Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Alquimia Dos Óleos Essenciais
Alquimia Dos Óleos Essenciais
Alquimia Dos Óleos Essenciais
E-book120 páginas1 hora

Alquimia Dos Óleos Essenciais

Nota: 4.5 de 5 estrelas

4.5/5

()

Sobre este e-book


Óleos essenciais têm qualidade variável. Se você é um aromaterapeuta ou um consumidor, avaliar a qualidade dos óleos essenciais (EOs) não é fácil. Eles são originários de todo o mundo e empresas, ou fornecedores obtê-los de atacadistas ou agricultores cuja integridade e práticas aprenderam a confiar. O consumidor final não tem ideia e não pode avaliar essas práticas e relacionamentos.
 

IdiomaPortuguês
Data de lançamento5 de dez. de 2018
ISBN9781547561025
Alquimia Dos Óleos Essenciais
Ler a amostra

Leia mais de Adidas Wilson

Relacionado a Alquimia Dos Óleos Essenciais

Livros relacionados

Artigos relacionados

Categorias relacionadas

Avaliações de Alquimia Dos Óleos Essenciais

Nota: 4.4 de 5 estrelas
4.5/5

5 avaliações0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

    Pré-visualização do livro

    Alquimia Dos Óleos Essenciais - Adidas Wilson

    Isenção de Responsabilidade

    Aviso: as informações contidas neste livro têm apenas fins educacionais e não substituem aconselhamento, diagnóstico ou tratamento realizado por um médico credenciado. Este livro não tem como objetivo abranger todas precauções possíveis, interações medicamentosas, circunstâncias e efeitos adversos. Deve-se, prontamente, procurar cuidados médicos para quaisquer problemas de saúde e consultar um médico antes de adotar a medicina alternativa ou fazer alterações em seu regime.

    Índice

    Introdução

    1. O que é Aromaterapia?

    2. Óleos Essenciais

    3. Óleos Carreadores

    4. Difusores de Óleos Essenciais/Difusores de Aromaterapia

    5. Benefícios do Óleo de Eucalipto

    6. Benefícios da Aromaterapia

    7. Óleos Essenciais para Alívio da Dor e Inflamação

    8. Óleos Essenciais para Eczema

    9. Óleo Essencial de Cannabis

    10. Óleo Essencial de Orégano

    11. Óleo Essencial de Capim-Limão

    12. Óleos Essenciais para Combater Naturalmente as Rugas

    13. Óleos para Tratamento da Acne

    14. Óleo Essencial de Hortelã-pimenta para Crescimento Capilar

    15. Óleos Essenciais para Insônia

    16. Receitas de Óleos Essenciais para Difusor 

    17. Óleos Essenciais para Menopausa

    18. Óleos Essenciais para Tratamento da Celulite

    19. Óleos Essenciais para Tratamento de Verrugas

    20. Óleos Essenciais para Combate à Caspa

    21. Óleos Essenciais Cítricos

    22. Óleos Essenciais para Combate aos Piolhos

    23. Óleos Essenciais para Alívio da Bronquite

    24. Óleos Essenciais para Tratamento de Herpes

    25. Óleos Essenciais para Hemorroidas

    26. Óleos Essenciais para Ansiedade, Estresse e Depressão

    27. Óleos Essenciais para Congestão Sinusial

    28. Óleos Essenciais para Resfriado e Dor de Garganta

    29. Óleo Essencial de Lavanda

    30. Óleos Essenciais para o Cuidado da Pele

    31. Óleo Essencial de Hortelã-Pimenta

    32. Óleos Essenciais para Cabelos Saudáveis

    33. Óleos Essenciais para Boa Digestão

    34. Óleo de Oliva Ozonizado

    Referências

    Introdução

    Muitos profissionais de saúde dispensam o uso da Aromaterapia por considerá-la uma pseudo-ciência nova e superficial, mas ela remonta à história com uma ciência sólida para respaldá-la. Apesar de os estudos científicos da Aromaterapia terem começado somente no início do século 20, há uma história por trás disso que remonta a milhares de anos. Na China Antiga, onde se queimavam ervas específicas para o objetivo de bem-estar; na Antiga Arábia e Antigo Egito a Aromaterapia era também usada, chegando à Europa por meio dos soldados ao retornarem das Cruzadas.

    No início do Século 20, o químico francês Rene-Maurice Gattefosse começa a pesquisar os atributos químicos dos óleos essenciais. Depois de usar óleo de lavanda para auxiliar na cura de sua mão ao sofrer uma queimadura em seu laboratório, o estudo moderno da Aromaterapia se inicia.

    Os óleos essenciais são compostos aromáticos voláteis e altamente concentrados, destilados da casca, raízes, sementes, flores ou folhas das plantas. Os mais comuns são rosa, lavanda, ylang-ylang, eucalipto, alecrim, limão-siciliano, hortelã-pimenta e melaleuca. A Aromaterapia moderna envolve a aplicação tópica ou inalação de tais extratos para se alcançar bem-estar emocional e cura física.

    Os óleos essenciais são altamente recomendados por aromaterapeutas e são amplamente usados em variados tratamentos, desde resfriados a outras doenças. A maioria dos usos mais comuns dos óleos não foram provados cientificamente, nem sua eficácia cientificamente comprovada. No entanto, os óleos essenciais praticamente não apresentam riscos quando utilizados como complementares terapêuticos.

    Independentemente do modo de aplicação dos óleos essenciais, seja por inalação ou por via tópica, eles devem ser comprados somente de um fornecedor confiável. O FDA[1] regula apenas os óleos essenciais que declaram diagnosticar, atenuar, tratar ou curar determinadas condições de saúde. Os fabricantes raramente fazem tais declarações.

    Para adultos saudáveis, a inalação de óleos essenciais não representa qualquer perigo. Porém, estes óleos quando não regulamentados podem conter contaminantes prejudiciais. Busque fornecedores que garantam sua declaração de pureza com análises completas de laboratórios independentes.

    É importante salientar os cuidados que se deve ter ao utilizar óleos essenciais. Converse com seu médico antes de utilizá-los caso você tenha problemas respiratórios ou se estiver grávida. Alguns destes óleos podem afetar os hormônios, portanto, pergunte a um médico especialista sobre o uso dos óleos essenciais. Alguns dos óleos comuns não recomendados para mulheres grávidas incluem tomilho, sálvia, hortelã, alecrim, gengibre, erva-doce, cravo, camomila, canela e manjericão, entre outros.

    Os óleos essenciais podem aumentar os espasmos das vias aéreas em asmáticos. Vários sites na Internet incentivam o uso de óleos essenciais para o tratamento da asma em adultos e crianças. Pacientes com asma experimentaram alívio depois de usar certos óleos. No entanto, muitos médicos desaprovam porque nenhuma pesquisa científica foi realizada para descartar-se quaisquer perigos no uso dos óleos. Além disso, há muitas evidências que mostram que alguns óleos essenciais específicos contribuem para os sintomas da asma, principalmente em crianças.

    Muitos óleos essenciais não têm efeito quando aplicados de forma tópica, mas algumas pessoas podem sofrer reações alérgicas. Por medida de segurança, sempre aplique o óleo em apenas uma pequena parte da pele para testá-lo.

    Óleos essenciais são inofensivos. Por favor, procure aconselhamento de um profissional antes de usá-los. Seja cauteloso e aproveite com segurança os óleos essenciais.

    Capítulo 1

    O Que É Aromaterapia?

    A Aromaterapia aplica óleos vegetais voláteis para o bem-estar físico e psicológico. Dentre estes óleos incluem-se os óleos essenciais, que provam trazer benefícios físicos e mentais quando utilizados de forma segura e correta.

    Existem mais de 90 óleos essenciais, que nos trazem benefícios. Hidrolatos, Absolutos e CO2 também são comuns na Aromaterapia. Apesar do fato de absolutos, extratos de CO2 e óleos essenciais serem destilados usando variadas técnicas, o termo óleo essencial é frequentemente usado como um termo geral para se referir a todos os óleos vegetais voláteis e aromáticos, incluindo CO2 e absolutos.

    Além de óleos essenciais, a Aromaterapia apoia a utilização de outros ingredientes naturais como jojoba (cera líquida), leite em pó, ervas, óleos vegetais prensados, hidrossóis, açúcares (esfoliante), lama, argila e sais marinhos para fins complementares.

    Produtos que contêm ingredientes sintéticos são veementemente reprovados na Aromaterapia holística. É importante saber que os óleos perfumes (óleos de fragrância, mas comumente conhecidos como fragrância) não são óleos essenciais. Os óleos perfumes e fragrâncias contêm produtos químicos sintéticos; não oferecem os benefícios terapêuticos que os óleos essenciais oferecem.

    Atenção, consumidor: Nos Estados Unidos não há nenhuma

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1