Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Vegaromba: Culinária Vegana
Vegaromba: Culinária Vegana
Vegaromba: Culinária Vegana
E-book279 páginas1 hora

Vegaromba: Culinária Vegana

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

O livro Vegaromba – Culinária Vegana reúne receitas simples e acessíveis que agradam aos mais diferentes paladares. Nesta compilação, os leitores vão aprender a preparar assados, barrinhas, bolachas, bolinhos, bolos, bombons, brownies, cookies, geleias, hambúrgueres, leites vegetais, maioneses, mousses, pães, panquecas, patês, pavês, pudins e shakes, além de outros alimentos. Há receitas indicadas para quem busca simplesmente opções livres de ovos, laticínios e mel; para praticantes de atividades físicas, para quem quer apenas diversificar a alimentação ou se alimentar melhor; e também para quem se considera um desastre na cozinha. Muitas das receitas que compõem o livro são de preparo simples, demandam poucos ingredientes e mostram como pode ser descomplicado e divertido preparar alimentos sem ingredientes de origem animal.
IdiomaPortuguês
Data de lançamento14 de dez. de 2017
ISBN9788582455401
Vegaromba: Culinária Vegana
Ler a amostra

Relacionado a Vegaromba

Ebooks relacionados

Artigos relacionados

Avaliações de Vegaromba

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    Vegaromba - David Arioch

    vegaromba.com

    ASSADOS

    Batavina

    Batavina é um alimento de inspiração mediterrânea que consiste em uma massa coberta por legumes, vegetais, tubérculos e especiarias.

    Ingredientes da massa

    Farinha, água, azeite, fermento em pó, orégano e sal.

    Ingredientes da cobertura

    Molho de tomate, tomate, batata-inglesa cozida, brócolis, berinjela, cebola, acelga, azeitonas, azeite, orégano, cardamomo e sal.

    Preparo

    Misturo uma xícara de farinha de trigo comum com uma xícara de farinha de trigo integral, uma colher de chá de fermento em pó, uma pitada de orégano e uma pitada de sal. Depois adiciono água morna para dar liga na massa e acrescento uma colher de sobremesa de azeite de oliva.

    Abro a massa com um rolo e moldo ela de acordo com o formato da forma. Depois esparramo molho de tomate caseiro pela massa e incluo três tomates pequenos picados e duas batatas-inglesas cozidas e fatiadas (ou picadas), duas berinjelas pequenas fatiadas e meio brócolis cozido e picado.

    Coloco também uma cebola média picada, quatro folhas de acelga bem fatiadas, azeitonas a gosto, quatro favas de cardamomo, uma colher de sopa de azeite, uma colher de chá de orégano e uma pitada de sal. Para finalizar, levo ao forno por pelo menos 30 minutos. Pronto!

    Cavaco

    Cavaco é mais uma boa forma de diversificar o consumo de batata-doce. Além do sabor agradável e característico, outro ponto positivo é que as batatas ganham em consistência final e não grudam umas nas outras.

    Ingredientes

    Batata-doce, leite de coco, alho, páprica picante, açafrão, pimenta-do-reino e sal grosso moído.

    Preparo

    Descasco e fatio um quilo e meio de batata-doce crua (quatro unidades médias) e as reservo. Bato no liquidificador 10 colheres de sopa de leite de coco, 100 ml de água em temperatura ambiente, dois dentes de alho amassados, uma colher e meia de chá de páprica picante, meia colher de chá de açafrão, meia colher de chá de sal grosso moído e 1/3 de uma colher de chá de pimenta-do-reino.

    Transfiro o conteúdo para uma travessa pequena e mergulho cada fatia de batata na mistura. Então enfileiro as fatias em uma travessa grande, formando duas filas paralelas. Uso uma colher para umedecê-las um pouco mais com o líquido que fica no fundo da travessa grande. Para finalizar, levo a travessa ao forno por pelo menos uma hora em temperatura de 180 graus. Pronto!

    Geralmente não uso ralador. Prefiro cortar as batatas com uma faca para evitar que elas fiquem finas demais.

    Medita

    Medita é uma batata-doce preparada com óleo de gergelim, curry, pimenta-do-reino e sal a gosto.

    Ingredientes

    Batata-doce, óleo de gergelim, curry e pimenta-do-reino.

    Preparo

    Lavo cinco unidades médias de batata-doce, totalizando pouco mais de um quilo e meio. Enxugo as batatas e as corto em fatias grossas. Em seguida, forro o fundo de duas formas com papel alumínio e coloco as fatias.

    Separo duas colheres de sopa de óleo de gergelim e unto a parte inferior e superior das batatas. Assim que ficarem amarelas ou coradas, distribuo duas colheres de chá de curry sobre as fatias. Repito o processo com uma colher de chá de pimenta-do-reino e sal a gosto.

    Então cubro as duas formas com papel alumínio e levo ao forno por 30 minutos em temperatura de 160 graus. Terminada essa etapa, tiro o papel alumínio que cobre as duas formas e coloco novamente no forno por 30 minutos. Para finalizar, viro as batatas e deixo assar por mais 20 a 25 minutos. Pronto!

    Tarracha

    Tarracha é um tipo de batata-doce em cunha de preparo muito fácil.

    Ingredientes

    Batata-doce, azeite, vinagrete desidratado, chimichurri desidratado, ervas finas desidratadas e sal a gosto.

    Preparo

    Coloco em um recipiente três unidades médias de batata-doce crua (500 gramas), cortadas irregularmente em forma de cunha. Borrifo o equivalente a uma colher de sopa de azeite sobre todas as unidades, depois misturando-as com as mãos.

    Incluo meia colher de sopa de vinagrete desidratado e meia colher de sopa de chimichurri. Misturo novamente os ingredientes, deixando as batatas com um aspecto mais vívido. Então acrescento meia colher de sopa de ervas finas desidratadas e sal gosto.

    Mexo tudo com as mãos e levo ao forno pré-aquecido por 40 minutos. Gosto de assá-las até começar a tostar as extremidades, o que na minha opinião deixa as batatas mais saborosas. Entretanto, é bom ficar atento porque o tempo pode variar de forno para forno.

    Sugestão

    Se preferir, você também pode fritá-las.

    Vegetalha

    De fácil preparo, Vegetalha é um alimento baseado em vegetais, legumes e especiarias.

    Ingredientes

    Berinjela, tomate, cebola, brócolis, pimentão verde, salsinha, azeitonas, alho, vinagrete desidratado, azeite e sal (use o tipo de sua preferência).

    Preparo

    Em uma forma ou travessa, coloco duas berinjelas médias e fatiadas, dois tomates grandes picados, duas cebolas grandes fatiadas, duas xícaras de brócolis cozido, um pimentão verde em tiras bem distribuídas pelas laterais, um maço de salsinha fatiada e pelo menos dez azeitonas.

    Adiciono também dois dentes de alho com casca (para acentuar o sabor), uma colher rasa de chá de sal grosso moído, uma colher de sopa de vinagrete desidratado e uma colher de sopa de azeite. Depois cubro a forma com papel alumínio e levo ao forno por pelo menos 40 minutos em temperatura de 180 graus. Pronto!

    BARRINHAS

    Afogueada

    Rica em bons carboidratos e gorduras boas, além de ter uma quantidade considerável de proteínas, a Afogueada é uma barrinha de aveia com tahine. Basicamente, uma boa opção para quem precisa ou gosta de preparar alimentos de rápido consumo.

    Ingredientes

    Aveia em flocos, tahine (pasta de gergelim), açúcar mascavo e cacau em pó.

    Preparo

    Misturo em uma travessa 200 gramas (duas xícaras cheias) de aveia em flocos, 90 gramas (seis colheres de sopa) de tahine, 40 gramas (quatro colheres de sopa) de açúcar mascavo e 20 gramas (duas colheres de sopa) de cacau em pó. Depois incluo aos poucos 12 a 14 colheres de sopa de água fria.

    Após obter uma massa maleável, divido em seis partes e coloco em uma forma para barrinhas. Então levo ao refrigerador. Pronto!

    Sugestão

    Você também pode moldar as barrinhas com as mãos e fazê-las com o tamanho de sua preferência, atendendo as suas necessidades nutricionais.

    Valores Nutricionais Por Unidade

    Carboidratos: 30 Gramas

    Proteínas: 8,5 Gramas

    Gorduras: 12 Gramas

    Bota Pra Dormir

    Bota Pra Dormir é uma barra de maracujá indicada principalmente para quem visa o ganho de massa muscular. Cada unidade tem 37,3 gramas de carboidratos, 15,3 gramas de proteínas e 8 gramas de lipídios.

    Ingredientes

    Maracujá, coco ralado, banana, aveia, proteína vegetal em pó (use o tipo de sua preferência), cravo e açúcar de coco.

    Preparo

    Coloco em uma travessa o suco de dois maracujás grandes bem peneirados e adoçados com uma colher de sopa de açúcar de coco. Adiciono 225 gramas (pouco mais de duas xícaras) de aveia em flocos e duas bananas grandes (200 gramas) bem amassadas.

    Misturo os ingredientes e acrescento 60 gramas (seis colheres de sopa) de proteína de arroz, 40 gramas (quatro colheres de sopa) de coco ralado e um cravo-pau moído. Mexo bem até a massa ficar maleável.

    Se necessário, umedeço as mãos com água e moldo em forma de uma bola, me certificando de que não sobrou nenhum farelo. Para finalizar, divido a massa em seis partes, transfiro para uma forma para seis barras e levo ao refrigerador. Pronto!

    Sugestão

    Você também pode dividi-las em mais porções, fica a seu critério.

    Valores Nutricionais Por Unidade

    Carboidratos: 37,3

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1