attribution: EezyPremium on Vecteezy

––––––––

Todos os direitos reservados.

ISBN: 1-945089-18-0 (Paperback)

ISBN-13: 978-1-945089-18-3 (Paperback)

La Loma Elite Publishing

––––––––

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação não pode ser reproduzida, distribuída, ou transmitida por quaisquer formas ou meios, incluindo cópias, gravações, ou outros métodos eletrônicos ou mecânicos, sem a permissão prévia por escrito da autora, a não ser no caso de breves citações incorporadas a revisões críticas e em determinados outros usos não comerciais permitidos pela lei de direitos autorais. Para pedidos de permissão, escreva para a autora, com o assunto: Atenção: Coordenador de Permissões, no endereço abaixo.

––––––––

Christina@christinamcknight.com

DEDICATÓRIA

Ao Marc

Obrigada por seu amor e apoio inabaláveis!

AGRADECIMENTOS

Há diversas pessoas que eu gostaria de agradecer por permanecer comigo durante a frenética jornada de escrever este livro.

Ao Marc, meu incrível namorado - obrigada por ser sempre você!

A Lauren Stewart, minha parceira crítica e melhor amiga, você me incentivou a explorar novas linhas de pensamento que eu nunca sonhei serem possíveis. Se nós estivéssemos em um relacionamento real, ele seria baseado na codependência, mas de um jeito bom. Minha escrita não seria o que é sem seus comentários, críticas, sugestões e orientação.

Eu gostaria de agradecer também às mulheres maravilhosas que vem me apoiando tanto na minha carreira literária quanto na vida, incluindo (mas não limitado a): Erica Monroe, Amanda Mariel, Debbie Haston, Angie Stanton, Theresa Baer, Ava Stone, Roxanne Stellmacher, Laura Cummings, Dawn Borbon, Suzi Parker, Jennifer Vella, Brandi Johnson e Latisha Kahn. Eu sei que estou esquecendo pessoas... Vocês todos têm sido muito pacientes e maravilhosamente solidários a minhas maneiras excêntricas.

Um agradecimento muito especial ao meu editor, Chelle Olson, de Literally Addicted to Detail, sua habilidade e o profissionalismo superaram tudo o que eu esperava. Chelle Olson pode ser contatado pelo e-mail literallyaddictedtodetail@yahoo.com.

Um agradecimento especial também para o meu editor histórico e de desenvolvimento, Scott Moreland.

E à minha revisora, Anja, obrigada por embarcar em outra jornada comigo.

Design da Capa The Midnight Muse.

Créditos pelo design da Capa de Cobertura para Sweet 'N Spicy Designs.

Finalmente, agradeço a você por apoiar os autores independentes.

PRÓLOGO

Devonshire, Inglaterra

Dezembro 1813

Ao soar da última badalada, Lady Edith Pelton olhou para o imponente relógio de mogno aninhado entre duas janelas de sacada com vista para os jardins abaixo. O fogo na lareira há muito tinha se reduzido a nada além de brasas brilhantes.

Entretanto, o frio que tinha se instalado na sala não tinha sido notado.

Eu realmente devo retornar aos meus aposentos antes que Sua Graça suspeite que eu tenha escapado... antes que nosso casamento tenha sido consumado. Lady Tilda Abercorn, anteriormente Senhorita Tilda Guthton – a humilde filha de um mero baronete – pulou do sofá que ela dividia com suas queridas companheiras. Naquela mesma manhã, ela havia se casado com o Duque de Abercorn, se tornando uma duquesa.

E a inveja de suas três melhores amigas.

Edith riu junto com as outras duas mulheres, Lady Ophelia e Lady Lucianna, enquanto elas se levantavam, todas preparadas para mandar Tilda de volta ao seu leito nupcial, a seu marido e às delícias que certamente a esperavam.

Não que Edith ou suas amigas soubessem algo sobre o que esperava Tilda atrás daquelas portas fechadas; no entanto, isso não as tinha impedido de tagarelar sobre isso durante a última hora.

Elas provavelmente teriam ficado escondidas no salão se o grande relógio não tivesse batido meia-noite... e agora já passavam cinco minutos de meia-noite.

Tilda estava realmente ansiosa; ela era inocente e recatada, assim como Edith e suas duas outras amigas. Ela havia pedido a elas que a encontrassem depois que todos os demais se tivessem recolhido, não porque ela estivesse evitando seu leito nupcial – certamente não. Ela simplesmente precisava de uma dose de confiança daquelas que mais se importavam com ela.

Era escandalosamente tarde; no entanto, isso significava que todos os outros convidados já tinham ido para suas camas. Desse jeito, seria muito mais fácil para Edith e suas amigas passarem despercebidas ao ir para seus próprios aposentos. A casa às escuras deu a elas a oportunidade perfeita de ficarem a sós com Tilda por alguns momentos antes que ela partisse para a França com seu marido em sua viagem de núpcias. Era improvável que o casal retornasse antes do final da temporada.

Você vai nos contar tudo amanhã? No café-da-manhã, e nem um momento depois. Eu realmente devo saber se é tudo como me disseram. Lady Lucianna ergueu uma sobrancelha sugestivamente. Seus olhos verdes brilharam travessos enquanto ela envolvia Tilda em um abraço apertado antes de se retirar, guardando sua imagem da cabeça aos pés cobertos por meias. Você está arrebatadoramente inocente.

Edith notou um brilho desconfortável quando os suaves olhos castanhos de Tilda se arregalaram.

Tilda, com toda a sua bravata, estava petrificada.

Edith deu um passo à frente e passou os braços em torno de Tilda, assim como Luci havia feito um momento antes, afastando de sua mente a revelação de que os ombros da garota estavam tremendo de nervoso. Você é bonita. Você é inteligente. E hoje foi a forma perfeita para começar sua vida de casada. Eu só espero que Ophelia, Luci e eu sejamos abençoadas com maridos tão generosos, Edith sussurrou para sua amiga.

Obrigada, Edith. Você sempre foi uma grande amiga. Tilda se derreteu no abraço de Edith antes de se afastar. "Devo me apressar. Não vai ajudar se meu marido chegar e descobrir que eu fugi. Ele disse que chegaria à meia-noite e meia, depois de cuidar de alguns assuntos de negócios."

Luci deslizou o braço por Tilda, enquanto Ophelia pegou o livro que tinha estado lendo e o segurou junto ao peito enquanto seguia as mulheres em direção à porta.

Agora, lembre-se daquela coisa sobre a qual falamos. Aquela coisa com sua líng... Os sussurros de Luci se perderam quando as mulheres saíram do alcance de sua voz.

Eu vou apagar as velas, Edith disse enquanto as via se afastar.

Sempre a responsável, Luci disse por sobre o ombro com um sorriso.

Ophelia parou na soleira, seus longos cachos ruivos desarrumados, como sempre. Eu vou ajudá-la.

Não, pode ir, disse Edith, afastando-a com um aceno. Eu sei que você está ansiosa para voltar ao seu livro. Só vai levar alguns instantes. Eu a encontrarei em nosso quarto assim que terminar.

Se você insiste. Ophelia sorriu. Com a luz do corredor às suas costas, ela parecia um anjo com seu cabelo desgrenhado e sua pele pálida. Estou ansiosa para ver como a boa Lady Daniella escapa do pirata patife, Xavier.

Edith riu suavemente. Bem, volte para sua história.

A outra não esperou nem mais um momento, ela abriu o livro e começou a ler enquanto se virava para seguir Tilda e Luci porta afora.

Edith se apressou pela sala com o extintor de velas, e logo a sala caiu nas sombras. A única luz remanescente vinha de uma única vela acesa – e da arandela no corredor.

Segurando o castiçal, Edith se certificou de que a sala estava como elas a tinham encontrado – arrumada, sem nada fora de lugar – e se virou para fechar a porta atrás de si, suas amigas em nenhum lugar à vista.

Um grito cortou a quietude da mansão adormecida, ecoando por cada corredor e sacudindo portas fechadas.

O cabelo na nuca de Edith se levantou, e arrepios percorreram seus braços nus, enquanto o guincho sumiu, seguido pelo thump, thump, thump de algo.

Edith! gritou Lucianna. Ophelia!

Com a mão livre, Edith levantou suas saias e correu para o vestíbulo, sem se preocupar, em sua pressa, com a cera da vela que caía em sua mão desprotegida e no chão.

Edith virou no canto... e estacou, seu coração batendo quase fora do peito.

Ophelia deixou escapar um soluço enquanto seu livro caía de sua mão para o chão reluzente.

Edith deu alguns passos até parar ao lado de Ophelia. Luci estava agachada ao pé da escada, seus logos cachos negros impedindo que Edith visse sobre o que ela se ajoelhava.

Luci. Edith deu um passo na direção de sua amiga. O que –

Mas não havia necessidade de continuar. Um rastro de cabelos castanhos macios se espalhava pelo último degrau, se derramando pelo chão do vestíbulo.

Não, não, não, Edith soluçava enquanto corria adiante. Não pode ser –

Ele fez isto. O veneno na voz de Luci fez com que Edith movesse os olhos do corpo inclinado de Tilda para onde Luci estava, apontando para o alto da escada.

Seguindo a direção que sua amiga indicava, Edith estreitou os olhos para o patamar acima delas, mas não pode enxergar nada – ninguém, nenhum movimento, nenhum barulho.

Quem? Ophelia guinchou atrás dela.

Isso não importa agora, censurou Edith, correndo para o lado de Tilda. Nós devemos acordá-la, nos certificar de que ela está bem e chamar o duque – e um médico.

Não há motivos. Luci se ajoelhou perto de Edith, afastando os cabelos de Tilda de seu rosto. Ela se foi.

Olhos castanhos vazios olhavam de volta para ela

Os olhos de corça de Tilda, sempre encarando o cerne da questão, estavam vazios. O comportamento despreocupado e o otimismo que ela adorava tão desesperadamente nunca mais guiariam Edith novamente. Nunca mais Edith e sua maravilhosa amiga ririam de algum almofadinha londrino por trás de seus leques, encobertas por todas as cores das penas de um pavão, nem vagariam pelo parque, falando de assuntos muito mais delicados – seus medos, suas paixões e suas esperanças para o futuro.

Num piscar de olhos, tudo se foi; como se os últimos dezesseis anos de amizade nunca tivessem existido.

Uma vela apagada ao final de um longo dia.

Eles discutiram, Luci insistiu, agarrando o braço de Edith para evitar que ela tocasse Tilda. Ele estava lá em cima, e a empurrou. Eu juro.

Edith era incapaz de afastar os olhos de Tilda, ainda imóvel ao pé da escada. Mesmo que seus olhos não estivessem abertos, olhando o candelabro acima, Edith teria sabido que algo estava errado. A cabeça de Tilda estava erguida num ângulo estranho, e um braço estava dobrado por trás de suas costas, por baixo de seu corpo inclinado. Sua recatada roupa noturna estava enroscada entre suas pernas, suas panturrilhas calçadas com meias à mostra.

A luz inocente e intensa de Tilda tinha se apagado. Ela não tinha se desvanecido com o tempo como deveria, mas desaparecido sem aviso.

O – o – o que devemos fazer? Ophelia gemeu.

Vamos acordar a todos e contar a eles o que o duque fez! Lucianna disparou mais uma vez. Alguém deve ter ouvido a agitação.

Edith relanceou os olhos pelo vestíbulo, deserto exceto por Luci, Ophelia, Edith e, claro, Tilda. Você está certa. Eu ouvi o grito dela, e depois as pancadas – Edith se encolheu à sua escolha da palavra – enquanto ela caía.

"Ela não caiu. A voz de Lucianna se tornou histérica enquanto ela estreitava os olhos para Edith. Ela foi empurrada por Abercorn!"

O trio se levantou, encarando umas às outras. As lágrimas transbordaram e rolaram pelo rosto avermelhado de Ophelia, enquanto Luci parecia muito mais controlada. Seus olhos verdes arregalados não mostravam sinal da fonte à qual Ophelia tinha sido reduzida. Edith estava estranhamente num meio-termo – nem tomada pela dor nem completamente no comando de suas faculdades. Edith estendeu a

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O Desaparecimento de Lady Edith

4.0
1 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor