Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Transforme seu marido até sexta: Mude a atitude, o comportamento e a comunicação dele em cinco dias

Transforme seu marido até sexta: Mude a atitude, o comportamento e a comunicação dele em cinco dias

Ler a amostra

Transforme seu marido até sexta: Mude a atitude, o comportamento e a comunicação dele em cinco dias

notas:
5/5 (3 notas)
Duração:
249 páginas
3 horas
Lançados:
19 de fev. de 2019
ISBN:
9788543304168
Formato:
Livro

Descrição

Se você se sente sozinha ou tem a sensação de falar com as paredes muitas vezes, este livro é para você. Se aquele príncipe encantado por quem você se apaixonou virou um sapo feio depois de alguns anos de casamento, leia este livro.

Muitas mulheres passam por isso todos os dias. Não se sentem amadas, os maridos não ligam mais para seus problemas ou para o que dizem, as principais decisões do casal parecem partir somente dela, sem ajuda ou participação do cônjuge. Quando a situação chega neste ponto, algumas opções são: divórcio; manter o casamento sob tensas e constantes brigas; calar-se, fingir que está tudo bem.

Para Kevin Leman, o rumo de um casamento assim pode ser outro. Transformar seu marido em cinco dias... É possível? Kevin Leman acredita que sim. Até mesmo antes de sexta-feira. Desde que você faça tudo corretamente. Este não é um livro de receitas prontas, mas um guia prático, repleto de dicas preciosas, para que grandes mudanças aconteçam. Dr. Leman sabe que promover mudanças no casamento não é fácil, mas para ele é uma tarefa simples. Tudo começa com você e sua motivação e seu desejo de fazer as coisas funcionarem no casamento. Para ele, você, como esposa, é a melhor professora que um homem poderia ter. E ele precisa de você como nunca! Seja um agente de transformação no seu relacionamento conjugal e vivam felizes para sempre!
Lançados:
19 de fev. de 2019
ISBN:
9788543304168
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Transforme seu marido até sexta

Leia mais de Kevin Leman

Livros relacionados

Amostra do livro

Transforme seu marido até sexta - Kevin Leman

Capa do livro Transforme seu marido até sexta

Você é candidata a ler este livro?

Faça nosso teste para descobrir. Simplesmente marque S para Sim ou N para Não no quadrinho antes de cada item.

Sobre você

Em certos dias, você se pergunta: Por que me dou ao trabalho de fazer coisas agradáveis para meu marido? Ele nem liga.

Você se pergunta: Qual é o meu papel nessa história?

Você teme a palavra divórcio.

Às vezes, você simplesmente não o entende.

Às vezes, você se sente uma empregada (e o pagamento não compensa).

Você se pergunta se ele realmente a ama, se realmente se importa com você.

Você é quem sempre toma a iniciativa para tudo no casal.

Você sente que é a única a manter a família unida.

Você realmente não tem certeza se quer mais seu marido — e se precisa dele.

Você se pergunta onde foi parar seu cavaleiro de armadura brilhante.

Sobre seu marido

Ele nunca (ou raramente) a ouve, mesmo que você tenha algo importante a dizer.

Ele é boa pessoa, mas não faz a menor ideia de como você se sente.

Ele nunca ajuda nos serviços de casa.

Quando ele fica nervoso, deixa você paralisada.

Você faz uma pergunta, e não obtém resposta. Você se pergunta se ele tem problema de audição ou se simplesmente a está ignorando.

Ele só se concentra no próprio trabalho e em outros projetos, e sua impressão é a de que você não aparece no radar dele.

Ele não a respeita muito.

Ele é violento com palavras e/ou ações.

Ele não dá a mínima para o romantismo. (Flores uma vez por ano no Dia dos Namorados simplesmente não é suficiente.)

Ele a trata como uma escrava sempre às ordens.

Você precisa lembrá-lo mil vezes das coisas que quer que ele faça.

Sobre seu relacionamento

Às vezes, você se pergunta: Onde está o homem que namorei? O homem com quem me casei?

Casamento não tem nada a ver com o que você sonhava, e você admite que está decepcionada.

Tarde da noite, você se pergunta se seu casamento vai sobreviver.

Você está em conflito ativo e contínuo.

O romance já se foi há tempos.

Melhorar a comunicação seria muito bom (você está um pouco cansada de falar sozinha).

Você deseja que seu relacionamento seja muito mais do que isso.

Você deseja ter um ótimo casamento, como o de sua melhor amiga.

Você é a única que está tentando fazer o casamento funcionar.

Se você se identificou com qualquer desses tópicos e assinalou pelo menos um S, não só precisa ler este livro, como levá-lo com você o tempo todo.

Este livro vai direto ao ponto.

Eu prometo.

Transformar seu marido até sexta-feira? É possível?

Para dizer a verdade, é balela. Você pode transformar seu marido até quarta-feira, se fizer tudo corretamente. Continue a ler e mostrarei.

É a reviravolta milagrosa que você espera há tanto tempo.

Eu garanto.

Folha de rosto do livro Transforme seu marido até sexta

Copyright © 2009 por Kevin Leman

Publicado originalmente por Baker Publishing Group, Grand Rapids, Michigan, EUA.

Para proteger a privacidade das pessoas que compartilharam suas histórias com o autor, alguns detalhes e nomes foram alterados.

Preparação: Rosa Ferreira

Revisão: Josemar de Souza Pinto

Diagramação: Sonia Peticov

Diagramação para e-book: Calil Mello Serviços Editoriais

Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610, de 19/02/1998. É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste livro, por quaisquer meios (eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação e outros), sem prévia autorização, por escrito, da editora.

Índices para catálogo sistemático:

1. Casamento - Aspectos religiosos - Cristianismo. 3. Livros eletrônicos. I. Título.

Categoria: Casamento

Publicado no Brasil com todos os direitos reservados por:

Editora Mundo Cristão

Rua Antônio Carlos Tacconi, 69, São Paulo, SP, Brasil, CEP 04810-020

Telefone: (11) 2127-4147

Home page: www.mundocristao.com.br

1ª edição eletrônica: abril de 2012

2ª edição eletrônica: abril de 2019

À sra. Uppington, a melhor esposa e amiga que eu poderia ter. Agradeço a Deus pelo dia em que a conheci (no banheiro masculino) e por você ter dito sim há mais de 45 anos, no terreno atrás da casa de meus pais (sempre fui romântico). Sei que, quando você era uma garotinha, orava para um dia encontrar um homem de personalidade. Mas Deus tem senso de humor; ele decidiu que a minha personalidade seria suficiente.

Que pessoa de classe é você, sra. Uppington — uma mãe incrível e uma mulher deliciosa com que compartilhar a vida. A corrida tem sido ótima, não é? O que poderia ser melhor do que cinco filhos maravilhosos que nos amam e se amam? Você enriqueceu não só a minha vida com sua beleza, força, gentileza e consideração, mas a de incontáveis pessoas.

Com amor, Leemie

Sumário

Agradecimentos

Introdução

Satisfação garantida

Como você gostaria que seu novo marido fosse entregue? Via internet? Pelo correio? (Também pode ser por sedex, mas a tarifa é um pouco mais alta.) Ou você gostaria que ele fosse entregue pessoalmente?

Segunda-feira

Segredos revelados

Sim, vocês são de espécies diferentes, mas podem funcionar juntos em harmonia.

Terça-feira

Criaturas de outro planeta... ou criaturas de hábito?

Para entender os homens, você precisa segui-los até seu covil.

Seção bônus

Sem o menor respeito

Você está tentando transformar sua zebra em cavalo?

Quarta-feira

Pense no que quer dizer e, então, divida por dez

Como falar para que o cara realmente a ouça... e ouça para que o cara realmente fale.

Quinta-feira

Pense nele como uma foca esperando um peixe de dois quilos

Por que fazer amor com seu homem é a chave para saber quem ele é e quanto ficará satisfeito, e qual seu papel nisso tudo.

Sexta-feira

É preciso ser uma mulher de verdade para fazer um homem se sentir um homem de verdade

Como abrir o coração de seu homem, revolucionar sua vida amorosa e transformá-lo no cavaleiro com quem você sempre sonhou.

O que você faria se...?

Faça esse teste para descobrir se sua intuição é infalível ou passa longe do alvo.

Epílogo

Não é fácil, mas é simples

Contagem regressiva para transformar seu marido até sexta-feira

O que você faria se...? Respostas do teste

Notas

Agradecimentos

Quem disse que um homem não precisa de uma mulher? Em meu caso, preciso de muitas delas, incluindo estas três mulheres maravilhosas:

Jessica Miles, minha editora na Revell, por seu olho clínico e contribuições de grande auxílio, que deixaram este meu filho mais novo nos trinques.

Lonnie Hull DuPont, que de alguma maneira dá um toque pessoal a seu trabalho e ainda se mantém em dia com o turbilhão de projetos que passa por sua mesa.

Ramona Cramer Tucker, que compartilha da minha paixão por ajudar famílias a construir alicerces relacionais sólidos — e encorajá-las a sorrir e dar boas risadas durante a travessia.

INTRODUÇÃO

Satisfação garantida

Como você gostaria que seu novo marido fosse entregue? Via internet? Pelo correio? (Também pode ser por sedex, mas a tarifa é um pouco mais alta.) Ou você gostaria que ele fosse entregue pessoalmente?

Você se lembra daqueles primeiros momentos eufóricos que compartilhou com seu marido depois que vocês se tornaram um só? Dos sonhos, esperanças e desejos que surgiram com esse entusiasmo? Das noites em que vocês conversaram e se abraçaram A.C. (antes das crianças)?

Mas talvez pareça que você está fazendo uma escavação arqueológica ao se lembrar disso. Você está casada há 5, 8, 17 ou 27 anos e saiu da euforia para a realidade (só o tempo suficiente para as flores do casamento murcharem). Você nem sempre gosta desse cara com quem se casou. Em certos dias ele a perturba; em outros ele a irrita totalmente. A última vez que você ouviu eu te amo foi no Dia dos Namorados dois anos atrás. Você está cansada das discussões, e geralmente vocês têm objetivos opostos. Você deseja que ele ouça melhor, que seja melhor pai e que saia do sofá de vez em quando durante o campeonato de futebol.

Você se vê lutando para manter o casamento revigorado e excitante. A rotina se instalou. Você se pergunta: Como as coisas chegaram a esse ponto?. A vida com o cavaleiro de seus sonhos tornou-se uma chatice, sem esperança de indulto. Seria bom ter um pouco de entusiasmo novamente.

Ou talvez você lide dia sim outro também com homens controladores ou violentos, verbal ou fisicamente. Você está arrasada, cansada e não tem certeza se quer um marido transformado... pelo menos não o que você já tem. Você está pronta para se livrar do modelo antigo para sempre, mas decidiu dar uma última chance a ele, para ver se realmente quer salvar seu casamento. (Segure a onda. Tenho uma seção especial para você.)

Tantos casais se contentam com tão pouco no casamento quando poderiam ter muito mais. Não caia nessa. A verdade é que, mesmo depois de 10, 25 ou 35 anos, seu casamento pode ser tão rico, completo, maravilhoso, excitante e sensual quanto se pode imaginar! Você precisa saber. Sou casado há mais de quarenta anos — seguidos e com a mesma mulher —, e nós ainda continuamos tão ativos quanto o coelhinho da Duracell.

Você vai gostar de certas coisas neste livro, e de outras não. Sinta-se à vontade para discutir comigo a qualquer momento. Tudo o que peço é que me ouça. Você escolheu este livro por algum motivo. O título a atraiu. Você não gostaria de transformar seu marido até sexta-feira? Toda mulher é, no fundo, uma Martha Luther — uma reformista. E tem planos para seu homem.

É possível?, você se pergunta. Estou trabalhando nisso há anos e nunca consegui mudá-lo. Agora vem esse psicólogo e diz que posso transformar meu marido até sexta-feira? Isso eu quero ver! Mas se funcionar...

Sim, os princípios deste livro realmente funcionam. Foram testados em milhares de relacionamentos, com resultados muito satisfatórios. E, melhor de tudo, são simples. Você não precisa agendar três almoços com as amigas para discuti-los e compreendê-los. Seu homem é uma criatura muito simples. Se você fizer algumas coisas de maneira correta e sistemática para atrair a atenção dele, ficará surpresa ao ver como realmente é simples. Então você pode ligar esperançosamente para suas amigas e dizer: Ei, vocês precisam ler esse livro. Funciona incrivelmente bem!.

Siga esses princípios e você transformará seu marido até sexta-feira. Ele fará qualquer coisa para você. Entendeu? Qualquer coisa. Isso abrange a história toda, não é? Significa ter um marido que quer agradá-la emocional, intelectual, física e espiritualmente. Ele será seu parceiro em igualdade de condições, ajudando-a em qualquer tarefa que precise ser realizada.

Transforme seu marido até sexta é um plano de ação simples de ser seguido. Não é fácil, mas é simples. As mudanças que você verá nas atitudes, no comportamento e na comunicação de seu marido vão impressioná-la. Eu garanto.

Tudo começa ao conhecer essa criatura de duas pernas com quem você foi para o altar.

SEGUNDA-FEIRA

Segredos revelados

Sim, vocês são de espécies diferentes, mas podem funcionar juntos em harmonia.

— Ei, querida, onde está a mostarda? — perguntei em pé na cozinha com a porta da geladeira totalmente aberta.

— Está na geladeira — disse minha esposa, a dois cômodos de distância.

Tentei enfiar o tronco ainda mais para dentro da geladeira, a fim de olhar e, então, me ergui novamente.

— Não, não está.

— Está sim — insistiu Sande — à direita.

Dei mais uma olhada desesperançada, encolhi os ombros e gritei novamente:

— Não, não está.

Não conseguia ver Sande, mas podia imaginá-la revirando os olhos em câmera lenta. Afinal, isso tinha sido encenado incontáveis vezes em nosso casamento.

Sande voou para a cozinha, caminhou até a geladeira, abriu a porta que eu fechara sem esperanças e pegou o item que eu estava procurando.

— Seria isso o que você está procurando? — disse a sra. Uppington, com uma expressão que demonstrava quanto eu era realmente estúpido. Então ela retomou seu trabalho, balançando a cabeça.

Afinal, por que as mulheres sempre vencem no achados e perdidos?

Recentemente a companheira de quarto de minha filha universitária Hannah ficou noiva. Soube disso quando estava conversando com Hannah pelo telefone. Perguntei a ela, do jeito típico de homem/pai:

— Bem, querida, quais são as novidades?

— Ah, Becca, minha companheira de quarto, acabou de ficar noiva.

— Que legal — eu disse.

E foi só. Fim de papo. Próximo assunto.

No dia seguinte, Sande e eu estávamos no carro, e Hannah ligou para a mãe. Evidentemente ela contou a mesma notícia, pois Sande disse com entusiasmo:

— Oh, que boa notícia! Que maravilha! Becca deve estar tão feliz, tão eufórica!

E então começou uma longa conversa. Você sabe que perguntas eu ouvi?

— Onde ele deu a ela o anel?

— Quando eles vão se casar?

— Ela ficou surpresa?

— Onde vai ser o casamento?

— Os pais dela gostam dele?

— Você vai fazer uma festa de noivado para ela?

— Como é o anel?

— Você gostou?

— O que você achou do noivado?

Etc., etc., etc., com pausas entre as perguntas para o papo animado de Hannah do outro lado.

Eu apenas sorri. Definitivamente existe uma diferença entre a forma de comunicação de homens e mulheres. Hannah e eu somos próximos. Telefonamos um para o outro com frequência. Mas ela se relaciona com a mãe de uma maneira diferente.

Houve também o pequeno encontro que presenciei ontem. Estava sentado em um restaurante em Elmira, Nova York, e bem ao meu lado havia uma mesa com dois casais de trinta e poucos anos. As duas mulheres falavam como dois pica-paus com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade). Elas abriram o coração o tempo todo, expressivamente, olho no olho, a uma distância de vinte centímetros, durante todos os 45 minutos em que fiquei no restaurante. Os maridos? Tinham o comportamento típico masculino.

— Dia bonito, né?

— É.

— A sopa tá boa.

Um aceno de cabeça.

Não pude evitar. Cutuquei o cara ao meu lado e disse:

— Vê essas duas mulheres? Elas estão fazendo o que sabem fazer melhor. Estão abrindo o coração.

Ele riu.

Nós dois observamos quando as mulheres se levantaram da mesa e, então, de braços dados enquanto saíam, falavam sobre quando iam se encontrar novamente. Bem, na terça seria bom tomar café da manhã, mas na quarta só posso almoçar. Na quinta, eles têm uma sopa maravilhosa. Então que tal na quinta? Elas ainda estavam falando pelos cotovelos, enquanto os maridos, cuja frequência de palavras tinha sido abolida nessa breve troca, seguiam atrás.

Eu consigo me relacionar. Como homem, considero-me um cara de sorte por ter um grande amigo que é meu chapa desde que eu tinha três anos de idade. Mas Cabeção e eu passamos nosso tempo juntos abrindo o coração? Não. Vamos pescar, vamos a jogos de futebol. Trocar rosnados guturais e gritar Pega eles! é suficiente para nós. Mas e nossas esposas? Elas estão sempre no modo abrir o coração e importar-se, sem contar os eventuais abraços.

Há também o fato de que, quando preparo o jantar em casa, ocorrem pausas de dez minutos entre cada prato. Milho!, eu grito, e todos vêm à mesa e comem milho. Dez minutos depois: Batatas!. Mais uns bons vinte minutos depois e: Ótimo, a carne está pronta!.

Compare isso à minha adorável esposa, que solta uma refeição incrível, lindamente disposta. E, mais chocante ainda, toda a comida fica pronta ao mesmo tempo! (Bem, eu preciso até desligar o rádio do carro quando procuro alguma coisa. Multitarefas não é meu forte.)

Não há dúvidas quanto a isso. Homens e mulheres são diferentes. Se você não acredita que isso é verdade, então é melhor deixar este livro de lado. Você não vai entender o que estou dizendo.

Existe uma noção errada na sociedade de que igualdade significa sem diferenças. Sim, homens e mulheres são iguais, mas tenho certeza absoluta de uma coisa: eles são diferentes.

IGUAIS, MAS DIFERENTES

Homens e mulheres são claramente diferentes. Nossos cérebros são diferentes, a composição química de nossos corpos é diferente, nossas emoções são diferentes, e vemos a vida de ângulos completamente diferentes. Por exemplo, a publicação científica Cerebral Cortex relatou que a parte do cérebro que controla as capacidades visuais-espaciais e os conceitos de espaço mental — habilidades necessárias para tarefas como matemática e arquitetura — é cerca de 6% maior nos homens do que nas mulheres.¹ O cérebro dos homens é maior, mas o das mulheres contém mais células cerebrais.²

Princípios a seguir

Ele é seu marido, não sua amiga.

Ele jamais pensará da mesma forma que você.

Ele é igual, mas é diferente.

Segundo estudos, os cérebros de homens e mulheres funcionam de forma diferente. Quando homens e mulheres desempenham tarefas idênticas, regiões diferentes do cérebro são acionadas como resposta.³ Mulheres podem usar ambos os hemisférios, enquanto a atividade cerebral masculina é restrita a um lado.⁴ O pesquisador L. Cahill e seus colegas descobriram que a atividade de memória do lado esquerdo é mais forte nas mulheres, e a atividade do lado direito é mais forte nos homens.⁵

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Transforme seu marido até sexta

5.0
3 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor