Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Magias do Corpo

Magias do Corpo

Ler a amostra

Magias do Corpo

Duração:
117 páginas
1 hora
Editora:
Lançados:
6 de jun. de 2016
ISBN:
9788569333661
Formato:
Livro

Descrição

Um livro de leitura rápida e leve. Elaborado para ser lido em smartphones. tablets e computadores. Com muitas ilustrações cada texto é uma visão divertida de um órgão ou função do corpo humano. Uma mistura de ciências, romance e espiritualidade.
Os dados científicos são reais e permitem que a imaginação construa as histórias. Em todas elas a comprovação do poder que existe em nosso corpo.
Descobrir o potencial que temos a nosso dispor é o começo. Valer-se desse poder é o desafio.
Viver as magias do corpo é desenvolver a percepção de novos focos energéticos.
Editora:
Lançados:
6 de jun. de 2016
ISBN:
9788569333661
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Magias do Corpo

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do livro

Magias do Corpo - Nazaré Lisboa

Coração Vivo

Sou engenheiro e faz alguns anos que trabalho no paraíso. Sei que isso parece estranho, mas existem muitos humanos vivos que trabalham aqui. Não dá para diferenciar, logo que se olha, os residentes daqueles que estão somente de passagem. Mas eu vim parar aqui por indicação de um amigo meu, o Pedro. Ele trabalha na manutenção dos portões e me contou que tem muitos pedros trabalhando na portaria, inclusive o chefe deles. Ele me disse ainda que, por causa do aumento da demanda, foi necessário criar um software e informatizar o sistema de entrada e saída do paraíso, pois estavam ocorrendo muitos enganos.

Meu nome é Gabriel, eu trabalho no setor de comunicações; também aqui trabalham muitos gabriéis. Um anjo me disse que quando nascemos recebemos um nome que define nossa vocação. Eu não sei se acredito nisso.

Bem, mas como estava dizendo, eu trabalho no setor de comunicações do céu. Os gabriéis" deste setor tiveram que ser contratados porque já existem muitos meios de comunicação entre os homens vivos produzindo ondas eletromagnéticas, e isto interfere nas comunicações entre a Terra e o infinito. Os gabriéis que trabalham aqui tratam de bloquear essas ondas perturbadoras.

Em uma bela manhã de sol, quando eu cheguei, havia um recado para eu ir falar com Deus. É sempre muito emocionante falar com Deus. Fui até o escritório Dele e aguardei ser chamado.

Ele começou a conversa dizendo que eu era um bom engenheiro, que ele gostava muito de mim e que ele tinha me escolhido para desenvolver um novo projeto. Para isso eu teria que me afastar provisoriamente do setor de comunicações, mas ele esperava que eu compreendesse e me empenhasse nesse novo projeto.

Todos esses elogios fizeram meu sangue gelar. Logo imaginei que o projeto devia ser grande e difícil. Conforme o discurso continuava, eu ficava mais e mais intrigado. Ele disse que estava ficando velho e cansado e que precisava de homens sábios e fortes para dirigir a humanidade. Fiquei apreensivo.

- Eu preciso que os homens finalmente assumam a continuidade da espécie. Por isso eu quero que você desenvolva um projeto de corpo humano. Um projeto perfeito. Sem nenhum dos erros que eu possa ter cometido. Para começar eu quero que você construa um coração.

- Mas eu sou engenheiro de comunicações – balbuciei. - Não seria mais apropriado…

Fui interrompido por uma voz forte e definitiva.

- Você pretende continuar trabalhando para mim?

- Claro – retorqui o mais humildemente possível.

- Então vá ao laboratório número um e trabalhe! Colocarei a sua disposição o anjo Dhormes.

- Dormes? – Perguntei.

- Não! – Disse-me ele em sua voz divina e definitiva. – Dhormes.

Saí de lá aterrorizado e meio tonto fui procurando o laboratório número um. Ao entrar no laboratório encontrei o anjo dormindo em um canto.

Aqui devo fazer uma interrupção, para explicar para quem não costuma ir ao paraíso sempre. Anjos são seres extremamente sonolentos. Eles dormem muito principalmente durante o dia. Mas devo reconhecer que ninguém consegue resistir por muito tempo à maciez das nuvens e aquela musiquinha celestial de harpa. Até eu, se não tivesse que trabalhar e voltar para a Terra toda noite, iria ficar dormindo no céu. E também acho que o fato deles dormirem muito dá a eles tranquilidade, faz com que eles sejam solícitos e tenham muita paciência quando os humanos os veem aborrecer com aqueles problemas típicos da terra: cuida de meu filho, zela por minha esposa etc.

Mas voltemos ao laboratório.

Lá, além do anjo, encontrei um coração humano vivo, pulsando dentro de uma caixinha. E como lá tudo é possível, eu podia dissecar o coração e estudar sua estrutura, sem o danificar.

A minha primeira impressão foi horrível; aquela coisa batendo ali dentro de uma caixa transparente cheia de líquido celestial… parecia coisa do outro mundo. Ao examinar o coração por dentro fiquei mais nervoso ainda: era cheio de estruturas e vasos saindo. Não estava entendendo nada.

Enquanto eu manuseava o coração, uma voz dava nome às estruturas e explicava sumariamente para que elas servem. Para fabricar um coração, eu precisava entender como ele funciona.

Basicamente o coração é formado por quatro câmaras. Dois átrios que acumulam o sangue facilitando o enchimento dos ventrículos, e dois ventrículos que com suas paredes mais grossas impulsionam o sangue. Todas essas estruturas são separadas por válvulas, que impedem que o sangue impulsionado volte.

Há três paredes que formam o coração: uma externa ligeiramente mais resistente, o pericárdio, uma muscular, o miocárdio, e uma interna o endocárdio. Essa parede mais interna é delicada e brilhante. Essas três camadas existem também nas artérias.

Ainda existem as fibras nervosas que estimulam a contração do músculo e também temos as artérias coronarianas que alimentam o miocárdio.

Demorei muito tempo estudando tudo isso. Aproveitei e dissequei a aorta (a maior artéria do corpo), assim pude fazer um esboço das camadas de sua parede.

Depois disso, decidi fabricar um coração mais simples. Fiz uma lista do material necessário:

. uma artéria grossa de bom calibre;

. uma boa porção de músculo cardíaco, acompanhado de suas artérias coronarianas;

. algumas válvulas;

. algumas fibras nervosas para a estimulação do músculo.

Logo que terminei a lista, Dhormes acordou, bocejou e me disse:

- Muito prazer, Gabriel. Desculpe eu ter ficado dormindo, mas eu vi que você estava estudando, não queria te atrapalhar e estava morrendo de sono.

Depois de cumprimentá-lo, passei a ele a lista de materiais.

De repente, Pedro entrou no laboratório.

Expliquei que Deus havia me dado a tarefa de construir um coração e mostrei a ele o que tinha aprendido sobre coração naquela tarde.

Lancei para Pedro um olhar de cumplicidade e ele logo entendeu que eu precisava conversar. Para isso deveríamos voltar à Terra, pois se nela Deus ouve tudo que se fala, no céu é muito pior.

Descemos à Terra e fomos a um barzinho que costumamos frequentar quando queremos privacidade. Acreditamos que o barulho do lugar pode gerar alguma interferência na comunicação, assim, esperávamos desviar a atenção de Deus.

- Que enrascada a sua, hein, Gabriel? Fazer um coração não será nada fácil.

- É. Eu sei, mas Ele me disse que eu posso modificar alguma coisa que esteja errada no projeto Dele.

- Mesmo assim será complicado.

- Eu tive uma ideia: vou simplificar tudo. – Disse-lhe eu, enquanto fazia um esboço num

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Magias do Corpo

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor