Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual

Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual

Ler a amostra

Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual

Duração:
170 páginas
2 horas
Lançados:
1 de jan. de 2016
ISBN:
9788547300319
Formato:
Livro

Descrição

O tema da inclusão laboral de pessoas com deficiência tem ganhado relevância nas últimas décadas no cenário brasileiro. Acompanhando uma tendência mundial, desde a década de 90, o Brasil, por meio de políticas públicas, busca a construção de uma escola que esteja aberta à diversidade. Nesse contexto, incluem-se as pessoas com deficiência intelectual que, historicamente, sempre estiveram alijadas do processo de escolarização formal.

Não obstante, a escolarização e inclusão laboral desses alunos têm sido alvo de estudos e pesquisas, objetivando favorecer esses processos. A presente obra trata de uma experiência de investigação relacionada à profissionalização de jovens e adultos com deficiência intelectual, desenvolvida em uma escola especial.

O livro discorre sobre quem são os alunos com deficiência intelectual, suas especificidades e necessidades de apoio para o seu desenvolvimento. Trata, também, da formação de profissionais docentes e de apoio no sentido de favorecer o processo vida pós-escola, além de apresentar um caminho cujo foco é a formação profissional desses alunos, entendendo que esse é um processo que deve ser iniciado na escola.

A motivação maior é a expectativa de que o conhecimento aqui presente possa contribuir para a aquisição de novas aprendizagens, para o autodesenvolvimento de estudantes e de profissionais da área, tanto na formação inicial quanto na formação continuada.
Lançados:
1 de jan. de 2016
ISBN:
9788547300319
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual

Livros relacionados

Amostra do livro

Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual - Cristina Mascaro

Editora Appris Ltda.

1ª Edição – Copyright© 2016 dos autores

Direitos de Edição Reservados à Editora Appris Ltda.

Nenhuma parte desta obra poderá ser utilizada indevidamente, sem estar de acordo com a Lei nº 9.610/98.

Se incorreções forem encontradas, serão de exclusiva responsabilidade de seus organizadores.

Foi feito o Depósito Legal na Fundação Biblioteca Nacional, de acordo com as Leis nºs 10.994, de 14/12/2004 e 12.192, de 14/01/2010.

COMITÊ CIENTÍFICO DA COLEÇÃO EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS: DIVERSIDADE DE GÊNERO, SEXUAL, ÉTNICO-RACIAL E INCLUSÃO SOCIAL

Este livro é dedicado a todos os profissionais da Educação que participam ativamente da construção de uma escola para todos, assim como a todos os alunos da Educação Especial.

AGRADECIMENTOS

Agradeço a minha família, amigos e companheiros de estudos e de profissão pela parceria que tornou possível a concretização desta obra.

Aos participantes do estudo e a todos aqueles que estiveram direta ou indiretamente envolvidos neste projeto, meus sinceros agradecimentos.

Nós temos que atuar nas instituições existentes, impulsionando-as dialeticamente na direção de novos objetivos. Do contrário, ficaremos inutilmente sonhando com instituições ideais.

(SAVIANI, 1993, p. 72)

APRESENTAÇÃO

Este livro se insere na temática da inclusão profissional de alunos jovens e adultos com deficiência intelectual na atualidade. A inclusão de pessoas com deficiência já é um fato na realidade contemporânea, tanto no âmbito educacional quanto no âmbito laboral. Incluir é muito mais do que inserir esse público nos espaços escolares ou laborais, envolve ações que permitam uma real interação entre os envolvidos nesses espaços.

O ingresso no mercado de trabalho, sob diferentes condições, é uma etapa determinante no processo de amadurecimento de qualquer jovem. Mas, no caso de jovens com deficiências, que em grande parte encontra dificuldades em sua escolarização, o ingresso demanda ações educativas mais pontuais nos programas e serviços educacionais que atendem a esse público.

É importante que as escolas promovam uma formação que oportunize aos seus alunos uma provisão de serviços de qualidade voltados para inclusão no mundo do trabalho e na vida social adulta, de modo geral. Nesse sentido, a preparação profissional deve ocorrer enquanto o jovem ainda esteja na escola, independentemente do espaço onde aconteça a escolarização, seja em escola comum ou em uma instituição especializada.

A obra trata de um estudo que teve como objetivo analisar a proposta de um curso de capacitação profissional para alunos com deficiência intelectual numa escola especial, cujos objetivos foram: analisar o desenvolvimento social e o desempenho dos alunos nas atividades do curso; investigar as expectativas dos alunos e seus familiares em relação ao papel da escola especial no contexto da capacitação profissional; compartilhar o conhecimento produzido na escola especial e na universidade sobre alternativas pedagógicas para o ensino de alunos com deficiência intelectual.

A leitura do presente livro levará o leitor a refletir sobre a urgência na mudança de paradigmas, no que se refere à inclusão de alunos com deficiência intelectual no mundo do trabalho.

PREFÁCIO

Um dos maiores desafios no cenário educacional brasileiro nas últimas décadas tem sido o movimento pela inclusão escolar de alunos com deficiências. A Educação Inclusiva demanda que as escolas se transformem em espaços que respeitem as diferentes formas de ser, ritmos e estilos de aprendizagem que os alunos apresentam. A inclusão escolar implica não somente no acesso de todos os alunos à escola, mas também que estes participem das atividades propostas e, principalmente, que construam conhecimento. A escola inclusiva é, por definição, uma escola aberta e respeitosa da diversidade, com um olhar atento e diferenciado para os alunos que apresentam necessidades educacionais especiais.

O presente livro relata uma pesquisa que teve como foco alunos com deficiência intelectual. Vale ressaltar que embora constituam um grupo heterogêneo, esses indivíduos apresentam como característica comum um atraso, em maior ou menor grau, no desenvolvimento cognitivo e no ritmo de aprendizagem e amadurecimento psicossocial – de modo geral –, sendo considerados, portanto, alunos especiais e, historicamente, encaminhados às chamadas classes ou escolas especiais.

A Legislação atual garante a todos os alunos, independentemente de sua condição, o ingresso em uma escola comum, recebendo, no caso dos que apresentam necessidades educacionais especiais, suporte da Educação Especial em sua escolarização. Entretanto, os casos de jovens e adultos com deficiência intelectual, sobretudo com maior comprometimento, demandam percursos educacionais diferenciados, dada a dificuldade de inclusão efetiva em escolas comuns. Diferentes fatores contribuem para tal situação, entre os tais destacam-se a idade avançada, que não permite um agrupamento coetâneo nas turmas; a defasagem na alfabetização; e outros conhecimentos acadêmicos para acompanhar a proposta pedagógica da escola.

A presente obra Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual originou-se, justamente, na busca por alternativas de atendimento que contemplasse as demandas desse grupo de alunos. O estudo teve como objetivo a análise de um curso de capacitação profissional para alunos com deficiência intelectual realizado no espaço de uma escola especializada. Entre outras considerações, a pesquisa mostrou a relevância de uma proposta educacional diferenciada para esse alunado. Também vale ressaltar, o investimento pessoal da professora regente do curso ao buscar formação continuada para ensinar em um novo contexto, bem como a iniciativa da escola especial ao buscar parcerias para ampliar seu escopo de atuação.

O êxito da proposta de formação para Auxiliar de Serviços Gerais, certamente, foi alcançado pela metodologia empregada – como resultado, as ações de formação tinham funcionalidade. Ou seja, os aprendizes não eram somente treinados para exercer determinadas tarefas, mas para atuarem ativamente em ambientes reais de aprendizagem.

Como parte dos procedimentos, a escuta dos alunos e de seus familiares colaborou para proposição de novas ações no campo investigado. Foram desvelados pontos cruciais no desenvolvimento de propostas de trabalho necessárias no contexto atual com esses alunos, tais como: a interação e a parceria com as famílias, envolvendo suas dúvidas e questionamentos sobre direitos e condições de seus filhos enquanto futuros trabalhadores; e o investimento em propostas educacionais individualizadas. Também ficou patente a importância da implementação de programas no cotidiano da formação, que tenham como foco o desenvolvimento da autogestão e consciência crítica desses alunos, incentivando-os a expressar e fazer valer suas vontades e necessidades.

Tenho certeza que a experiência aqui relatada e os resultados alcançados contribuirão para a produção de conhecimento sobre práticas educacionais para alunos com deficiência intelectual, bem como para enriquecer a formação inicial e continuada de professores e demais profissionais que atuam com esse público.

Profª Drª Rosana Glat

Diretora

Faculdade de Educação

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

SUMÁRIO

CAPÍTULO 1

EDUCAÇÃO ESPECIAL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UM DIÁLOGO NECESSÁRIO 

1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO 

1.2 BREVE TRAJETÓRIA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO BRASIL

1.3 EDUCAÇÃO ESPECIAL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA 

CAPÍTULO 2

O ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E O PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO 

2.1 A ESCOLA E O ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: POSSIBILIDADES E NECESSIDADES 

2.2 INCLUSÃO LABORAL DE ALUNOS COM DEFICÊNCIA INTELECTUAL: PERCURSO QUE SE INICA NA ESCOLA

CAPÍTULO 3

INCLUSÃO LABORAL: UM CAMINHO POSSÍVEL PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NOS PRESSUPOSTOS DA PESQUISA-AÇÃO

3.1 PARTICIPANTES 

3.1.1 CARACTERIZAÇÃO DOS SUJEITOS 

3.2 DELINEAMENTO DA INVESTIGAÇÃO 

3.2.1 PROCEDIMENTOS DE COLETA DE DADOS 

CAPÍTULO 4

RESULTADOS DA PROPOSTA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: PERCURSO DE UMA INVESTIGAÇÃO

4.1 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO CURSO DE CAPACITAÇÃO 

4.1.1 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 

4.2 PERSPECTIVAS DO ALUNO E SEU FAMILIAR A RESPEITO DO CURSO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL 

4.2.1 O QUE REVELAM AS ENTREVISTAS COM OS RESPONSÁVEIS 

4.2.2 O QUE REVELAM AS ENTREVISTAS COM OS ALUNOS 

4.3 APRENDER A ENSINAR EM NOVOS CONTEXTOS 

4.3.1 O PROCESSO DE FORMAÇÃO DA PROFESSORA PARA ATUAR NA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

4.3.2 A PARCERIA COM A EMPRESA NA PROPOSTA PEDAGÓGICA 

4.3.3 ENCONTROS DA PESQUISADORA E A PROFESSORA 

4.3.4 O DESENVOLVIMENTO DA PROPOSTA DO PLANO INDIVIDUALIZADO

CAPÍTULO 5

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Inclusão e profissionalização do aluno com deficiência intelectual

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor