Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações
Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações
Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações
E-book288 páginas2 horas

Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Sobre este e-book

O objetivo deste livro é apresentar o estado da arte das ciências Gerenciamento de Portfólios, Gerenciamento de Programas e Gerenciamento de Projetos, e seu uso nas organizações. Mostra como este conjunto se liga ao Planejamento Estratégico e apresenta uma plataforma para o Gerenciamento de Portfólio e outra para o Gerenciamento de Projetos. Exibe também como implementar estas plataformas.
IdiomaPortuguês
Data de lançamento2 de fev. de 2016
ISBN9788555560118
Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações
Ler a amostra

Relacionado a Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações

Títulos nesta série (5)

Visualizar mais

Livros relacionados

Artigos relacionados

Avaliações de Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

    Pré-visualização do livro

    Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações - José Ricardo Miglioli

    Ficha Catalográfica

    P896g        PRADO, Darci

    Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas organizações / Darci Prado, José Ricardo Miglioli. – 6 ed. – Nova Lima: FALCONI Editora, 2016.

    219 p.: il. – (Série Gerenciamento de projetos, vol. 1)

    ISBN: 978-85-5556-011-8

    1. Gerenciamento de projetos – Administração. 2. I. Miglioli, José Ricardo. II. Título.

    CDD: 658.4032

    Capa: África São Paulo Publicidade Ltda.

    Editoração eletrônica: Jeferson Teixeira Soares

    Revisão do texto: Dila Bragança de Mendonça

    Produção de ePub: Cumbuca Studio

    Prado-MEPCP, Prado-MEGP, Prado-SISGEP e Prado-MMGP

    são marcas proprietárias de DP Informática Ltda.

    Copyright © 1998-2016 by DARCI SANTOS DO PRADO

    Direitos comerciais desta edição: FALCONI Editora

    Printed in Brazil – Impresso no Brasil

    Este livro é dedicado a

    Cláudio Moura

    Donaldo de Sousa Dias

    Luiz Felipe Ormondes

    Fernando Giorno

    Frank Smith

    Paulo Tarcísio Deschamps Pires

    Renato de Oliveira Lins

    Rogério Gomes de Andrade

    A eles devo o ingresso e o aperfeiçoamento

    nesta área, quando trabalhávamos na IBM.

    Darci Prado

    Sumário

    Apresentação

    Prefácio dos autores

    1 Introdução

    1.1 Sobrevivência e crescimento das organizações

    1.2 Gerenciamento de projetos e metas

    1.3 Benefícios comprovados

    1.4 Portfólios, programas e projetos

    1.5 Conteúdo deste livro: conceitos e plataformas

    2 Tipos de organização

    2.1 O trabalho do dia a dia

    2.2 Processos finalísticos e de suporte

    2.3 Tipos de organização

    3 Onde estão os projetos?

    3.1 O ciclo de gestão estratégica e operacional

    3.2 O planejamento estratégico

    3.3 Organizações orientadas a projetos

    3.4 Setores orientados a projetos

    3.5 Projetos corporativos

    3.6 Governo

    3.7 Onde estão as carteiras de projetos? – Conclusões

    3.8 Resumo

    Parte A – Planejamento estratégico

    4 A formulação estratégica

    4.1 Documentos do planejamento estratégico

    4.2 O plano estratégico anual ou plano operacional (PO)

    4.3 Componentes do planejamento estratégico

    4.4 Conduzindo uma formulação estratégica ampla

    4.5 Formulação estratégica simplificada

    4.6 Estratégias emergentes

    4.7 Revisões extraordinárias

    5 Alinhamento estratégico

    5.1 A escolha dos programas / projetos

    5.2 O mapa estratégico

    6 Origem das metas corporativas

    6.1 Os stakeholders (partes envolvidas)

    Parte B – Uma plataforma para gerenciamento de portfólios

    7 Gerenciamento de portfólio

    7.1 Identificação dos portfólios

    7.2 Gerenciamento de portfólios – Acompanhamento

    8 Uma plataforma para gerenciamento de portfólios

    8.1 O macrofluxo de processos

    8.2 Identificação das áreas envolvidas

    8.3 Estrutura organizacional

    8.4 Metodologia

    8.5 Informatização

    8.6 Competências

    Parte C – Gerenciamento de programas

    9 Gerenciamento de programas

    9.1 Entendendo o conceito

    9.2 Processos para gerenciamento de programas

    9.3 Processos para gerenciamento de não projetos

    9.4 Resumo comparativo

    Parte D.1 – Uma plataforma para gerenciamento de projetos

    10 O modelo

    11 Categorias de projetos

    11.1 O modelo de Archibald

    11.2 Diferenciando pelo tamanho

    11.3 Diferenciando pela importância

    12 A plataforma

    13 Metodologia

    13.1 O que é uma metodologia?

    13.2 A metodologia MEPCP

    13.3 Documentação

    14 Aspectos organizacionais

    14.1 Estruturas organizacionais mais usadas

    14.2 O escritório de projetos

    14.3 Comitês

    14.4 O gerente do projeto

    14.5 Padrinho (Sponsor)

    14.6 Equipe do projeto

    14.7 Documentação

    15 Informatização

    15.1 A rede de informática

    15.2 Pacotes

    15.3 Desenvolvendo um SGP

    15.4 Documentação

    16 Competências

    16.1 O modelo IPMA

    16.2 O modelo do PMI

    16.3 O plano de capacitação

    17 Alinhamento estratégico dos projetos às estratégias

    Parte D.2 – Implementando a plataforma para gerenciamento de projetos

    18 Fatores críticos de sucesso

    18.1 A busca do sucesso

    18.2 Fatores críticos de sucesso

    19 A implementação

    19.1 A importância do tema maturidade

    19.2 O modelo de maturidade Prado (MMGP)

    19.3 O diagnóstico

    19.4 Escolha da estratégia para o crescimento

    19.5 O plano de crescimento: planejamento e execução

    20 Documentação

    20.1 Padronização

    20.2 Mapeamento de processos

    20.3 Quem elabora

    Bibliografia

    Apêndice A

    Apêndice B

    Apresentação

    Durante décadas o Brasil dissociou os conceitos gerenciais da gestão propriamente dita. Os acadêmicos se bastavam em suas próprias pesquisas, eventualmente até ignorando a realidade concreta das empresas. Os gestores, por sua vez, confiavam em um comando formado tão somente por boas doses de intuição e carisma. Uma seara não andava ao lado da outra como se fossem mundos apartados e inconciliáveis. O conhecimento científico rejeitava o empirismo, e vice-versa. Eis que tanto no setor público quanto no privado surgiram organizações muitas vezes sem método, sem meta e sem foco. Sem meritocracia. Só que acabaram perecendo, especialmente com o advento da abertura econômica.

    Mas essa antítese artificial entre teoria e prática foi sendo quebrada por pessoas como nosso consultor Darci Prado, bem como por obras como as que compõem a série Gerência de projetos. Este primeiro livro – Gerenciamento de portfólios, programas e projetos nas empresas – mostra que, para a satisfação de quem lida com a área, a gestão não deixou de ser arte. Predicados pessoais contam – e muito. Porém, os atributos individuais de um gestor não resistem, principalmente num mercado tão complexo, se não estiverem acompanhados por um gerenciamento criterioso de projetos e metas, por meio do investimento em conhecimento e, se necessário, antecedidos por mudanças culturais no perfil das empresas.

    Darci conhece o que escreve. E escreve o que conhece. Como executivo de grandes empresas, viveu o mundo da gestão. Com uma experiência de mais de 40 anos lecionando disciplinas sobre o tema, fez densa carreira acadêmica. Na FALCONI, treinou centenas de pessoas e deu consultoria a inúmeras organizações. Seja em governos, seja em empresas, consagrou seu nome como grande especialista na área.

    A FALCONI se orgulha em difundir essa mentalidade entre seus parceiros e pelo Brasil afora. E outro sentimento não poderia ter uma instituição cujo fundador é a maior referência em gestão no País. O professor Falconi transformou-se num verdadeiro missionário das boas práticas gerenciais – ou um guru como muitos o identificam. E continua ao nosso lado não apenas como consultor e fundador, senão também como grande inspirador e orientador técnico. Graças a líderes como ele e ao acúmulo de conhecimento e experiências como o do professor Darci, hoje vivemos em outro momento – muito mais desafiador para a nação e para cada um de nós. Mais moderno e ousado.

    Nós acreditamos que empresas e governos eficientes constroem efetivamente uma sociedade melhor e mais justa. A partir dessa crença, temos a missão de contribuir, através da introdução do método de gestão, para o aprimoramento da capacidade gerencial. A obra de Darci Prado, tecnicamente substanciosa e textualmente agradável, agora relançada, é ferramenta relevante para avançarmos nessa direção.

    Boa leitura!

    Mateus Affonso Bandeira

    Presidente Executivo da FALCONI Consultores de Resultado

    Prefácio dos autores

    No século XX, o sucesso foi obtido pelas empresas que possuíam os melhores sistemas de marketing aliados a eficientes sistemas de produção, logística, administração, finanças e RH, e tinham sobre esses mesmos sistemas um forte controle das operações rotineiras. Nos últimos anos do século XX e no início do século XXI, a sobrevivência e o progresso das empresas passaram a depender também de sua capacidade de identificar e executar as melhores mudanças. Compete ao planejamento estratégico e às lideranças das organizações identificar e selecionar as melhores estratégias e ao gerenciamento de projetos ser o agente executor das mudanças. Cada mudança é um projeto.

    O assunto gerenciamento de projetos tornou-se ciência a partir da década de 1960 e sempre foi visto como importante e estratégico. Inicialmente seus principais usuários eram empresas de construção e montagem. A expansão para outros ramos de atividades foi acontecendo paulatinamente, e hoje é empregado por todos os tipos de empresas particulares e governamentais. A partir da década de 1990, essa modalidade gerencial vem sendo vista como crítica para a sobrevivência e o progresso das organizações. Está havendo um movimento intenso nas organizações para melhor utilizarem suas técnicas e métodos. Treinamentos e programas de certificações tanto de profissionais como de organizações estão na ordem do dia. A questão atual para muitas empresas é como implantar ou aperfeiçoar o processo de gerenciamento de seus projetos, de uma forma segura, confiável e sustentável.

    O objetivo deste livro é apresentar o estado da arte do gerenciamento de projetos nas organizações e introduzir uma plataforma para sua implementação, assim como para programas e portfólios. A plataforma deve ser implantada de forma integrada com os outros dois grandes grupos de processos existentes em toda organização, quais sejam o gerenciamento das operações rotineiras e o planejamento estratégico. Espera-se que o leitor já possua conceitos introdutórios no tema. O livro é o resultado da nossa vivência com o assunto desde 1972.

    Darci Prado

    José Ricardo Miglioli

    Belo Horizonte (MG)

    1ª edição: abril de 2000

    6ª edição: julho de 2016

    Capítulo 1

    Introdução

    1 Introdução

    Nos tempos atuais o mercado consumidor exige continuamente produtos e serviços de melhor qualidade e menor custo, o que ocasiona uma verdadeira maratona entre as empresas para conquistar o cliente. Em um mercado globalizado, com dezenas de ofertas para cada tipo de produto, é o cliente que dita o sucesso das empresas. Isso tem levado as organizações a viver em permanente estado de mudança, seja lançando um novo produto ou melhorando o atual, seja efetuando uma ampliação ou modificação na linha de produção, seja efetuando mudanças administrativas, reestruturações, construção de novas fábricas, etc. Todas as mudanças visam tornar a empresa mais competitiva. Uma das consequências dessa disputa entre as empresas pode ser constatada pelo fato de que atualmente 40% dos produtos disponíveis no mercado foram lançados nos últimos dois anos ou então o ciclo de vida médio de um produto de sucesso é de seis anos. Cada mudança é um empreendimento ou projeto, ou seja, um esforço temporário (possui data de início e de término) que tem por finalidade criar um produto, um serviço ou um resultado com características peculiares que o diferenciam de outros que eventualmente já tenham sido criados.

    1.1 Sobrevivência e crescimento das organizações

    Em sua luta pela sobrevivência e crescimento, as organizações focam sua atenção tanto no ano corrente como nos anos seguintes, de modo a atender os principais envolvidos com a organização, tais como acionistas, funcionários, etc.

    Garantindo os resultados o ano corrente

    As ações do ano corrente implicam manter a operação eficiente de modo a atingir os indicadores de resultados previstos. De uma maneira genérica, esses indicadores estão relacionados com aumento de produção, de produtividade, redução de custos, aumento de lucro, participação no mercado, etc. Alguns exemplos incluem lucro líquido, EBTIDA, EVA, Market Share, custo por tonelada produzida, etc. Para tal necessita-se de eficientes sistemas de administração, finanças, RH, produção e logística, além de um forte

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1