Encontre seu próximo livro favorito

Torne'se membro hoje e leia gratuitamente por 30 dias.
Amor Seguro: Série Wet & Wild, #3

Amor Seguro: Série Wet & Wild, #3

Ler amostra

Amor Seguro: Série Wet & Wild, #3

avaliações:
4.5/5 (5 avaliações)
Comprimento:
263 página
3 horas
Editora:
Lançado em:
Sep 18, 2019
ISBN:
9781547599127
Formato:
Livro

Descrição

A autora best seller do USA Today, Lexy Timms, tece uma história sobre traição, mentiras e arriscar tudo por amor. A leitura perfeita para um verão na praia!

No fim, só não nos arrependemos das chances que não aproveitamos.

Humilhação. Degradação. E um final de semana nos Hamptons.

É o que eu preciso para afastar o abatimento da minha tristeza.

Meu mundo está desmoronando ao meu redor, mas a única coisa em que consigo pensar é sobre ela.

Seu corpo. Sua voz. A maneira que ela olhou para mim antes daquela entrevista. Minha mente sabe que preciso ficar longe, mas meu coração ainda está dando as ordens.

É possível que tudo isso fosse uma mentira? O fundo da minha garrafa parece mais atraente do que a vida. Mas quando fecho os olhos, ela chama por mim. Minha linda Kallie. Estou dividido entre minha realidade e a dela. Preso entre a vida que quero levar e a vida que as pessoas esperam que eu leve

A entrevista foi uma mentira? Kallie estava dizendo a verdade? Ela me aceitaria de volta? Algum dia eu sentiria sua pele sob as pontas dos meus dedos de novo? Algum dia eu teria a chance de dizer a ela como eu me sinto?

Apenas uma coisa é certa. Alguém está mentindo.

Série Wet & Wild

Amor Tempestuoso

Amor Selvagem

Amor Seguro

Editora:
Lançado em:
Sep 18, 2019
ISBN:
9781547599127
Formato:
Livro

Sobre o autor

"Love should be something that lasts forever, not is lost forever."  Visit USA TODAY BESTSELLING AUTHOR, LEXY TIMMS https://www.facebook.com/SavingForever *Please feel free to connect with me and share your comments. I love connecting with my readers.* Sign up for news and updates and freebies - I like spoiling my readers! http://eepurl.com/9i0vD website: www.lexytimms.com Dealing in Antique Jewelry and hanging out with her awesome hubby and three kids, Lexy Timms loves writing in her free time.  MANAGING THE BOSSES is a bestselling 10-part series dipping into the lives of Alex Reid and Jamie Connors. Can a secretary really fall for her billionaire boss?


Relacionado a Amor Seguro

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Amostra do Livro

Amor Seguro - Lexy Timms

Timms:

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada ou introduzida em um sistema de recuperação ou transmitida, de qualquer maneira ou por quaisquer meios (eletrônico, mecânico, fotocópia, gravação ou outro) sem a autorização prévia por escrito de ambos, o proprietário dos direitos autorais e da editora, acima mencionada, deste livro.

Esta é uma obra de ficção. Nomes, personagens, lugares, marcas, mídia e incidentes são produtos da imaginação da autora ou são usados ficticiamente. Qualquer semelhança com uma pessoa real, viva ou morta, eventos ou locais, é mera coincidência. A autora reconhece o status de marca registrada e proprietários de marca registrada dos vários produtos citados nesta obra de ficção que tenham sido usados sem permissão. A publicação/uso destas marcas registradas não está autorizada, associada ou patrocinada pelos proprietários da marca registrada.

––––––––

Todos os direitos reservados.

Amor Seguro

Série Wet & Wild # 3

Copyright 2018 por Lexy Timms

Capa por: Book Cover by Design

Série Wet & Wild

Amor Tempestuoso

Amor Selvagem

Amor Seguro

Encontre Lexy Timms:

Lexy Timms Boletim Informativo:

http://eepurl.com/9i0vD

Lexy Timms Facebook:

https://www.facebook.com/SavingForever

Lexy Timms Website:

http://www.lexytimms.com

––––––––

Quer ler mais...

De GRAÇA?

Cadastre-se no boletim informativo de Lexy Timms

E ela lhe enviará

Uma leitura paga, de GRAÇA!

Cadastre-se para receber novidades e atualizações!

http://eepurl.com/9i0vD

Amor Seguro

Sinopse

A autora best seller do USA Today, Lexy Timms, tece uma história sobre traição, mentiras e arriscar tudo por amor. A leitura perfeita para um verão na praia!

No fim, só não nos arrependemos das chances que não aproveitamos.

Humilhação. Degradação. E um final de semana nos Hamptons.

É o que eu preciso para afastar o abatimento da minha tristeza.

Meu mundo está desmoronando ao meu redor, mas a única coisa em que consigo pensar é sobre ela.

Seu corpo. Sua voz. A maneira que ela olhou para mim antes daquela entrevista. Minha mente sabe que preciso ficar longe, mas meu coração ainda está dando as ordens.

É possível que tudo isso fosse uma mentira? O fundo da minha garrafa parece mais atraente do que a vida. Mas quando fecho os olhos, ela chama por mim. Minha linda Kallie. Estou dividido entre minha realidade e a dela. Preso entre a vida que quero levar e a vida que as pessoas esperam que eu leve.

A entrevista foi uma mentira? Kallie estava dizendo a verdade? Ela me aceitaria de volta? Algum dia eu sentiria sua pele sob as pontas dos meus dedos de novo? Algum dia eu teria a chance de dizer a ela como eu me sinto?

Apenas uma coisa é certa. Alguém está mentindo.

Conteúdo

Série Wet & Wild

Encontre Lexy Timms:

Amor Selvagem Sinopse

Capítulo 1

Capítulo 2

Capítulo 3

Capítulo 4

Capítulo 5

Capítulo 6

Capítulo 7

Capítulo 8

Capítulo 9

Capítulo 10

Capítulo 11

Capítulo 12

Capítulo 13

Capítulo 14

Capítulo 15

Capítulo 16

Capítulo 17

Capítulo 18

Capítulo 19

Capítulo 20

Capítulo 21

Capítulo 22

Capítulo 23

Capítulo 24

Capítulo 25

Capítulo 26

Capítulo 27

Capítulo 28

Série Wet & Wild

Encontre Lexy Timms:

CONTINUAR LENDO?

Mais por Lexy Timms:

Capítulo 1

Kallie

Vê-lo foi como um chute no peito de Kallie. Que diabos ele estava fazendo ali? Kallie queria pegar um final de semana e sair da cidade e a única coisa que ela queria que não a seguisse, de repente apareceu na mercearia. Quanto mais careta ele fazia, mais ela tremia. Ela se escondeu atrás de uma estante para livros e esperou que estivesse alucinando. Ela fechou os olhos e estabilizou a respiração, tentando controlar sua mente acelerada.

Mesmo zangado, ele parecia bonito.

Kallie ouviu passos atrás dela e rapidamente pegou a revista mais próxima. Casamento de cães. Maravilhoso. Que tema fascinante. Ela abriu a revista e começou a examinar as páginas, esperando que os passos se afastassem. Passassem por ela e continuassem seguindo pelo corredor para que ela pudesse fugir. Ela reconheceu os passos. O pé pesado seguido por um toque leve. O molejo de Ash enquanto ele assomava pelo corredor, fazendo uma linha reta para ela enquanto ela tentava se esconder.

Ela sentiu sua sombra sobre ela, mas manteve os olhos grudados na revista.

O que você está fazendo aqui? Ash perguntou.

O desdém na sua voz matou uma parte de Kallie.

Investigando as novas tendências nos trajes de noiva caninos. Ouvir dizer que é a última tendência, ela disse.

Não é uma oportunista, huh? ele perguntou.

Não sei. Há alguns designs bem baratos nesta revista.

Pare de brincar, Kallie. Que diabos você está fazendo nos Hamptons? Não conseguiu o suficiente de mim e James? Está aqui para afundar os dentes em outro homem rico desavisado?

Tenho certeza que ninguém é desavisado graças a entrevista de James.

Você não é bem-vinda aqui, ele disse.

Não sabia que você era o prefeito do lugar.

Você realmente espera que eu acredite que você não é uma interesseira quando está aqui depois do que aconteceu? O playground dos ricos e famosos após ser desafiada em suas palhaçadas?

Cada palavra que saía dos lábios dele doía como um raio direto em seu coração. Mas ela não lhe daria mais o benefício da dúvida. Se ele não acreditava nela, então nunca haveria qualquer outra maneira de convencê-lo. E por mais que doesse para Kallie admitir, talvez ela estivesse melhor. Se havia um defeito que Ash tinha em sua personalidade era sua raiva. Sua incapacidade de controlar suas emoções. Manter-se confinado dos relacionamentos o tornou incapaz de controlar as coisas que ele sentia quando elas se tornavam realidade e Kallie não estava na área do ensino.

Não quando se tratava de emoções.

Sou uma convidada do amigo de Eris, Jeremy, Kallie disse enquanto revirava os olhos.

Ela finalmente olhou para Ash e observou-o arquear uma sobrancelha.

Amigo de Eris.

Mm-hmm, ela disse.

Não me choca, já que ela é sua parceira no crime de procurar um parceiro rico. Falando em Jeremy, devo uma ligação a ele. Ele não é muito de assistir televisão.

Kallie tentava decidir se o esbofeteava no meio do corredor. Mas se conteve. A última coisa que ela precisava era ser acusada de agressão assim como procurar um parceiro rico.

Ele já sabe.

O quê? Ash perguntou.

Eris já o informou sobre o que está acontecendo comigo. E ele ainda está transando com ela. E me convidando para os lugares. Oooops.

Kallie deu de ombros enquanto devolvia a revista e pegava seu livro. Ela afastou-se da estante de livros e observou os olhos de Ash se iluminarem com fogo. Ele não iria prendê-la no meio de uma maldita mercearia. Isso com certeza.

Na verdade, se você quiser falar com ele, ele está por aqui em algum lugar. Pegando papel higiênico, eu acho, Kallie disse.

Vocês dois são nojentos. Quando Jeremy se livrar do seu desejo por Eris, ele vai recuperar o juízo. Conheço Jeremy.

Tenho certeza que você conhece, Kallie disse.

Ela se afastou sem outra resposta para ele. Suas mãos estavam tremendo, mas ela não iria permitir que ele visse isso. Ela não iria permitir que ele visse nada do que fazia com ela. Ele não valia mais a energia. Ash acreditaria no que quisesse acreditar, não importa o que ela dissesse. Então ela imaginou que era melhor dedicar seu tempo a educar Ash sobre o que estava acontecendo ao redor dela, na tentativa de mostrar a ele que a entrevista não a incomodava. Não a deteve. De alguma maneira, não arruinou sua vida e deixou as cinzas ardendo em ruínas ao redor dela.

Mas era difícil.

Porque Kallie queria mudar sua percepção dela.

Ela chegou ao final do corredor e espiou por cima do ombro. Ela viu Ash se dirigir para a porta, de mãos vazias. Ela soltou o ar que não sabia que estava prendendo e isso acelerou seu coração a mil batimentos por segundo. A menor parte dela pensava que ver Ash novamente depois de tudo isso de alguma maneira a faria se sentir melhor. Aquele único olhar trocado entre eles faria com que ele mudasse de ideia. Que, muito pelo contrário, ele poderia enterrar sua raiva, ouvi-la e encontrar a lógica por trás da sua explicação.

Mas vê-lo somente serviu para fazê-la se sentir mal.

A ferida estava tão fresca e Ash a cutucou com um espeto quente. Ficou claro para ela que ele não iria acreditar nela tão cedo e isso erodiu seus sonhos um pouco mais. Seus sonhos lhe davam esperança. Imaginar uma vida com Ash lhe dava a esperança que eles poderiam superar isso. Talvez eles pudessem suportar esta tempestade como eles fizeram na ilha e sair disso mais fortes do que nunca.

Ele só deveria ser temporário.

Kallie?

Ela balançou a cabeça e olhou para o corredor enquanto Eris vinha correndo na sua direção.

Kallie, você está bem? Você parece que viu um fantasma.

Não um fantasma. Ash, Kallie disse.

O quê? Eris perguntou.

Ash está aqui neste final de semana. Ele simplesmente ... entrou na loja e ...

O que ele fez?

"Ele me disse que eu não era bem-vinda aqui. Que eu tinha muita coragem em mostrar minha cara depois de dizer a ele que eu não era uma interesseira. Ele acredita que estou aqui para encontrar outra pessoa para afundar meus dentes."

Jeremy! Eris exclamou.

O quê?

Venha aqui!

Onde você está?

Perto das carnes!

Kallie suspirou enquanto agarrava o livro em sua mão. Mas com toda honestidade ela não o queria mais. Eris puxou-a para um abraço enquanto Jeremy virava a esquina e Kallie sentiu vontade de chorar. Liberar mais emoções reprimidas na curva do ombro da sua melhor amiga. Mas ela não poderia dar a Ash esta satisfação. Não poderia mais permitir que ele a controlasse assim. Não importa o quando ela quisesse se entregar a ele e não importa o quanto ele significasse para ela, ela precisava encontrar uma maneira de seguir em frente.

Ela precisava encontrar uma maneira de desistir dele.

O que foi? Jeremy perguntou.

Acabei de fazer comprar. Você pode pagar toda esta merda? Vou levar Kallie de volta para o carro, Eris disse.

Aconteceu alguma coisa? ele perguntou.

Ash aconteceu.

O quê?

Ash está aqui neste final de semana. Vou levá-la de volta para o carro antes que outro desentendimento aconteça.

Espere, ele entrou na loja? ele perguntou.

Apenas pague pelos malditos mantimentos, ok? Vou te dar um cheque por metade de tudo.

Você sabe que este final de semana é por minha conta, ele disse. Leve-a para o carro. Estarei lá daqui a pouco.

Eris passou o braço ao redor de Kallie e a escoltou de volta para o veículo de Jeremy. Kallie amontoou-se no banco de trás e apoiou a testa na janela do carro. Ela se sentia cansada. Vazia. Pronta para seu primeiro cochilo do final de semana. Ela fechou os olhos enquanto Jeremy enchia o porta-malas do carro com as coisas que eles compraram e logo eles estavam na estrada indo para a casa dele.

Kallie? Eris perguntou.

Sim?

Você sabe que não pode permitir que ele a puxe por aí assim para sempre, ela disse.

Entendi, Kallie disse.

Em algum momento, você terá de reconhecer o fato que ele vai pensar o que quiser. Mas mesmo assim, isso não lhe dá um motivo para agredi-la verbalmente em uma maldita mercearia.

Sim, Kallie disse.

Ele é um idiota e você precisa...

Maldição, Eris. Eu entendi.

Posso bancar o advogado do diabo por um segundo? Jeremy perguntou.

Não, você não pode, Eris disse.

Bem, eu vou. Aquele cara, James? Ele fez um argumento bem impressionante.

Aquilo é falso, Eris disse.

Não significa que não seja um argumento bem impressionante. Acredito em você. Acredito em Kallie. James Rathbone tem uma reputação na comunidade de ser uma cobra escorregadia quando quer. Mas Ash não se envolve muito nesta comunidade, portanto não está ciente da reputação de James. E se você pegar toda aquela merda da entrevista ao pé da letra? É muito parecido com...

Você pode calar a boca agora? Eris perguntou. Isso seria realmente útil.

Kallie viajava em silêncio no banco de trás do carro. Tudo isso a fazia se sentir mal. As brigas que estava provocando entre Eris e Jeremy. Saber que Ash estaria nos Hamptons durante o final de semana. Sua raiva. A entrevista nojenta de James. Tudo isso girava e se harmonizava dentro dos limites do seu corpo. Kallie observava as casas caras passarem à medida que eles seguiam através da cidade pequena em que, aparentemente, ela não era bem-vinda. A praia se aproximava cada vez mais e ela podia sentir o cheiro do ar salgado infiltrando-se através do ar condicionado do carro de Jeremy. E, no segundo em que eles estacionaram na casa de praia, ela saiu do carro.

Subiu correndo até a porta.

Balançou a porta trancada até que alguém se aproximou por trás dela.

Aqui, Jeremy disse. Suba a escada, siga pelo corredor à sua frente, a porta no final do caminho.

Em seguida, ele abriu a porta e Kallie saiu correndo.

Ela subiu os degraus de dois em dois até pisar no piso acarpetado. Ela correu pelo corredor, estendendo a mão para a maçaneta. Ela entrou no quarto que ostentava uma cama king size, lençóis de cetim, portas francesas que se abriam para uma varanda privativa com vista para o mar e um banheiro privativo. Kallie abriu as portas francesas e observou o movimento das ondas. O ar salgado que parecia relaxá-la. A brisa fresca que encheu seu quarto escuro para o fim de semana. Ela tirou as sandálias e fechou a porta do quarto, sucumbindo à única coisa que ela queria neste fim de semana.

Em seguida, Kallie caiu na cama, enfiou-se por baixo das cobertas e suspirou.

A cama a segurou, aconchegando seu corpo cansado. A ondulação rítmica das ondas a persuadiu do seu precipício ansioso. O encontro com Ash já estava desaparecendo para o fundo da sua mente. Ela já sentia o sono pairando pesadamente sobre seu corpo. Ela tirou o vestido e o empurrou para a beirada da cama, sentindo os lençóis de cetim acariciarem sua pele. Era a coisa mais confortável em que ela já havia deitado.

Bem, a segunda mais confortável.

Kallie puxou o edredom até seu queixo e fechou os olhos. Seu corpo parecia exausto, mas sua mente estava girando. Imagens do seu casamento invadindo sua mente. Seu vestido. Sua aliança. A capela. Seus pais. Como Eris estava bonita em seu vestido de dama de honra. Como ela se sentia maravilhosa em seu vestido de casamento.

O rosto de Eris quando ela subiu correndo a escada para dizer a Hallie que James foi pego traindo.

Não era seu dever provar nada para Ash. Mas mesmo assim ela queria. Ela queria provar para ele que ela não era esta vagabunda interesseira que a mídia estava pintando. Ela queria empurrar isso na sua cara e depois gritar com ele. Bater em seu peito e empurrá-lo contra uma parede. Ela queria ser capaz de maltratá-lo e ver o horror atravessar seu rosto antes que ela o abandonasse.

Ela estava cansada de ser abandonada. De ser jogada de lado pelas circunstâncias além do seu controle. Mas só de pensar nisso a fez se sentir ainda mais cansada do que já estava.

E seu corpo finalmente sucumbiu ao sono.

Capítulo 2

Ash

Já era a maldita fuga no fim de semana. Ash saiu da mercearia, sua mente acelerada com raiva. Que diabos aquela mulher estava fazendo no seu território? Por que diabos ela estava nos Hamptons? Aquela pequena vagabunda interesseira. Ela realmente esperava convencê-lo com aqueles grandes olhos de filhote de cachorro que, de alguma maneira, ela era inocente quando sua fuga de tudo isso era os Hamptons?

Lá no fundo, Ash sabia que estava sendo ridículo. Estar tão zangado era o controle que ela ainda mantinha sobre ele. Mas seja qual fosse a desculpa que ele pudesse encontrar para ceder à sua raiva, ele a aceitaria. A maneira como Kallie o queimou estava fixado firmemente na vanguarda da sua mente. Sua ideia de passar um fim de semana nos Hamptons para escapar das coisas nitidamente não iria funcionar. Não com ela por perto. É claro que ela estaria ali para estragar tudo. Para contaminá-lo com seus modos nojentos e encontrar outro homem para assediar.

Ash tentava decidir se voltava para a cidade. Sair da gaiola em que ele se jogou para o fim de semana. Melhor ainda, ele poderia pegar um avião. Voar em um dos aviões do seu pai para um lugar desconhecido onde ele poderia começar a desfazer o dano que Kallie havia gravado em seu coração. Vê-la ali naquela loja e sentir a maneira como

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Amor Seguro

4.6
5 avaliações / 1 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores

  • (5/5)
    Ameiiii.....triologia muito desenvolvida da Lexy Timms...super recomendo pra vcs amigos.?????