Aproveite esse título agora mesmo, além de milhares de outros, com um período de teste gratuito

Gratuito por 30 dias, após esse período: $9.99 por mês. Cancele quando quiser.

Psicologia sombria: Como analisar o comportamento psicótico e sociopático

Psicologia sombria: Como analisar o comportamento psicótico e sociopático

Ler a amostra

Psicologia sombria: Como analisar o comportamento psicótico e sociopático

Duração:
114 páginas
2 horas
Lançados:
Jun 22, 2020
ISBN:
9788835856771
Formato:
Livro

Descrição

Este livro contém os seguintes três títulos:


Livro 1: As pessoas que são manipuladoras costumam usar táticas secretas para levar outras pessoas a fazer o que querem. Eles tentam exercer controle sobre suas vítimas usando métodos de agressão ocultos. Isso é diferente da agressão comum, porque geralmente é sorrateira e sutil.

No terceiro capítulo deste livro, abordagens de auto-ajuda. A indústria de auto-ajuda é uma indústria multibilionária que se alimenta do desejo ingênuo de quem vai a seminários, compra livros, cursos muito caros, etc.

Entre outras coisas, também discutiremos tópicos como o poder da influência, especialmente no mundo da internet; e abordaremos o que a pressão dos colegas faz com jovens e adultos.

Em suma, em apenas um pequeno livro, você se familiarizará com uma variedade de tópicos fascinantes relacionados à psicologia mais sombria da humanidade.


Livro 2: Neste livro, você aprenderá mais sobre a cultura em que vivemos hoje. Estamos sendo lavados pela mídia? Como a mídia social está nos afetando?

E com essas duas perguntas em mente, isso significa que existem mais narcisistas hoje do que nunca?

Não apenas vamos nos aprofundar nesses tópicos específicos, mas também falaremos sobre cultos reais. Os cultos existem há muito tempo. Alguns até veem a relação entre cultos e religiões reais . Mas por que os cultos são tão sombrios e assustadores? Como os líderes de culto fazem as pessoas acreditarem em algo que não é verdade, ou fazê-las fazer coisas que nunca teriam feito antes de fazer uma lavagem cerebral?

Vamos dar uma olhada.


Livro 3: Psicopatas e sociopatas estão em toda parte em nossa sociedade. Você pode não perceber, mas eles estão lá fora. As chances são de que você conhece alguém que é sociopata e nem mesmo conhece.

Então qual é a diferença?
Como eles se comparam?
E eles são todos perigosos?

Além de responder a essas perguntas, também examinaremos outros tópicos relacionados à manipulação. Por exemplo, aprofundaremos em como ver se alguém está manipulando você ou quais táticas de vendas as pessoas usam para fazer você comprar algo. Todas essas coisas serão úteis quando você tentar entender melhor a psique humana.
Lançados:
Jun 22, 2020
ISBN:
9788835856771
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Psicologia sombria

Livros relacionados

Amostra do livro

Psicologia sombria - Amanda Grapes

Grapes

Índice

Capítulo 1: Sinais de controle mental e emocional

Capítulo 2: Agressão oculta dos manipuladores secretos

Capítulo 3: Golpes de auto-ajuda

Capítulo 4: O poder da influência

Capítulo 5: Pressão dos pares

Capítulo 1: Sinais de controle mental e emocional

O controle mental pode ser descrito como o exercício de influência excessiva por meio de distorção psicológica e exploração psicológica, com a intenção de tomar poder, controle e / ou benefícios às custas da vítima.

É importante distinguir a influência social saudável da manipulação psicológica. Social saudável influência ocorre entre muitas pessoas, e que pertence ao dar e receber de relações construtivas. No controle mental ou emocional, uma pessoa é usada para o benefício de outra. O manipulador intencionalmente produz um desequilíbrio de poder e explora a vítima para servir sua agenda.

Abaixo está uma lista de 14 truques que pessoas manipuladoras costumam usar para persuadir os outros em uma posição de d isadvantage. Isso não pretende ser uma lista extensa, mas uma compilação de exemplos sutis e também estridentes de espancamento. Nem todo mundo que age das seguintes maneiras pode tentar deliberadamente controlá-lo. Alguns apenas têm rotinas muito ruins. Independentemente disso, é fundamental reconhecer esses hábitos em circunstância s onde seus direitos, interesses e segurança estão em jogo.

1. Benefício no Tribunal

Uma pessoa manipuladora pode insistir em que você engag e em um espaço físico onde ela ou ele pode exercer mais supremacia e controle. Isso pode ser escritório, casa, carro do manipulador, ou outras áreas onde ele ou ela se sente propriedade e familiaridade (e onde lhe falta deles).

2. Let You Speak primeiros a estabelecer a linha de base e Pesquisa de pontos fracos

Muitos vendedores fazem isso quando prospectam você. Ao fazer perguntas gerais e sondadoras, eles estabelecem um padrão sobre seu pensamento e conduta, a partir do qual eles podem avaliar seus pontos fortes e fracos. Esse tipo de questionamento com preconceito também pode acontecer no escritório ou em relacionamentos pessoais.

3. Manipulação de fatos

Exemplos: Mentindo. Desculpa fazendo. Culpar a vítima por causar sua própria vitimização. Deformação da verdade. Divulgação estratégica ou retenção de informações essenciais. Exagero. Eufemismo. Viés unilateral de emissão.

4. Sobrecarregá-lo com fatos e estatísticas

Algumas pessoas gostam de bullying intelectual, presumindo ser o especialista e o maior conhecimento em determinadas áreas. Eles tiram vantagem de você impondo fatos, estatísticas e outras informações que você talvez conheça pouco. Isso pode acontecer em circunstâncias financeiras e de vendas, em conversas e acordos profissionais, e também em argumentos sociais e relacionais. Presumindo poder profissional sobre você, o manipulador pretende avançar com sua agenda de maneira mais convincente. Algumas pessoas usam esse método por nenhuma outra razão senão sentir uma sensação de supremacia intelectual.

5. Sobrecarregá-lo com procedimentos e burocracia

Certas pessoas usam a administração - documentação, tratamentos, leis e estatutos, comitês e outras obstruções para manter sua posição e poder, enquanto tornam sua vida mais difícil. Essa estratégia também pode ser usada para atrasar pesquisas simples da verdade, ocultar defeitos e pontos fracos e evitar o escrutínio.

6. Elevando a voz e exibindo sentimentos negativos

Algumas pessoas levantam a voz durante as discussões como uma forma de manipulação agressiva. A suposição pode ser que se use a sua voz em voz alta o suficiente, ou sentimentos negativos de exibição, você vai submeter-se a seu comportamento humilhante e proporcionar -lhes o que eles querem. A voz agressiva é frequentemente combinada com uma linguagem corporal forte, como levantar- se ou outros gestos corporais para aumentar a eficácia.

7. Surpresas negativas

Algumas pessoas usam surpresas negativas para desequilibrá-lo e obter uma vantagem psicológica. Isso pode variar de fazer uma oferta baixa em uma circunstância de negociação a uma tarefa abrupta que ela ou ele não terá a capacidade de realizar. Normalmente, as informações negativas inesperadas são recebidas sem aviso, portanto você tem pouco tempo para se preparar e combater a mudança. O manipulador pode solicitar concessões adicionais a você para continuar trabalhando com você.

8. Dando a você pouco ou nenhum tempo para decidir

Essa é uma tática típica de vendas e liquidação, onde o manipulador pressiona você a tomar uma decisão antes de estar pronto. Ao forçar o estresse e o controle sobre você, espera-se que você quebre e sucumba às demandas do agressor.

9. Humor negativo desenvolvido para cutucar seus pontos fracos e desapoderá-lo

Alguns manipuladores gostam de fazer comentários críticos, geralmente camuflados como humor ou sarcasmo, para fazer você parecer inferior e menos protegido. Os exemplos podem incluir qualquer variedade de observações, desde a sua aparência até o telefone celular modelo mais antigo, seu histórico e credenciais, até o simples fato de você ter entrado na sala 2 minutos tarde demais e estar sem fôlego. Ao fazer você parecer mal e fazer com que se sinta mal, o agressor espera impor superioridade mental sobre você.

10. Julgue e critique regularmente você para se sentir inadequado

Além da conduta anterior em que o humor negativo é usado como disfarce, aqui o manipulador brinca com você. Ao marginalizá-lo, zombar e dispensá-lo continuamente, ele ou ele mantém você desequilibrado e preserva sua supremacia. O agressor promove deliberadamente a impressão de que há sempre algo muito errado com você, e que não importa o quão duro você tente, você são inadequadas e nunca será bom o suficiente. Consideravelmente, o manipulador concentra-se no negativo, sem fornecer opções autênticas e úteis, ou oferecer maneiras significativas de ajudar.

11. O tratamento silencioso

Ao não reagir intencionalmente às suas chamadas, mensagens de texto, e-mails ou outras perguntas sensatas, o manipulador pressupõe poder sobre você, fazendo você esperar e tenta colocar em dúvida a dúvida e a imprevisibilidade. O tratamento silencioso é um jogo mental em que o silêncio é usado como uma espécie de alavanca.

Capítulo 2: Agressão oculta dos manipuladores secretos

Muitos de nós nem percebemos que estão tentando nos controlar e confundir. Podemos ter uma sensação desconfortável em nosso intestino que não corresponde às palavras do manipulador ou nos sentirmos presos a concordar com uma solicitação. A maioria das pessoas reage de maneiras que intensificam o abuso ou jogam nas mãos do agressor, o que pode nos fazer sentir pouco e culpados, mas depois recuamos e possibilitamos comportamentos indesejáveis. Se você teve um pai manipulador, pode ser mais difícil reconhecê- lo em um parceiro, como parece familiar.

O conhecimento antigo de conhecer seu inimigo é essencial ao manipular um manipulador. Ter a capacidade de detectar essas flechas ocultas permite que você responda estrategicamente ao controle oculto. Compreender o que eles estão fazendo, o capacitará.

Quando as pessoas se comportam de forma passiva-agressiva, o que parece passivo ou defensivo é a agressão oculta. É discutível em que nível sua conduta é consciente ou inconsciente. Para a vítima, isso não importa. O efeito é exatamente o mesmo. Ser excessivamente compassivo coloca você em risco de ser maltratado repetidamente. Quando alguém te ataca abertamente ou secretamente, está sendo agressivo.

O psicólogo George Simon argumenta que esses manipuladores ocultos propositalmente dizem e fazem coisas para conseguir

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Psicologia sombria

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor