Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Os sociólogos

Os sociólogos

Ler a amostra

Os sociólogos

Duração:
137 páginas
1 hora
Lançados:
1 de jan. de 2015
ISBN:
9788581925295
Formato:
Livro

Descrição

Nas universidades brasileiras, ano após ano, formam-se os mais diversos profissionais. Quem se preocupa em saber o que eles fazem uma vez formados, qual o seu grau de satisfação em relação ao trabalho que desempenham e à formação recebida, qual a efetiva contribuição que dão à sociedade, quais as sugestões que dariam para melhorar a formação dos novos profissionais, se consultados fossem? Assume-se que formar profissionais e realizar pesquisas de forma rotineira é suficiente.
O sociólogo Pedro Arturo Rojas Arenas não se satisfez com esse pressuposto. Ele quis saber mais sobre a carreira profissional dos bacharéis em sociologia egressos da UFC entre 1980 e 1990. Os resultados da pesquisa do prof. Arenas são apresentados neste instigante livro.
O livro do professor Arenas é uma contribuição relevante ao conhecimento dos sociólogos da UFC e traz elementos para uma revisão dos cursos de ciências sociais.

André Haguette
Ph. D. em Sociologia da Universidade de Syracuse (USA)
Professor Titular do Departamento de Ciências Sociais
da Universidade Federal do Ceará, UFC.
Lançados:
1 de jan. de 2015
ISBN:
9788581925295
Formato:
Livro


Relacionado a Os sociólogos

Livros relacionados

Artigos relacionados

Amostra do livro

Os sociólogos - Pedro Arturo Rojas Arenas

Editora Appris Ltda.

1ª Edição – Copyright© 2015 dos autores

Direitos de Edição Reservados à Editora Appris Ltda.

Nenhuma parte desta obra poderá ser utilizada indevidamente, sem estar de acordo com a Lei nº 9.610/98.

Se incorreções forem encontradas, serão de exclusiva responsabilidade de seus organizadores.

Foi feito o Depósito Legal na Fundação Biblioteca Nacional, de acordo com as Leis nºs 10.994, de 14/12/2004 e 12.192, de 14/01/2010.

COMITÊ CIENTÍFICO DA COLEÇÃO CIÊNCIAS SOCIAIS

"Considerai as necessidades da época em que viveis e concentrai vossas

deliberações sobre suas exigências e requisitos".

Bahá’u’lláh

Aos meus colegas brasileiros e colombianos, sem dúvida,

distintos representantes do artesanato intelectual na

sociologia latino-americana contemporânea.

AGRADECIMENTOS

Este livro não teria sido possível sem a colaboração que deram: minha amada esposa Maria Valdelina Pereira Rojas Arenas; o Professor Doutor André Haguette, orientador da minha Dissertação de Mestrado em Sociologia e pioneiro na conquista de um espaço próprio para a sociologia na Universidade Federal do Ceará; a prezada colega Maria Neuma Pereira Lopes, do Curso de Ciências Sociais da Universidade Estadual do Ceará; Maria José Ferreira Gomes, responsável pela digitação do texto original; o Aembere e a Socorrinha, funcionários do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFC; os Ilmos. Professores Doutores: Manfredo de Oliveira, Maria Sylvia Porto-Alegre, Irlys Barreira, Linda Gondim, Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes, Elza Braga e a distinguida professora Irlys Mayorga, do Departamento de Economia Agrícola, da Universidade Federal do Ceará, pelos enriquecedores comentários teóricos e metodológicos; os trinta e seis bacharéis em Ciências Sociais que pacientemente responderam a minhas indagações durante a realização das entrevistas; o Professor Doutor Carlos Antonio López Ruíz, Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, pela sua atenção e pelo comentário instigante na primeira edição do livro publicado pela Coleção Mossoroense em 2005. Devo expressar minha gratidão, também, a Marilene Santos de Araújo, bibliotecária da UERN; a todos os colegas do Departamento de Ciências Sociais e Política, em particular ao prezado professor Mestre Juarez Antunes e à professora Doutora Karlla Christine Araújo, pela sua sincera amizade; aos mais recentes e caros amigos da Editora APPRIS: Augusto Vidal, Marli Caetano, Marta Zanatta e Polyanna da Cruz.

PREFÁCIO

A Universidade é por excelência o lugar da pesquisa em todos os campos da atividade humana. Se a universidade brasileira desempenha cada vez mais e melhor sua função de pesquisa em todos os setores passíveis de pesquisa científica, ela está ainda muito pouco inclinada a tomar a si mesma como objeto de pesquisa. O olhar da universidade é quase sempre um olhar sobre os outros, para fora; raramente ela olha para dentro. Ela se dá por satisfeita em reproduzir-se. Ela costuma ser cega e conservadora em relação a si mesma. Por isso mesmo ela não cultiva a pesquisa institucional.

A Análise Institucional, nos dizeres de Teresa Maria Frota Haguette, uma das poucas sociólogas a pesquisar a universidade:

é um tipo de investigação que muito se assemelha a um diagnóstico, embora, enquanto terminologia, esteja hoje gozando de uma reputação que a coloca como uma atividade das mais sérias e importantes, especialmente quando relacionada a instituições de ensino como as Universidades e as Secretarias de Educação. Isto porque chegou-se à triste conclusão de que os indivíduos e grupos que compõem o perfil desses órgãos na verdade desconhecem-nos, ou seja, no máximo conseguem perceber de forma míope o que se passa no âmbito restrito de sua atuação. Em consequência, aos detentores dos cargos de direção superior ou do primeiro escalão, falta visão de totalidade, como diria Marx, pois o conhecimento lhes chega fragmentado, incompleto e, muitas vezes, incorreto (Memórias das Ciências Sociais na UFC, Edições UFC, 1991, p. 10).

Poder-se-ia acrescentar que, por se assemelhar a um diagnóstico, a principal motivação da pesquisa institucional é a vontade de atualizar-se, de reformar-se, de mudar, vontade que geralmente falta à universidade, seja por corporativismo, acomodação ou simplesmente devido à sua fragmentação em centros, faculdades e departamentos, o que provoca uma grande variedade de situações,

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Os sociólogos

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor