Comece a ler

Poesias inéditas e poemas dramáticos

Notas:
641 páginas3 horas

Resumo

Fernando Pessoa nasceu em 1888, em Lisboa. Inventou vários heterônimos – personagens com vidas, personalidades e estilos de escrita próprios – e sob o nome deles escreveu grande parte de sua obra poética. É autor de alguns dos mais belos versos da língua portuguesa, além de nome-chave da poesia moderna. Morreu em 1935, deixando uma arca repleta de papéis, com milhares de obras inéditas e anotações. Com base nesta arca foi organizada, a partir dos anos 50, sua poesia inédita, que o leitor ora tem em mãos, seguida de seus "poemas dramáticos" – parte menos conhecida, porém não menos interessante, da obra de Fernando Pessoa.

Leia no app do Scribd

Baixe o app gratuito do Scribd para ler a qualquer hora, em qualquer lugar.