Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Eu não conseguia falar, então eu escrevi
Eu não conseguia falar, então eu escrevi
Eu não conseguia falar, então eu escrevi
E-book117 páginas28 minutos

Eu não conseguia falar, então eu escrevi

Nota: 5 de 5 estrelas

5/5

()

Sobre este e-book

Quando eu tinha 5 anos de idade, ao entrar no ônibus escolar, eu caminhava de cabeça baixa, encarando meus pés. Eu fazia isso porque era extremamente tímida e os olhares e cochichos alheios, sempre me assustaram muito.
Tudo sempre me assustou muito. Eu não conseguia me expressar. Eu não consegui ser eu mesma. Eu queria gritar, porque eu não consegui falar. Então eu decidi escrever.
Toda história merece ser contada e de poema em poema, eu escrevi a minha.
IdiomaPortuguês
EditoraViseu
Data de lançamento1 de out. de 2019
ISBN9788530011673
Eu não conseguia falar, então eu escrevi
Ler a amostra

Relacionado a Eu não conseguia falar, então eu escrevi

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Avaliações de Eu não conseguia falar, então eu escrevi

Nota: 5 de 5 estrelas
5/5

5 avaliações0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

    Pré-visualização do livro

    Eu não conseguia falar, então eu escrevi - Sabrine Cantele

    gestos.

    I

    Eu não quero sentir medo e meu peito carregado toda vez que eu respiro.

    Tantos prédios nessa cidade nos impedem de ver

    A linha tênue entre o que você quer e o que você implora

    E como nós nos tornamos a personificação daquilo que tanto criticamos

    Quando o nosso discurso fúnebre for citado

    O nosso número de likes se tornará irrelevante

    Mas o já o sofá já é o nosso novo lar

    E a solidão já é a nossa nova melhor amiga

    Tantos prédios nessa cidade nos impedem de ver

    A televisão distorce aquilo que é real

    E todos nós consumimos e pedimos mais

    É difícil olhar no espelho e se reconhecer

    Quando você é apenas o reflexo dos seus medos e inseguranças

    Tente não trocar sua alma por ouro

    É assim que eles te corrompem

    Tantos prédios nessa cidade nos impedem de ver

    E você se sente como um castelo de cartas prestes a

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1