Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Óleos essenciais: Dicas úteis para tratar náuseas, dores musculares, infertilidade e outras condições

Óleos essenciais: Dicas úteis para tratar náuseas, dores musculares, infertilidade e outras condições

Ler a amostra

Óleos essenciais: Dicas úteis para tratar náuseas, dores musculares, infertilidade e outras condições

Duração:
42 páginas
40 minutos
Editora:
Lançados:
31 de jul. de 2020
ISBN:
9788835871620
Formato:
Livro

Descrição

Os óleos essenciais podem ser usados ​​para muitas coisas. Neste livro, abordaremos alguns desses usos. No primeiro capítulo, falaremos sobre alguns conceitos básicos de aromaterapia que você precisa entender antes de fazer qualquer outra coisa com os óleos.


Nos capítulos seguintes, você aprenderá mais sobre o uso do óleo para sintomas de saúde, como náusea, infertilidade, distúrbios no tempo de atenção, dores de garganta, músculos doloridos e azia. Óleos diferentes têm efeitos diferentes, por isso é crucial saber quais óleos podem ser usados ​​para quais fins específicos.


Dê a si mesmo essa chance hoje e obtenha o manual!
Editora:
Lançados:
31 de jul. de 2020
ISBN:
9788835871620
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Óleos essenciais

Livros relacionados

Amostra do livro

Óleos essenciais - Chantal Even

Óleos essenciais

Dicas úteis para tratar náuseas, dores musculares, infertilidade e outras condições

Por Chantal Even

Table of Contents

Capítulo 1: Noções básicas de Aromaterapia

Capítulo 2: Os principais óleos essenciais para os músculos doloridos

Capítulo 3: Óleos essenciais para tratar dores de garganta

Capítulo 4: Óleos Essenciais para Náuseas

Capítulo 5: Óleos essenciais para o TDAH

Capítulo 6: Óleos essenciais para a infertilidade

Capítulo 7: Os óleos essenciais podem aliviar os sintomas da azia?

Capítulo 1: Noções básicas de Aromaterapia

Os óleos essenciais têm recebido bastante atenção recentemente por ajudar com tudo, desde dores de cabeça a dormir e dores de garganta. Mas esses óleos concentrados à base de plantas funcionam?

Os óleos essenciais não funcionam para todos, mas não há mal em experimentá-los, desde que você os use de maneira segura, diz Harpreet Gujral, diretor do programa de medicina integrativa do Sibley Memorial Hospital. Mesmo que eles apenas melhorem seu humor, isso pode ter um impacto positivo em sua saúde e bem-estar.

Deseja experimentar os óleos essenciais? Aprenda quais condições eles podem ajudar a tratar e como encontrar óleos essenciais de qualidade, pois nem todos os produtos são criados da mesma forma.

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais são basicamente extratos vegetais. Eles são feitos ao vapor ou pressionando várias partes de uma planta (flores, cascas, folhas ou frutas) para capturar os compostos que produzem fragrâncias. Pode levar vários quilos de uma planta para produzir uma única garrafa de óleo essencial. Além de criar perfume, os óleos essenciais também desempenham outras funções nas plantas.

O que é aromaterapia?

Aromaterapia é a prática do uso de óleos essenciais para benefício terapêutico. Aromaterapia tem sido usada há séculos, diz Gujral. Quando inaladas, as moléculas do perfume nos óleos essenciais viajam dos nervos olfativos diretamente para o cérebro e afetam especialmente a amígdala, o centro emocional do cérebro.

Os óleos essenciais também podem ser absorvidos pela pele. Um massoterapeuta pode adicionar uma ou duas gotas de verde de inverno ao óleo para ajudar a relaxar os músculos tensos durante uma massagem. Ou uma empresa de cuidados com a pele pode adicionar lavanda aos sais de banho para criar um banho relaxante.

Para que servem os óleos essenciais?

Embora as pessoas afirmem que os óleos essenciais são remédios naturais para várias doenças, não há pesquisas suficientes para determinar sua eficácia na

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Óleos essenciais

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor