Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O professor de língua inglesa: novos rumos para o curso de licenciatura

O professor de língua inglesa: novos rumos para o curso de licenciatura

Ler a amostra

O professor de língua inglesa: novos rumos para o curso de licenciatura

Duração:
228 páginas
4 horas
Lançados:
1 de jan. de 2016
ISBN:
9788581929965
Formato:
Livro

Descrição

Nem sempre a escola regular é capaz de ofertar a disciplina de Língua Inglesa com qualidade, o que influencia fortemente a forma negativa com que o ensino e a aprendizagem dessa disciplina são vistos pelos alunos e pelos próprios professores, gerando e cristalizando a crença de que "só se aprende Inglês em cursos de idioma ou fora do país".

Esta obra investiga o impacto das disciplinas de conteúdos específicos e das disciplinas de formação pedagógica para a formação do futuro professor de Língua Inglesa, perpassando ainda a questão do Estágio Supervisionado, que será apontado como parte integrante, mas não única, da formação do professor. Dessa forma, busca-se analisar qual a contribuição dos conhecimentos recebidos durante o curso de licenciatura para a prática pedagógica.
Lançados:
1 de jan. de 2016
ISBN:
9788581929965
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a O professor de língua inglesa

Livros relacionados

Amostra do livro

O professor de língua inglesa - JEAN PAULO BERNARDO

Editora Appris Ltda.

1ª Edição – Copyright© 2016 dos autores

Direitos de Edição Reservados à Editora Appris Ltda.

Nenhuma parte desta obra poderá ser utilizada indevidamente, sem estar de acordo com a Lei nº 9.610/98.

Se incorreções forem encontradas, serão de exclusiva responsabilidade de seus organizadores.

Foi feito o Depósito Legal na Fundação Biblioteca Nacional, de acordo com as Leis nºs 10.994, de 14/12/2004 e 12.192, de 14/01/2010.

COMITÊ CIENTÍFICO DA COLEÇÃO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

À minha esposa, Mônica, pelo amor, incentivo e paciência nos momentos difíceis durante toda minha caminhada.

Mulher inteligente, bonita e carinhosa

Onde quer que eu vá está sempre ao meu lado

Nunca diz não e prefere dizer faça, você é capaz!

Incentivar meus sonhos para ela é um prazer

Consciente, dinâmica, racional e emocional

Amor da minha vida hoje, amanhã e sempre!!!!

AGRADECIMENTOS

Agradeço a Deus, pelo dom de ensinar.

Ao Programa de Pós-graduação em Educação – Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Tuiuti do Paraná.

À Profª. Drª Ariclê Vechia, pelo conhecimento, confiança, incentivo e paciência.

Às professoras Esther Beatriz de Vasconcelos Pedroso, minha ex-diretora, e Rita de Cássia Oliveira do Carmo Alves, minha diretora atual, pela compreensão, diálogo e ajuda pontual.

Às professoras Joana Paulin Romanowski e Pura Lúcia Oliver Martins, pela oportunidade de compartilhar o conhecimento.

A todos os professores que contribuíram com minha formação.

Agradeço, em especial, à minha família, pelo amor e incentivo.

Aos irmãos Emílio Bernardo Mantovani e Analice Xavier Lopes, pelo carinho e incentivo.

Aos meus pais, Orlando Xavier (in memoriam) e Air Bernardo Xavier, pelo amor, paciência e apoio incondicionais.

A todos os alunos das escolas públicas e particulares onde trabalhei e, em especial, aos alunos das escolas onde leciono, pela confiança e entusiasmo pelo trabalho realizado em sala de aula, o que muito contribui para o aprimoramento de minha prática pedagógica.

Aos amigos que, percebendo meu entusiasmo, incentivaram-me a prosseguir.

Enfim, a todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para a construção de meu conhecimento e experiência profissional, meus sinceros agradecimentos.

Mestrado em Educação: Universidade Tuiuti do Paraná

26 de Setembro de 2011

Da esquerda para a direita: Prof. Dr. Geyso Dongley Geminari, Profª. Drª. Ariclê Vechia, Prof. Jean Paulo Bernardo Xavier, Profª. Mônica Cinara Oliveira Moreira Xavier e Profª. Drª. Joana Paulin Romanowski

I’M A TEACHER

¹

By: Jean Xavier

I’m a teacher

not only from books,

from reading,

and from writing

but also from learning from my students.

I’m a teacher

from taking care of my students

from loving them,

and most important understanding them.

Understanding their thoughts,

their reasons,

their feelings

and their desires.

Understanding they are diverse,

They have knowledge, power, interests and attitudes.

I’m a teacher

from helping them learn,

from empowering them,

from showing them the important values of life.

I`m a teacher

that believe if I can empower the new generation of diverse students.

I’m a teacher

that can offer my students a new way to see and be in the world!

SOU PROFESSOR

por Jean Xavier

Sou Professor não apenas dos livros,

das leituras

e da escrita,

mas também de aprender junto com meus alunos.

Sou Professor,

Um Professor que cuida dos alunos,

Que os adora

E o mais importante, que os compreende.

Entende deus pensamentos,

Suas razões,

Seus sentimentos

Seus desejos e anseios.

Compreende suas diversidades,

Entende que eles possuem conhecimento, poder, interesses e atitudes.

Sou Professor,

Um professor que os ajuda a aprender,

Que os incentiva sempre,

Mostrando a importância dos valores da vida.

Sou Professor,

E acredito que posso dar poderes

A essa nova geração tão diversa.

Sou Professor,

Um Professor que pode mostrar a esses jovens um novo modo de ver,

Entender e estar nesse mundo!

PREFÁCIO

O propósito deste livro é colocar em debate uma pesquisa, gerada a partir da prática de ser professor, para refletir sobre as possibilidades de novos caminhos na realização da formação docente de Língua Inglesa. Com efeito, é um livro que aborda o processo de formação inicial de professores da educação básica em curso de licenciatura de Letras, considerando os estudos realizados por Jean durante o mestrado em Educação, com a finalidade de apontar novos rumos para o curso de licenciatura.

No estudo realizado, Jean assumiu como objetivo investigar o processo de formação inicial dos alunos do curso de licenciatura em Letras-Anglo e Respectivas Literaturas, em uma instituição de ensino superior localizada no litoral do estado do Paraná, buscando entender uma situação em específico que se assemelha com as demais instituições que formam professores.

Desse modo, não se trata apenas de publicar a pesquisa, mas de ousar indicar rumos para uma proposta que supere lacunas existentes na formação inicial de professores de Língua Inglesa. Há certo tempo, na década de 1980, Candau (1988) escolheu o título Novos rumos para a licenciatura para divulgar uma significativa pesquisa sobre os cursos de licenciatura dos quais participaram muitos pesquisadores. Desde sua publicação, esta pesquisa proporcionou indicações para estudos e proposições para os cursos de licenciatura, como lembra Ludcke (2009), pois procurou ser especialmente sensível à expectativa dos profissionais mais envolvidos com as áreas específicas de conhecimento. Além disso, aquela pesquisa trouxe constatações, críticas e propostas válidas em grande parte até o presente. Posso dizer com ousadia que a pesquisa agora publicada neste livro busca seguir essa esteira de preocupação com a formação de professores.

O livro torna pública a pesquisa realizada no curso de licenciatura. Durante a investigação, foram entrevistados professores de Língua Inglesa que manifestaram sua avaliação do que é necessário para a sua formação. Entre as categorias foram ressaltadas como relevantes a formação pedagógica e o estágio. Os professores dizem que esses dois campos de disciplinas carecem de ampliação e aprofundamento, de modo a tornar a formação um processo de identidade com a docência. E a isso se acresce a valorização da formação para o trabalho do professor com a diversidade e com as necessidades especiais.

Além das entrevistas, o estudo buscou analisar a composição e organização curricular constatando o aumento de carga horária em algumas disciplinas devido ao ajuste do curso às mudanças definidas nas resoluções do Conselho Nacional de Educação para os cursos de licenciatura. Desse ponto de vista, as alterações incidem em disciplinas pedagógicas, tais como Metodologia de Ensino, Didática e Estágio. Todavia, o autor destaca que a ampliação da quantidade de aulas não é garantia de maior solidez no processo de formação docente.

Na perspectiva da carga horária, o estudo denuncia a diminuição do número de aulas de Língua Inglesa na educação básica, fato que acarreta a diminuição da atratividade para os jovens seguirem a carreira de professor. Uma carreira pouco atrativa, considerando sua renumeração, valorização e reconhecimento social. E ainda, com poucas condições de realizar um bom trabalho devido às circunstâncias de se efetivar o ensino da língua em tempo reduzido, poucos escolhem essa profissão.

Vale ressaltar os indicativos para uma proposta de curso de licenciatura que, para formar professores, favoreça o contato com a prática docente, aproximando a universidade da escola, e desse modo possa: (I) realizar um o estágio para além de observar aulas; (II) desenvolver uma formação para o ensino de Língua Inglesa que permita aos estudantes se apropriarem de conhecimentos de uma metodologia de ensino que aproxime o professor de seus alunos; (iii) vivenciar uma avaliação que não se limite à reprodução do conteúdo ensinado.

Chama a atenção, no estudo realizado, que os professores de Língua Inglesa buscam na sua formação construir um sólido domínio desse idioma, pois procuram o curso justamente por gostarem e pela expectativa de aprender inglês. Exatamente, esses professores que gostam de inglês apontam como necessária uma formação pedagógica para se tornarem professores, pois concebem que saber inglês é fundamental para ensinar esse idioma, condição da docência em língua estrangeira moderna.

A valoração da experiência no processo de ser professor de inglês é evidenciada no decorrer do livro, entendendo que a formação em língua estrangeira não ocorre apenas durante o curso de licenciatura. Essa formação resulta de articulação da vida pessoal do professor com as atividades que realiza envolvendo essa língua, não apenas no magistério. No entanto, o autor reconhece a licenciatura como momento privilegiado para essa formação. Uma formação que inclui o aprendizado da língua, da literatura, da cultura, do contexto de fala, da leitura, da escrita e de seu ensino.

Sobre a disciplina de didática, o livro assume uma perspectiva de sua defesa no processo de formação de professores. Jean realiza um longo e denso estudo com base em autores da área, justificando a inclusão da disciplina de Didática associada à prática docente. Uma didática em perspectiva humanista [...] deve ser centrada no processo de aquisição de atitudes tais quais: calor, empatia, consideração positiva incondicional. A investigação realizada mostrou que:

Na visão dos professores entrevistados, essa perspectiva foi deixada de lado no curso de licenciatura, e apenas as questões técnicas do como fazer, o que fazer, mesmo que limitadamente, foram focalizadas para serem ensinada durante o curso.

Em nossas pesquisas sobre os cursos de licenciatura, a formação em didática dos professores incide a respeito dessa denúncia, pois ao se realizar a crítica em relação à sua abordagem ocorreu uma resposta de fuga do enfrentamento do problema subtraindo a disciplina didática dos cursos de licenciatura. Nesse sentido, este livro mantém a denúncia, com base em testemunhos dos professores, os quais dizem que essa disciplina foi abordada numa perspectiva desarticulada da prática. Respondendo a essa questão, o livro aponta para uma didática que fundamente a compreensão do processo de ensino e aprendizagem, articulada à prática docente, considerando os fins educativos e sociais da educação.

Além de Didática, o estudo avalia como indispensável a disciplina de Metodologia de Ensino de Língua Inglesa, concebida como conhecimento substantivo nos cursos de licenciatura em Letras.

Ao conjunto dessas ponderações o autor manifesta o entendimento de que a formação de professores é um processo complexo que deve ser desenvolvido a longo prazo e em um movimento contínuo, para superar uma formação imediatista e limitada. Sustenta uma formação construída em permanente relação com a prática pedagógica, fortalecida durante os estágios, concretizada no exercício profissional, tomando a experiência como ponto de partida da reflexão crítica.

No caso do curso examinado, foi apontado que as dificuldades da formação inicial são ampliadas por insuficiência de condições pedagógicas e estruturais para o desenvolvimento do curso com as qualidades necessárias.

Ao térmico do livro, as proposições direcionam-se às sugestões de melhorias, de mudanças, tanto para o processo de formação realizado como para a abordagem metodológica das disciplinas, para a composição curricular e também para as condições institucionais. Evidentemente, essas mudanças e melhorias carecem de apoio da mantenedora, no caso o governo paranaense.

Ainda, cabe distinguir que as reflexões sobre a articulação do curso de licenciatura com a escola, da formação teórica com a prática e da relação entre formadores, licenciandos e professores da escola básica, especialmente na realização do estágio curricular, são fundamentais para os cursos de licenciatura.

Destaco que o autor Jean Paulo Bernardo Xavier é assumidamente um professor comprometido, que pesquisa, estuda, aperfeiçoa-se. Um professor "não apenas dos livros, das leituras e da escrita, mas também de aprender junto com seus alunos, que cuida, incentiva, acredita no jovem, na educação e na vida". Um professor do Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes Morozowski, em Paranaguá, no litoral, selecionado recentemente junto com outros quatro docentes brasileiros para a etapa internacional do Programa Líderes em Educação (International Leaders in Education Program – ILEP, 2016). Um professor que permanece fiel ao juramento de ser professor:

ensinar com lealdade, integridade e honestidade os ensinamentos humanos e científicos que façam dos jovens a mim confiados profissionais e cidadãos conscientes, responsáveis e inteligentes. Se criar Homens eu conseguir / sentir-me-ei realizado.

Assim, ao finalizar este prefácio, parabenizo e aplaudo Jean pelo livro, uma empreitada desafiadora e corajosa, bem como almejo a continuidade de êxito e sucesso em sua carreira profissional. Espero sinceramente que este livro lhe traga contribuições para reflexões e novas pesquisas para o processo de formação nos cursos de licenciatura, bem como novas conquistas de alegria e de realização.

Quero expressar meus agradecimentos pelo honroso convite em prefaciar esta obra. Com certeza, este livro é uma contribuição ao campo da formação de professores e para professores formadores em cursos de licenciatura. Convido para a leitura, discussão e novas proposições.

Muito obrigada!

Curitiba, 13 de setembro de 2016

Joana Paulin Romanowski

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo

APRESENTAÇÃO

Este livro aborda o processo de formação inicial dos alunos do curso de licenciatura em Letras – Anglo e Respectivas Literaturas –, e busca investigar qual o impacto das disciplinas de conteúdos específicos e as disciplinas de formação pedagógica para a formação do futuro professor de Língua Inglesa, perpassando ainda pela questão do Estágio Supervisionado, que será apontado aqui como parte integrante, mas não única, para a formação do professor.

Vários estudos apontam que a melhoria do ensino não depende apenas do fator formação do professor, mas ela demanda professores cada vez mais preparados para atuarem em um contexto sociocultural em constante mudança.

Embora se entenda que a formação do professor não é realizada apenas por meio da conclusão de um curso de

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O professor de língua inglesa

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor