Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

A Oração de Jacó
A Oração de Jacó
A Oração de Jacó
E-book35 páginas34 minutos

A Oração de Jacó

Nota: 4.5 de 5 estrelas

4.5/5

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

Um verdadeiro mergulho na história de Jacó, um homem de muitas falhas e que teve uma mudança de caráter após um impactante encontro com Deus.

Esse sermão pregado por Charles Spurgeon nos convida a refletirmos sobre o nosso caráter como cristãos e nos mostra o quanto o Senhor está disposto a nos moldar para enfim termos uma comunhão intima e plena com Ele.

Charles Haddon Spurgeon, foi um pregador batista reformado britânico referido como C. H. Spurgeon (Kelvedon, Essex, 19 de junho de 1834 — Menton, 31 de janeiro de 1892).

Converteu-se ao cristianismo em 6 de janeiro de 1850, aos quinze anos de idade. Aos dezesseis, pregou seu primeiro sermão; no ano seguinte tornou-se pastor de uma igreja batista em Waterbeach, Condado de Cambridgeshire (Inglaterra). Em 1854, Spurgeon, então com vinte anos, foi chamado para ser pastor da capela batista de New Park Street, Londres, que mais tarde viria a chamar-se Tabernáculo Metropolitano, transferindo-se para novo prédio.

Desde o início do ministério, seu talento para a exposição dos textos bíblicos foi considerado extraordinário. Sua excelência na pregação das Escrituras Bíblicas lhe renderam o título de O Príncipe dos Pregadores e O Último dos Puritanos.
IdiomaPortuguês
EditoraLeo Kades
Data de lançamento15 de jan. de 2020
ISBN9788582181171
Ler a amostra
Autor

Charles H. Spurgeon

Charles Haddon (CH) Spurgeon (1834-1892) was a British Baptist preacher. He started preaching at age 19, and quickly became famous. He is still known as the "Prince of Preachers", and frequently had more than 10,000 present to hear him preach at the Metropolitan Tabernacle, in London. His sermons were printed in newspapers, translated into many languages, and published in many books.

Leia mais títulos de Charles H. Spurgeon

Relacionado a A Oração de Jacó

Ebooks relacionados

Artigos relacionados

Avaliações de A Oração de Jacó

Nota: 4.666666666666667 de 5 estrelas
4.5/5

3 avaliações0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    A Oração de Jacó - Charles H. Spurgeon

    Sumário

    Sumário

    O modelo de oração de Jacó

    Primeira Parte

    Segunda Parte

    Terceira Parte

    EXPOSIÇÃO DE C. H. SPURGEON:GÊNESIS 32

    O modelo de oração de Jacó

    E orou Jacó: Deus de meu pai Abraão e Deus de meu pai Isaque, ó Senhor, que me disseste: Torna à tua terra e à tua parentela, e te farei bem; sou indigno de todas as misericórdias e de toda a fidelidade que tens usado para com teu servo; pois com apenas o meu cajado atravessei este Jordão; já agora sou dois bandos. Livra-me das mãos de meu irmão Esaú, porque eu o temo, para que não venha ele matar-me e as mães com os filhos.

    E disseste: Certamente eu te farei bem e dar-te-ei a descendência como a areia do mar, que, pela multidão, não se pode contar. Gênesis 32.9-12

    Vocês devem ter percebido, queridos amigos, quão frequentemente Deus faz a vida de um homem ser o reflexo de seu caráter. Há um eco do caráter do homem em sua experiência externa.

    Vejam a vida de Abraão. Ele confiou em Deus em um grau muito elevado – seria incorreto dizer que Deus também confiou muito nele?

    O Senhor falava com Abraão como um homem fala com seu amigo e, quando estava prestes a destruir Sodoma e Gomorra, ele disse: Ocultarei a Abraão o que estou para fazer? [Gn 18.17]. E como Abraão tinha confiado em Deus de modo tão notável, o Senhor confiou a ele sua semente com os oráculos de Deus e com as formas externas de adoração religiosa, de modo que foi pela semente de Abraão que a Verdade de Deus foi passada adiante, de geração a geração, até os dias de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Então, depois, em contraste com a vida de Abraão, temos o caso de Jacó. Ele começa a vida enganando seu irmão e, por mais que o logro possa ter sido usado

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1