Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Quem sou eu?: Uma questão a ser resolvida na presença do grande eu sou
Quem sou eu?: Uma questão a ser resolvida na presença do grande eu sou
Quem sou eu?: Uma questão a ser resolvida na presença do grande eu sou
E-book100 páginas2 horas

Quem sou eu?: Uma questão a ser resolvida na presença do grande eu sou

Nota: 3.5 de 5 estrelas

3.5/5

()

Sobre este e-book

Neste livro, o autor toma a história de Moisés, personagem bíblico que se tornou um dos maiores líderes que o mundo já conheceu, mas que, ao ser chamado por Deus, respondeu inicialmente com completa incredulidade, esquivando-se da possibilidade de se tornar um instrumento sobrenatural em suas mãos.

O que levou aquele homem a adotar, por tanto tempo, a mediocridade como estigma e o que o Senhor fez para libertá-lo, será um espelho diante do leitor. Ao final desta leitura, qualquer um poderá compreender melhor certos limites que sua alma lhe impõe, mas também será levado à uma revelação tamanha da graça, que dificilmente seguirá cativo.

"QUEM SOU EU?" é uma questão a ser resolvida na presença do Grande Eu Sou. Este livro pretende levar você a esse lugar de transformação!
IdiomaPortuguês
Data de lançamento8 de jul. de 2020
ISBN9786599105531
Quem sou eu?: Uma questão a ser resolvida na presença do grande eu sou
Ler a amostra

Leia mais de Danilo Figueira

Relacionado a Quem sou eu?

Livros relacionados

Categorias relacionadas

Avaliações de Quem sou eu?

Nota: 3.6666666666666665 de 5 estrelas
3.5/5

3 avaliações1 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota
  • Nota: 5 de 5 estrelas
    5/5
    UMA BENÇA DE DEUS. QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO SEU SERVO.

Pré-visualização do livro

Quem sou eu? - Danilo Figueira

Sou.

Capítulo 1

A MELHOR NOTÍCIA QUE SE PODE RECEBER: DEUS QUER USAR VOCÊ!

Um grito da alma... Quem sou eu? A pergunta que Moisés fez a Deus em resposta ao chamado que estava recebendo, talvez defina a confusão que dominava sua alma, assim como a de muitos de nós, hoje. Ela exprime uma completa insegurança quanto à própria identidade, assim como um senso de desvalor e de total incapacidade diante dos desafios que a vida propõe.

Sublinho, desde o início desta leitura, algo que pode não ser uma novidade, mas que considero de grande importância: Deus preparou um script a seu respeito e quer usar você! Ele deseja tomá-lo como instrumento em suas mãos, para fazer de sua vida uma ferramenta pela qual possa operar o sobrenatural, revelar a graça e manifestar o seu amor a esta geração.

Assumir o chamado é caminho obrigatório para que experimentemos o melhor de Deus em nossas vidas. Ninguém se realiza plenamente fora do propósito!

Ser usado por Deus é o maior privilégio que um ser humano pode receber. Falo por experiência própria. Tive a bênção de me converter a Cristo muito cedo, aos quinze anos, e não tardou muito para que eu entendesse o rumo que Ele queria dar à minha vida. É verdade

que precisei fazer escolhas custosas, renunciar a certos estigmas que me paralisavam, mas desde as primeiras situações em que percebi que estava realizando coisas além da minha vontade ou capacidade, sendo desfecho de uma ação divina em mim e através de mim, fui tomado pela convicção de que não haveria um caminho melhor para andar.

Ser usado... De uma forma geral, essa expressão é entendida como algo ruim. Ela supõe a condição de estarmos sendo explorados ou manipulados por alguém. No entanto, quando se trata de ser usado por Deus, a realidade é outra. Representa, sim, um privilégio, a oportunidade de servir aos propósitos mais nobres que possam existir, de ter o nosso horizonte expandido para o nível do sobrenatural e de encontrar um sentido na vida que vá muito além de nós mesmos.

Quando uma pessoa é convocada para servir a Deus, está sob um favor especial. Imagine o que é cooperar com o Senhor, o Todo-poderoso, o Criador de todas as coisas! É isso que nos acontece, vasos de barro que somos, quando Ele nos elege para a honra, marcando nossas vidas com a missão de representá-lo entre os homens. O senso de realização que se experimenta nessa circunstância não pode ser comparado a qualquer outro propósito ou

Está gostando da amostra?
Página 1 de 1