Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

350 Dicas de direito tributário

350 Dicas de direito tributário

Ler a amostra

350 Dicas de direito tributário

Duração:
96 páginas
1 hora
Editora:
Lançados:
1 de jun. de 2020
ISBN:
9786555150599
Formato:
Livro

Descrição

A presente obra não tem o condão de esgotar temas importantes
do Direito Tributário, mas de nortear estudantes, examinandos
da OAB e concursandos em geral sobre as principais dicas dessa
disciplina.
Para tanto, as dicas foram divididas em tópicos, partindo do
Direito Constitucional Tributário até as súmulas vinculantes em
matéria tributária, sendo cuidadosamente preparadas para o melhor
aproveitamento do leitor.
Agradeço a Deus em primeiro lugar, aos meus familiares e,
por fim, aos meus alunos. Bons estudos!
Editora:
Lançados:
1 de jun. de 2020
ISBN:
9786555150599
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a 350 Dicas de direito tributário

Livros relacionados

Artigos relacionados

Amostra do livro

350 Dicas de direito tributário - Caio Bartine

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) de acordo com ISBD

B288t

Bartini, Caio

350 dicas de Direito Tributário [recurso eletrônico] / Caio Bartini. - 3. ed. - Indaiatuba, SP : Editora Foco, 2020.

89 p. ; ePUB.

Inclui índice e bibliografia.

ISBN: 978-65-5515-059-9 (Ebook)

1. Direito. 2. Direito tributário. 3. Dicas. I. Título.

2020-800

CDD 341.39

CDU 34:336.2

Elaborado por Vagner Rodolfo da Silva - CRB-8/9410

Índices para Catálogo Sistemático:

1. Direito tributário 341.39 2. Direito tributário 34:336.2

2020 © Editora Foco

Autor: Caio Bartine

Diretor Acadêmico: Leonardo Pereira

Editor: Roberta Densa

Assistente Editorial: Paula Morishita

Revisora Sênior: Georgia Renata Dias

Capa Criação: Leonardo Hermano

Diagramação: Ladislau Lima

Produção ePub: Booknando

DIREITOS AUTORAIS: É proibida a reprodução parcial ou total desta publicação, por qualquer forma ou meio, sem a prévia autorização da Editora FOCO, com exceção do teor das questões de concursos públicos que, por serem atos oficiais, não são protegidas como Direitos Autorais, na forma do Artigo 8º, IV, da Lei 9.610/1998. Referida vedação se estende às características gráficas da obra e sua editoração. A punição para a violação dos Direitos Autorais é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal e as sanções civis às violações dos Direitos Autorais estão previstas nos Artigos 101 a 110 da Lei 9.610/1998. Os comentários das questões são de responsabilidade dos autores.

NOTAS DA EDITORA:

a presente obra é vendida como está, sem garantia de atualização futura. Porém, atualizações voluntárias e erratas são disponibilizadas no site www.editorafoco.com.br, na seção Atualizações. Esforçamo-nos ao máximo para entregar ao leitor uma obra com a melhor qualidade possível e sem erros técnicos ou de conteúdo. No entanto, nem sempre isso ocorre, seja por motivo de alteração de software, interpretação ou falhas de diagramação e revisão. Sendo assim, disponibilizamos em nosso site a seção mencionada (Atualizações), na qual relataremos, com a devida correção, os erros encontrados na obra. Solicitamos, outrossim, que o leitor faça a gentileza de colaborar com a perfeição da obra, comunicando eventual erro encontrado por meio de mensagem para contato@editorafoco.com.br.

Erratas: A Editora se compromete a disponibilizar no site www.editorafoco.com.br, na seção Atualizações, eventuais erratas por razões de erros técnicos ou de conteúdo. Solicitamos, outrossim, que o leitor faça a gentileza de colaborar com a perfeição da obra, comunicando eventual erro encontrado por meio de mensagem para contato@editorafoco.com.br. O acesso será disponibilizado durante a vigência da edição da obra.

Data de Fechamento (05.2020)

2020

Todos os direitos reservados à

Editora Foco Jurídico Ltda.

Rua Nove de Julho, 1779 – Vila Areal

CEP 13333-070 – Indaiatuba – SP

E-mail: contato@editorafoco.com.br

www.editorafoco.com.br

SUMÁRIO

Capa

Ficha catalográfica

Folha de rosto

Créditos

APRESENTAÇÃO

I – FONTES DO DIREITO TRIBUTÁRIO

II – COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA E CAPACIDADE TRIBUTÁRIA ATIVA

III – LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR

IV – TRIBUTO E ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS

V – LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA, VIGÊNCIA, APLICAÇÃO, INTEGRAÇÃO E INTERPRETAÇÃO DA NORMA TRIBUTÁRIA

VI – OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA E SUJEITOS DA OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA

VII – SOLIDARIEDADE TRIBUTÁRIA

VIII – CAPACIDADE TRIBUTÁRIA PASSIVA

IX – DOMICÍLIO TRIBUTÁRIO

X – DENÚNCIA ESPONTÂNEA

XI – CRÉDITO TRIBUTÁRIO: LANÇAMENTO E MODALIDADES

XII – ALTERAÇÃO E REVISÃO DO LANÇAMENTO

XIII – SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO

XIV – EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO

XV – EXCLUSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO

XVI – GARANTIAS E PRIVILÉGIOS DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO

XVII – ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA

XVIII – DÍVIDA ATIVA E CERTIDÕES

XIX – EXECUÇÃO FISCAL

XX – SÚMULAS VINCULANTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA

Landmarks

Cover

Table of Contents

APRESENTAÇÃO

A presente obra não tem o condão de esgotar temas importantes do Direito Tributário, mas de nortear estudantes, examinandos da OAB e concursandos em geral sobre as principais dicas dessa disciplina. Para tanto, as dicas foram divididas em tópicos, partindo do Direito Constitucional Tributário até as súmulas vinculantes em matéria tributária, sendo cuidadosamente preparadas para o melhor aproveitamento do leitor. Agradeço a Deus em primeiro lugar, aos meus familiares e, por fim, aos meus alunos. Bons estudos!

Caio Bartine

350 DICAS DE DIREITO TRIBUTÁRIO

I – FONTES DO DIREITO TRIBUTÁRIO

1. A Constituição Federal não institui tributos, mas estabelece um rol de tributos que podem ser instituídos pelos entes políticos. Cabe a Constituição Federal o papel de definir a competência tributária , limitar o poder de tributar e dispor sobre a repartição de receitas tributárias , entre os artigos 145 a 162.

2. A emenda constitucional pode ser utilizada para reforçar as limitações ao poder de tributar , uma vez que o STF decidiu que tais limitações são direitos fundamentais do contribuinte (STF, ADI 939). Poderá, também, inserir novos tributos na CF , desde que haja observância dos limites ali previstos, tal como ocorreu com a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (COSIP), inserida pela EC 39/2002.

3. A lei complementar terá o seu uso obrigatório quando houver expressa previsão constitucional . Nos termos do art. 146 da CF, poderá dispor sobre conflitos de competência em matéria tributária , regular as limitações constitucionais ao poder de tributar e tratar sobre normas gerais em matéria de legislação tributária . Segundo o STF, não existe hierarquia entre lei complementar e lei ordinária (STF, ADI 4071 AgRg), restando apenas diferença formal (processo legislativo) e material (conteúdo).

4. Existem tributos que somente poderão ser instituídos mediante lei complementar , como é o caso do Imposto sobre Grandes Fortunas (art. 153, VII, da CF), Empréstimos Compulsórios (art. 148 da CF), Impostos Residuais (art. 154, I, da CF) e Contribuições Sociais Residuais (art. 195, § 4º da CF). Lembro que as contribuições sociais residuais poderão adotar o mesmo fato gerador e base de cálculo de impostos , sendo vedado, tão somente, a utilização do fato gerador e base de cálculo de contribuições sociais existentes. É o que acontece com o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro (CSLL), ambas dotadas do mesmo fato gerador: o lucro.

5. Determinados benefícios fiscais somente poderão ser instituídos mediante lei complementar , como o tratamento favorecido e simplificado de microempresas e empresas de pequeno porte (art. 146, III, d , da CF), incentivos fiscais acerca do ISS (art. 156, § 3º,

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de 350 Dicas de direito tributário

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor