Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola: Reflexões para a Formação e Prática Docente

O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola: Reflexões para a Formação e Prática Docente

Ler a amostra

O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola: Reflexões para a Formação e Prática Docente

Duração:
130 páginas
53 minutos
Lançados:
4 de ago. de 2020
ISBN:
9786555238990
Formato:
Livro

Descrição

O contexto da ubiquidade chega à escola: reflexões para a formação e prática docente propõe articular sob o ponto de vista teórico e prático o uso de tecnologias móveis na Educação, considerando o ecossistema da Internet das Coisas. Tais tessituras demonstram que as sequências didáticas, utilizando como recurso didático tecnológico os apps, mudam as concepções dos professores de como as crianças e os jovens aprendem dentro e fora da sala de aula. Logo, o acesso à informação em qualquer lugar e a qualquer momento, a ubiquidade, instiga o docente a refletir sobre a sua prática na escola. As autoras apresentam algumas estratégias pedagógicas para o uso de tablets e seus apps a partir da formação continuada em serviço na escola. Com uma linguagem dinâmica e atual, esta leitura é um convite para os interessados na área de Informática na Educação, que buscam inovação e criatividade em suas instituições de ensino.
Lançados:
4 de ago. de 2020
ISBN:
9786555238990
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola

Livros relacionados

Amostra do livro

O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola - Débora Valletta

COMITÊ CIENTÍFICO DA COLEÇÃO EDUCAÇÃO, TECNOLOGIAS E TRANSDISCIPLINARIDADE

Para Yzadora Valentina, cujo amor, cuidado e interações ao longo dos últimos cinco anos possibilitaram reflexões sobre como educar, ensinar e aprender no contexto contemporâneo. Haha to Uni aishite!

(Débora)

Para meu querido marido, amigo e companheiro, André, parceiro de todas as horas, e meu amado filho, Pedro.

(Lucia)

Agradecimentos

A elaboração deste livro é resultante da caminhada das autoras com pesquisas relacionadas à área de Informática na Educação, com ênfase na formação continuada de professores para instrumentalização de artefatos contemporâneos, dispositivos móveis e apps sob o contexto da cibercultura. Logo, o percurso deste trabalho resulta da cooperação e colaboração de várias pessoas e instituições.

Agradecemos aos colegas da PUCRS e do Colégio Farroupilha, pelas trocas e os incentivos.

À Capes, pelo apoio na pesquisa.

Ao amigo e colega Prof. Eliseo, que gentilmente escreveu o prefácio.

Aos nossos estudantes, que nos mostram e ensinam a cada dia a beleza do fazer docente e a necessidade constante de inovação, de reinventarmos, para dar conta do desafio e das possibilidades que são a docência neste mundo incrível que vivemos na contemporaneidade.

Gracias a la vida que me ha dado tanto

Me dio el corazon que agita su marco

Cuando miro el fruto del cerebro humano,

Cuando miro al bueno tan lejos del malo,

Cuando miro al fondo de tus ojos claros

(Trecho da música de Violeta Parra Sandoval)

PREFÁCIO

Muitas foram as expectativas na última década de que a tecnologia poderia trazer uma verdadeira revolução para o universo da Educação: acesso universal à Internet, distribuição de computadores e tablets nas escolas, disponibilidade de materiais educacionais abertos, entre tantas outras iniciativas que tinham como objetivo trazer melhorias significativas para os processos educacionais. Hoje, todavia, sabe-se que a tão esperada revolução não envolve apenas a facilitação ao acesso à tecnologia, mas passa por outros fatores, como a formação docente e a compreensão de como efetivamente os recursos digitais podem dar sustentação aos processos de aprendizagem. Nesse contexto, esta obra trata de temas importantes e atuais para contribuir com a integração adequada da tecnologia nos processos educacionais formais, notadamente a ubiquidade e a formação docente.

O livro inicia apresentando uma visão sobre a necessidade de educarmos os jovens de hoje de maneira diferente daquela em que fomos educados no passado. Em um mundo no qual a tecnologia está totalmente integrada em nosso cotidiano, não seria possível deixá-la à margem da escola. A ubiquidade da informação não pode ser ignorada, e torna-se importante compreender o fenômeno para que as instituições de ensino possam utilizá-lo para criar novos pontos de contato com os estudantes, dentro e fora da sala de aula. A portabilidade de computadores, tablets e smartphones torna difuso o limite entre os processos de aprendizagem formal e informal. Além disso, a capacidade desses dispositivos de localizar o indivíduo geograficamente traz uma nova gama de possibilidades que ampliam a maneira como a tecnologia pode ser empregada no apoio à aprendizagem.

O segundo capítulo do livro fala da formação docente como um desafio no contexto da cibercultura. Qualquer inovação implantada em uma instituição de ensino só terá sucesso se seus professores acreditarem e compreenderem as ideias propostas. E, para que isso aconteça, o envolvimento e a formação docente são essenciais. Projetos como o UCA (Um Computador por Aluno) já esbarraram em dificuldades que estavam ligadas justamente à formação dos professores para a utilização da tecnologia que estava sendo disponibilizada. Sem o envolvimento e a participação efetiva dos professores, tais iniciativas encontram dificuldade em avançar e produzir os resultados esperados. Nesse sentido, o livro discute a formação docente e destaca o papel da formação continuada, que deve ir além da formação inicial do professor e necessita integrar tecnologia, teoria e práticas pedagógicas.

O capítulo 3 do livro apresenta pesquisa sobre formação docente envolvendo questões de ubiquidade, desenvolvida por meio de observação e entrevistas semiestruturadas. Na pesquisa apresentada, os autores afirmam, por exemplo, que a percepção docente sobre a utilização das tecnologias mudou após a experiência de usar tablets e aplicativos em um estudo desenvolvido, o que confirma a importância da formação docente para emprego da tecnologia em práticas educacionais. Na verdade, muitos professores têm hábitos relacionados

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O Contexto da Ubiquidade Chega à Escola

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor