Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Fique na pergunta

Fique na pergunta

Ler a amostra

Fique na pergunta

notas:
5/5 (3 notas)
Duração:
73 páginas
45 minutos
Editora:
Lançados:
1 de mar. de 2020
ISBN:
9786556740171
Formato:
Livro

Descrição

O livro Fique na pergunta tenta mostrar de forma simples e objetiva o imenso poder que há no questionamento, na busca por diferentes possibilidades e alternativas.
Afinal, estar atento às circunstâncias, buscar soluções, criar a partir de necessidades são ferramentas inerentes ao ser humano.
Foi por meio destas qualidades que o homem saiu do chão com seus aparelhos voadores, navegou por águas nunca antes navegadas, descobriu a cura para diversas doenças, estabeleceu sociedades e dominou a terra.
Estudos apontam uma maior atividade cerebral gerada pela expectativa de uma resposta. Como consequência, as perguntas ativam o sistema de alerta cognitivo do cérebro, o que permite um melhor aprendizado, além de gerar uma sensação de compensação e prazer durante os processos de aquisição do conhecimento.
Em resumo, aparentemente, quanto mais curioso o indivíduo estiver, mais o cérebro se prepara para obter e reter as informações.
Meu convite é para que você não apenas leia este material, mas também para que esteja atento ao imenso poder criador e transformador que um cérebro questionador possui.
E então; está pronto para começar a perguntar???
Editora:
Lançados:
1 de mar. de 2020
ISBN:
9786556740171
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Fique na pergunta

Livros relacionados

Artigos relacionados

Amostra do livro

Fique na pergunta - C. R. Zago

www.editoraviseu.com

Agradecimentos

A Deus, por sua graça redentora, misericórdia e infinito amor.

À minha amada e doce esposa Grace, por sua generosidade, sabedoria, paciência e extremo amor demonstrados ao longo de mais de 20 anos.

Às minhas queridas filhas Isabella e Giulia, em quem encontro paz, alegria e força

para continuar a cada dia.

À minha família, por seu apoio, incentivo e orações, sem os quais a realização desta

obra não seria possível.

À família de Rossi, Maurílio e Clarice que, de modo singelo e despretensioso, me inspirou em um momento muito especial de minha vida, contribuindo com o despertar de uma nova consciência e me permitindo perceber

infinitas possibilidades.

Ao meu caríssimo amigo Cris Batiston por tão carinhosamente me encorajar a seguir adiante nessa nova e interessantíssima etapa em minha

jornada.

Enfim, a todos aqueles que de alguma forma contribuíram, direta ou indiretamente, para que este projeto se tornasse realidade.

C.R. ZAGO

Sumário

Prefácio

Introdução

Por que perguntar?

Cuidados ao perguntar

O poder da pergunta

A pergunta preserva o cérebro

O que perguntar?

A quem perguntar?

Por onde começar?

Esteja aberto às respostas

Foque naquilo que quer e não no que não quer

Conclusão

Bibliografia

Sobre o autor

Sobre a Viseu

Prefácio

A presente obra tem como objetivo claro, em uma linguagem acessível e de fácil leitura, o propósito de trazer ao conhecimento do leitor o poder que as perguntas possuem e o quanto uma vida pode sofrer mudanças positivas se houver mais reflexão.

Algumas perguntas até mesmo básicas e inerentes ao ser humano desde os primórdios da humanidade podem gerar assunto para infinita discussão e ocupar todo o tempo de uma vida inteira, ou até de algumas vidas.

De modo prático o autor sugere algumas perguntas a serem feitas e a quem serem feitas para assim começar a experimentar o poder de causar uma completa reviravolta mental.

As perguntas despertam curiosidade, a curiosidade cria ideias e ideias levam à inovação e a êxitos.

Todos os grandes homens com suas grandes realizações foram de modo claramente visível, movidos por inquietações geradoras de muitas perguntas e reflexões, sendo assim o combustível para suas possíveis obras. É com alguns desses exemplos que o livro começa a despertar este interesse no leitor e, no decorrer da leitura, com exemplos práticos nos incentiva contraditoriamente a ficar na pergunta, contraditoriamente porque as perguntas sempre nos causam inquietações e mudanças e são esses sentimentos que o autor pretende causar em seus leitores.

As perguntas nos dão um novo ângulo de visão e ao fazê-lo criam uma nova realidade. As perguntas são meios poderosos para desencadear nosso potencial criativo, potencial que, de outra forma, seria inexplorado e não descoberto.

Sendo assim, gostaria de convidá-lo a embarcar nessa jornada fantástica e poderosa que é PERGUNTAR.

Sidney Buenos Aires

Licenciado em História pela Universidade

Paranaense - UNIPAR

Introdução

Se pudéssemos nos expressar de forma clara ao nascer tenho a impressão de que a primeira coisa que faríamos seria perguntar.

Certamente quereríamos saber onde estávamos, o que estava acontecendo, para que tantas luzes ou quem era aquele homem, parecido comigo, desmaiado ao lado da cama sendo socorrido por uma enfermeira.

Na verdade, se tivéssemos consciência, creio que as perguntas se iniciariam muito antes do nascimento. Eu mesmo iria querer saber de onde vinha aquele barulho que parecia um tambor batendo dia e noite sem parar, ou para que servia aquele cordão engraçado que saia do meu abdômen. E aquelas vozes todas, seriam do além?

Não é de hoje que perguntamos, afinal, foi por meio de questionamentos que deixamos as cavernas, controlamos o fogo, desenvolvemos armas e estratégias de caça. Foi a partir de perguntas que criamos o motor a vapor, o trem elétrico e chegamos à lua.

A curiosidade, a inquietação, a pergunta são partes inerentes ao ser humano, ninguém precisa ensinar uma criança a fazer perguntas. Uns mais do que outros, mas, de modo geral, somos

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Fique na pergunta

5.0
3 notas / 1 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor

  • (5/5)
    Muito didático, gostoso de ler e muito realista, pois me vi em muitas páginas desse livro, me fez refletir e com certeza começar a pergunta e ficar nela e sempre me observando.
    Gratidão ?