Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O que é xadrez

O que é xadrez

Ler a amostra

O que é xadrez

Duração:
69 páginas
59 minutos
Editora:
Lançados:
8 de set. de 2017
ISBN:
9788511350678
Formato:
Livro

Descrição

Este livro é um convite para percorrer um cenário tipicamente medieval, onde peões, reis, damas, bispos e cavalos são personagens de um jogo milenar.

Conheça a história do xadrez e as relações dele com a política, a educação, a matemática, a música, a psicologia e as artes.

Aceite o desafio: vamos ao jogo!
Editora:
Lançados:
8 de set. de 2017
ISBN:
9788511350678
Formato:
Livro


Relacionado a O que é xadrez

Livros relacionados

Amostra do livro

O que é xadrez - Pedro Sérgio dos Santos

Assis

Início de jogo

Ver o mundo em preto e branco. A simples colocação de uma frase como essa pode nos dar a impressão de monotonia; afinal, quem pode negar a beleza das cores? No entanto, há uma janela pela qual podemos olhar o mundo, que mesmo tendo apenas duas cores – preto e branco – nos oferece a multiplicidade de perspectivas, um verdadeiro caleidoscópio de ideias. Essa janela tem um nome: xadrez.

Combinações lógicas infinitas, como arte e história, são algumas das diversas possibilidades que o xadrez nos aponta para que possamos conhecer partes importantes das culturas oriental e ocidental dos dois últimos milênios.

Há quem acredite que o xadrez seja uma espécie de seita ou, pelo menos, uma atividade tão hermética que só os gênios conseguem penetrar no reino dos tabuleiros.

Partidas que demoram dias para terminar, rostos sisudos diante dos tabuleiros que transmitem o silêncio da sala de competição até por fotografias de jornal, ou notícias como Fulano recebe da Fide, aos 14 anos, o título de Grande Mestre Internacional de Xadrez são exemplos de fatos e notícias que muito contribuem para afastar do xadrez aqueles que se veem apenas como simples mortais. Dessa forma, o xadrez passou a conviver com preconceitos e mitos que o colocaram num pedestal diante do povo, restrito somente a uma suposta elite de intelectuais.

É importante lembrar que, além de funcionar como um excelente canal para o conhecimento de outras áreas do saber, o lado lúdico do xadrez é sempre encantador e sedutor como lazer inteligente e que nos desafia. Um desafio que nos coloca mais diante de nós mesmos, de nossas capacidades e limitações, do que numa posição de enfrentamento com o adversário.

Bem próximo ao nosso mundo, ao nosso dia a dia, às nossas atividades lógicas e, quem sabe, psicológicas, o xadrez está aí, aberto a qualquer um que aceite, de início, o desafio do (re)conhecimento próprio. Vamos ao jogo?

História ou estórias?

Ao falarmos sobre a origem, sobre o nascimento do xadrez, é necessário antes de tudo que esclareçamos um pequeno problema. Neste momento estamos diante de dois caminhos que abordam o xadrez e sua gênese: o caminho da história e o das estórias.

Tanto para a ciência histórica quanto para as lendas, ficções e fábulas, o mestre Aurélio recomenda que se use apenas a grafia história, deixando de lado o termo estória; porém, no nosso caso, com relação ao xadrez, usaremos inicialmente as duas grafias.

No campo das estórias, são inúmeras as lendas que relatam o surgimento do xadrez, e normalmente não nos é possível identificar os autores de tais narrativas; o fato é que tais lendas existem e não deixam, do seu ponto de vista, de ter certa lógica.

Há quem aponte o rei Salomão como o inventor do xadrez. Embora no âmbito da lenda, essa indicação tem um mínimo de fundamento, pois, como todos sabem, essa personagem bíblica do Antigo Testamento ficou famosa pela sua sabedoria.

Outra ilustre figura a quem é atribuída a invenção do jogo de xadrez é o filósofo grego Aristóteles, que desde a Antiguidade marca o pensamento ocidental com as suas ideias.

As antigas civilizações chinesa e egípcia também são apontadas pelas lendas como o berço do xadrez e, entre tantas estórias, árabes e persas não ficam de fora.

Bem, as lendas estão aí, e não é por se tratarem de estórias que as encararemos como mentiras, pois, mesmo dentro da história do xadrez, elas estão presentes, dando aquele toque mágico e místico nesse jogo que vem de um passado longínquo.

Entre tantas estórias, uma se sobressaiu e deixou o campo das lendas para entrar no terreno da história, naturalmente amparada em alguns dados concretos. Sem indicar a data precisa, estudiosos acreditam que o xadrez tenha surgido por volta dos séculos V ou VI d.C., na Índia.

Essa versão sobre a origem do xadrez, no tocante à época e ao local, já é praticamente aceita por todos os historiadores desse jogo, porém, como já dissemos anteriormente, a lenda não se afasta muito da história. No caso da Índia, mesmo considerada pela história como pátria-mãe do xadrez, ela não se esquiva de também ter suas lendas, por sinal, muito curiosas. Vamos a uma delas.

Conta-se que certa vez o rei Ladava estava refletindo sobre sua triste vitória na guerra que seu

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O que é xadrez

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor