Aproveite esse título agora mesmo, além de milhares de outros, com um período de teste gratuito

Apenas $9.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Traga seu amor de volta em 21 dias.

Traga seu amor de volta em 21 dias.

Ler a amostra

Traga seu amor de volta em 21 dias.

notas:
5/5 (7 notas)
Duração:
156 páginas
1 hora
Editora:
Lançados:
Aug 14, 2017
ISBN:
9788542211696
Formato:
Livro

Descrição

Realmente sabemos o que é a felicidade? É possível encontra-la dentro de você? O que nos impede de realizar nossos sonhos?
William Sanches apresenta neste livro um método real para alcançar seus sonhos. Apesar do título sugestivo, é preciso entender que o seu amor é você mesmo. Logo, ele promete trazer à tona o seu verdadeiro eu. Segundo o autor:
"Somos como um lago. Quando se atira uma pedra lá no meio, formam ondas que se espalham e chegam até a borda. Nossa mente é assim só que numa proporção de oceano, com ondas gigantescas. Sua crença sobre você, o que acredita ser, como acredita ser, a forma com que se trata, chega antes a qualquer lugar."
A partir de técnicas elaboradas de psicologia aplicada, o autor afirma ser possível melhorar a autoestima, saber o que quer e delimitar suas metas. Só então será possível apaixonar-se por alguém e ter sucesso em qualquer tipo de relacionamento.Ame-se a si mesmo antes de tudo e, em 21 dias, ou menos, será realmente possível obter sucesso em qualquer tipo de relacionamento.
Editora:
Lançados:
Aug 14, 2017
ISBN:
9788542211696
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Traga seu amor de volta em 21 dias.

Livros relacionados

Amostra do livro

Traga seu amor de volta em 21 dias. - William Sanches

Copyright © William Sanches, 2017

Copyright © Editora Planeta do Brasil, 2017

Todos os direitos reservados.

Preparação: Andressa Veronesi

Revisão: Ceci Meira e Andréa Bruno

Diagramação: 2 estúdio gráfico

Capa: departamento de criação da Editora Planeta

Imagens de capa: Stefan Wolny/Ensuper/Shutterstock

Vinhetas do miolo: Freepik

Imagens das páginas 142-145: Zmicier Kavabata/Shutterstock

Adaptação para eBook: Hondana

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO

SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ

S191t

Sanches, William

Traga seu amor de volta em 21 dias: aprenda o poder do amor-próprio, empodere sua autoestima e melhore seus relacionamentos afetivos / William Sanches. - 1. ed. - São Paulo: Planeta, 2017.

ISBN: 978-85-422-1101-6

1. Autoestima. 2. Técnicas de autoajuda. I. Título.

2017

Todos os direitos desta edição reservados à

EDITORA PLANETA DO BRASIL LTDA.

Rua Padre João Manuel, 100 – 21o andar

Ed. Horsa II – Cerqueira César

01411-000 – São Paulo-SP

www.planetadelivros.com.br

atendimento@editoraplaneta.com.br

"Toda a minha vida mudou em apenas um dia – o dia

em que determinei não apenas o que gostaria de ter na

vida, mas também quando decidi quem e o que eu estava

empenhado em ser e ter na minha VIDA."

Anthony Robbins

À amiga Luísa Marilac,

por me fazer rir

nos momentos em que esqueci

que tinha essa capacidade.

Agradeço a Diogo Moreira do Farol de Dentro,

Inês Marcel e toda a equipe da Aurora Vita,

ao Dr. Rubens Cascapera Jr. e a Dra. Joely Pucci

do Espaço Allegrum Vivi pelos conhecimentos,

pelas trocas e, principalmente, pela amizade.

SUMÁRIO

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO

1a SEMANA

Não mude hábitos, crie novos!

Você está empenhado ou interessado?

Nova estrada sendo construída!

Sua roda girou?

Você está em primeiro lugar?

Firme na meta?

Suas limitações já ficaram para trás!

2a SEMANA

Hora de resolver!

É chegada a hora da virada!

Por dentro das suas habilidades!

Ponto de vista positivo

Criando um padrão positivo

Valorize as pequenas melhorias

A coragem de ser imperfeito

3a SEMANA

Por dentro da sua autoestima

Senso positivo

A chave que abre o cofre dos bloqueios

A demora de Deus não é uma negativa

Positiva pessoa!

Vai dar tudo certo!

O segredo oculto de uma grande vitória!

PREFÁCIO

Era manhã de quinta-feira. Tudo parecia tão igual. O trânsito engarrafado, as pessoas apressadas, a face de preocupação dos transeuntes. Tudo sem surpresas. Vivendo aquela atmosfera de incertezas e esgotamento, resolvi, então, ligar o rádio do carro. Como de costume, fui logo em busca das notícias do dia. Confesso que dei esse passo sem nenhuma ilusão de encontrar algo motivador. E, de fato, não havia novidade. Lá estava eu em mais uma aventura de viver o meu dia, ou melhor, sobreviver ao meu dia. Sim. Infelizmente, passamos a nos acostumar com as consequências morais e éticas do cotidiano. A desonestidade, o apropriar-se daquilo que é público e a violência nas relações são capítulos de uma série trágica e real. Tudo minuciosamente relatado nos inúmeros veículos de comunicação e exaustivamente repercutido nas redes sociais. Seria ingenuidade ou restrição do pensar se alguém quisesse responsabilizar os meios de comunicação ou os agentes das redes sociais sobre fatos e acontecimentos que, justamente por estarmos numa sociedade democrática, precisam ser conhecidos e debatidos. Dar visibilidade a eles é algo necessário e justo.

No entanto, é explicável a sensação de esgotamento. Bombardeados diariamente por notícias ruins, colocamo-nos diante de um dilema: entregar-se ao pessimismo ou buscar alguma luz de esperança? A resposta a essa questão é algo profundo e pessoal. Não se trata de impor a ninguém uma ótica exclusivista de ver o mundo. Alguns sistemas já tentaram fazer isso e a história também já provou o desencanto e o fracasso de tais intentos. Em meio aos conceitos filosóficos, tentando conciliar-se com emoções e sentimentos, atordoado pelo barulho das ruas, fui em busca de algo diferente nas ondas do rádio. Depois de acalmar o espírito e os humores com músicas diversas, acabei por ouvir uma voz juvenil e entusiasta. Aquilo me chamou a atenção. Alguém estava remando contra a maré. Aumentei o som do carro para não perder as frases ditas com elegância e serenidade. Fiquei um bom tempo acompanhando sem nem mesmo saber de quem eram aquela voz e aqueles pensamentos expressos de forma objetiva, clara e verdadeiramente humana.

Num determinado momento, olhei para o lado de fora do carro e não vi nenhuma mudança substancial. Tudo parecia igualmente confuso. Agitado. Mas algo interior estava me trazendo paz. Naturalmente comecei a dizer frases soltas. E, em pouco tempo, estava deixando-me levar pela emoção daquela experiência. Ouvir. Simplesmente ouvir. E deixar o coração falar. Claro que minha ansiedade era grande em saber ao menos o nome daquele comunicador que estava se tornando uma ponte entre o meu coração e o coração de Deus. Mais alguns minutos e eu ouvi com clareza um nome até então desconhecido para mim: William Sanches.

Guardei esse nome na cabeça sem saber ao certo se a vida reservaria a mim uma oportunidade de expressar o quanto ele havia mudado a minha manhã de quinta-feira. Passado algum tempo, encontrei-o em alguns programas de televisão. Sempre com o mesmo brilho no olhar. Sempre certo de fazer a sua vida valer a pena. Sempre verdadeiro e assertivo nas suas opiniões. Sempre preocupado em estender as mãos aos que estão dispostos a fazer o caminho da liberdade interior.

Desses encontros nasceu uma amizade repleta de admiração e respeito. E como a vida tem as suas surpresas, recebi estas páginas acompanhadas de um bilhete escrito à mão: Amigo, gostaria que você fizesse o prefácio para este meu livro. Gostei do que li. Acredito na força da palavra dita com amor. Tenho certeza de que esta leitura vai resgatar vidas, restaurar corações.

Parabéns por este trabalho, bom

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Traga seu amor de volta em 21 dias.

5.0
7 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor