Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

A linguagem do movimento corporal

A linguagem do movimento corporal

Ler a amostra

A linguagem do movimento corporal

Duração:
131 páginas
1 hora
Lançados:
8 de abr. de 2014
ISBN:
9788532309501
Formato:
Livro

Descrição

Pioneira no campo da expressão corporal, Lola Brikman comemora quase três décadas do lançamento de sua obra-prima com uma edição revista e atualizada. Aqui, ela revê alguns conceitos e acrescenta novas experiências adquiridas em décadas de docência. Sempre baseada na ideia de que o movimento pode expressar a personalidade dos seres humanos, ela produz um trabalho original, socialmente relevante e de grande beleza.
Lançados:
8 de abr. de 2014
ISBN:
9788532309501
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a A linguagem do movimento corporal

Livros relacionados

Amostra do livro

A linguagem do movimento corporal - Lola Brikman

CIP – Brasil. Catalogação na Publicação

Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ


B865L

Brikman, Lola

A linguagem do movimento corporal [recurso eletrônico] / Lola Brikman ; [tradução Lizandra Magon de Almeida]. – [3 ed revista.] – São Paulo : Summus, 2014.

Tradução de: El Lenguaje del movimiento corporal

Formato: ePub

Requisitos do sistema: Adobe Digital Editions

Modo de acesso: World Wide Web

ISBN 978-85-323-0950-1 (recurso eletrônico)

1. Linguagem corporal. 2. Comportamento humano.3. Comunicação não-verbal. 4. Livros eletrônicos I. Título

14-10067 CDD: 153.69

CDU: 159.9:316.722.2


Compre em lugar de fotocopiar.

Cada real que você dá por um livro recompensa seus autores

e os convida a produzir mais sobre o tema;

incentiva seus editores a encomendar, traduzir e publicar

outras obras sobre o assunto;

e paga aos livreiros por estocar e levar até você livros

para a sua informação e o seu entretenimento.

Cada real que você dá pela fotocópia não autorizada de um livro

financia o crime

e ajuda a matar a produção intelectual de seu país.

LOLA BRIKMAN

Do original em espanhol

EL LENGUAJE DEL MOVIMIENTO CORPORAL

Copyright © 1989, 2014 by Lola Brikman

Direitos desta tradução adquiridos por Summus Editorial

Editora executiva: Soraia Bini Cury

Editora assistente: Salete Del Guerra

Tradução: Lizandra Magon de Almeida

Capa: Alberto Mateus

Imagem de capa: Ely Serebreni, fotografada por Alexander Schachter

Projeto gráfico e diagramação: Crayon Editorial

Summus Editorial

Departamento editorial

Rua Itapicuru, 613 – 7º andar

05006-000 – São Paulo – SP

Fone: (11) 3872-3322

Fax: (11) 3872-7476

http://www.summus.com.br

e-mail: summus@summus.com.br

Atendimento ao consumidor

Summus Editorial

Fone: (11) 3865-9890

Vendas por atacado

Fone: (11) 3873-8638

Fax: (11) 3872-7476

e-mail: vendas@summus.com.br

A minhas filhas Ana e Silvia e a meus

netos Esteban e Julián.

Gostaria de agradecer aos participantes

do primeiro seminário sobre

linguagem corporal e sua expressão:

Luz Romero, Irma Azar, Lila Bogolmoni,

Mercedes Griffoi e Carlos Moretti.

Sumário

Capa

Ficha catalográfica

Folha de rosto

Créditos

Dedicatória

Considerações da autora a respeito desta edição

Prefácio à quarta edição

Introdução

Primeira parte

1 A importância da expressão corporal

2 Um resumo da expressão corporal argentina

Passado

Presente

Futuro

3 A expressão corporal: rápidas definições

4 A expressão corporal como disciplina

5 A busca da linguagem do movimento corporal

6 Enquadramento teórico para a linguagem corporal

A unidade psicossomática

Conformação biológica

Conceitos etimológicos de energia e movimento

Corpo, energia, movimento

O corpo e o movimento

A consciência do que se vive

O espaço e o movimento

O tempo e o movimento

A criatividade e o movimento

Segunda parte

7 A profissionalização

Elaboração do tema para a profissionalização

Diálogos

8 Movimento

Diálogos

9 Energia

Diálogos

10 O corpo

Diálogo

11 O corpo orgânico

Diálogo

12 Espaço

Diálogo

Diálogo

13 Tempo

Diálogos

14 Qualidades do movimento

Diálogos

15 Criatividade

Diálogo

16 Considerações didáticas gerais

Reflexões finais

Epílogo

Apêndice – identidade e movimento

Resumo

Bibliografia selecionada

Outras publicações de Lola Brikman

CONSIDERAÇÕES DA AUTORA A RESPEITO DESTA EDIÇÃO

Mais de quatro décadas se passaram desde a primeira edição desta obra. As transformações vividas em todos os âmbitos, sejam sociais, políticos, científicos, tecnológicos, espirituais – e particularmente na atividade artística – foram incríveis.

Por isso, o que move esta quinta edição revista, atualizada e ampliada é o profundo desejo de oferecer todas as ferramentas possíveis para lidar com as mudanças que vislumbramos desde então.

Quantas coisas permanecem as mesmas? Quantas mudaram e quantas se mantêm em contextos culturais, socioeconômicos e políticos totalmente diferentes?

Neste texto, trataremos de uma experiência artística e de vida profissional na qual propomos alguns ideais relativos aos aspectos facilitadores do treinamento para a preparação corporal que favoreça o melhor modo de expressão. Essa ideia vem sendo desenvolvida desde os anos 1970, e nela se configuraram fortes vínculos humanos, amor à profissão, comprometimento de professores e alunos com o ambiente social pedagógico e artístico, orientados com muito entusiasmo para aproximar os valores da arte e do movimento não apenas no plano do espetáculo de dança, mas também na vida cotidiana.

Enorme desafio que foi sendo construído no dia a dia.

Nosso trabalho se iniciou quando buscamos maneiras de encarar as transformações no plano artístico­-teatral que surgiam na Argentina. Começou na década de 1960, à época do Movimento Di­-Tella (ruptura com os esquemas tradicionais), a vanguarda. Nos caminhos artístico­-pedagógicos do conservatório para crianças Collegium Musicum, de Buenos Aires, foi trabalhada a relação música­-movimento, dirigida pelos professores Ernesto Epstein, Guillermo Graetzer (método Orff ) e pelas pedagogas Violeta Hemsy de Gainza – pianista, educadora e psicóloga musical – e Patricia Stokoe, precursora da expressão corporal na Argentina, que, com um grupo de colegas, realizou e organizou os primeiros grupos de estudo de pedagogia da dança, dos quais tive o prazer de participar – ao lado de Perla Jaritonsky, Regina Katz, Nora Minyersky, Julieta Raichman, Inés Carretero, Eliseo Rey, Haydé Dante e Mónica Penchansky. Colaboramos nas primeiras propostas artísticas e pedagógicas de expressão corporal e formamos o primeiro Grupo de dança experimental. Patricia, discípula de Rudolf Von Laban, utilizava seu método de dança moderna educacional nas aulas.

O grupo de estudos se reunia nas manhãs de quarta­-feira e os participantes contribuíam com materiais, especialmente aqueles relacionados à música e ao movimento. Estudávamos os métodos de Dalcroze, Edgar Willems e Carl Orff e elaborávamos planos e abordagens essenciais para as aulas de música.

Pessoalmente, entendi que a expressão corporal como treinamento para o artístico não favorecia apenas o caminho para a dança de palco, mas principalmente contribuía para o pleno desenvolvimento humano, sem predeterminar um modo de expressão artística. Tinha um significado maior: atender aos valores associados à semiótica da expressão do corpo em suas possíveis aplicações, que já eram vislumbradas.

A proposta da primeira edição de A linguagem do movimento corporal, publicada pela editora argentina Paidós em 1973, foi traçada como um diálogo socrático com um grupo de alunos em um seminário com duração de três anos. O fecundo intercâmbio de ideias possibilitou estabelecer referências para o treinamento, o que trouxe ferramentas mais eficientes para aperfeiçoar a criatividade nas diversas situações que a vida propõe. Os resultados podem ser vistos no desempenho de nossos discípulos e na ação preventiva e social que se revela na atualidade, e nos dados obtidos em estatísticas colhidas nos últimos anos.

Nosso compromisso nos convida, nesta nova edição, a comunicar um subsídio que contribua para a educação pela arte – como saída profissional artístico­-pedagógica e também cênica –, favorecendo processos de crescimento pessoal e a inclusão de pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade social. Tal contribuição favorece o desenvolvimento do potencial vital como um todo e também dos vínculos gerados no cotidiano e no plano performático.

Passamos por quatro etapas:

1.A oficialização da formação profissional em expressão e linguagem corporal facilitou

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de A linguagem do movimento corporal

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor