Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Diálogos Familiares: um olhar a partir das constelações familiares

Diálogos Familiares: um olhar a partir das constelações familiares

Ler a amostra

Diálogos Familiares: um olhar a partir das constelações familiares

notas:
5/5 (1 nota)
Duração:
59 páginas
30 minutos
Lançados:
15 de out. de 2020
ISBN:
9786558774136
Formato:
Livro

Descrição

A Constelação Familiar auxilia a perceber as dinâmicas ocultas, levando-se a realizar decisões respaldadas na lealdade familiar. Muitas vezes a lealdade e o amor nesses momentos são cegos. A Constelação Familiar possibilita ter um novo olhar para destinos difíceis e permeados de sofrimento, nos colocando como adultos, e reconhecendo o nosso lugar em nossa família. A decisão de se desvincular de um amor infantil, olhando nossas dores e honrando nosso sistema familiar como adultos, teremos a possibilidade cessar um ciclo de dor. Assim, preservar as futuras gerações de nossa família dos emaranhamentos. Quando temos conhecimento de nossa história e lembramo-nos do que ocorreu com maturidade e respeito, podemos seguir o fluxo da vida e sair dos emaranhamentos que permeiam no sistema familiar.
Lançados:
15 de out. de 2020
ISBN:
9786558774136
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Diálogos Familiares

Livros relacionados

Amostra do livro

Diálogos Familiares - Thanille Castro Santos

equilíbrio.

1. - Constelação Familiar

1.1 - Origem

Bert Hellinger nasceu na Alemanha em 1925, ex-seminarista católico, estudou filosofia, teologia e pedagogia.

Em sua trajetória de vida conheceu diversos modelos de terapia, como psicoterapia de grupo, psicanálise, terapia primal, análise transacional, análise do script, hipnoterapia e programação neolinguística – PNL.

Bert Hellinger desenvolveu a técnica das constelações familiares após conhecê-las nos Estados Unidos em um seminário, conforme descrito no livro Um lugar para os excluídos.

Após o encontro com Ruth Mcclendon e Leslie Kadis, Bert Hellinger iniciou o desenvolvimento da técnica sistêmica.

Bert evidencia em sua terapia a questão da aceitação dos pais biológicos, independentemente do destino ou de presença deles. Hellinger acentua que os pais estão a serviço da vida.

A Constelação Familiar é uma abordagem terapêutica que tem o objetivo de auxiliar pessoas a se reconciliar com seu sistema familiar.

A partir das Constelações Familiares o cliente/constelado terá uma nova imagem em relação ao tema trazido, absorvendo novas informações, possibilidades, recursos, saindo do conflito para a solução.

A dinâmica das Constelações Familiares buscam as soluções por meio das ‘Ordens do Amor’, descobertas por Hellinger, as quais regem os relacionamentos humanos, quais sejam: pertencimento, hierarquia e equilíbrio.

1.2 - Método Fenomenológico

A compreensão das Constelações Familiares está interligada com a compreensão das consciências envolvidas no processo. Assim, não se pode deixar de abstrair a fenomenologia.

Evidencia-se que Maurice Merleau-Ponty, filósofo fenomenólogo francês, relata que a fenomenologia é o estudo das essências e todos os problemas, segundo ele, resumem-se em definir essências: a essência da percepção, a essência da consciência.

Bert Hellinger realça que a fenomenologia terapêutica se encontra em certa contradição com relação à psicoterapia científica, enfatizando-se que nem sempre teremos o mesmo resultado através da mesma experiência.

Frisa-se que a fenomenologia é uma área da filosofia humanista, tendo como precursor Edmund Husserl, mencionando que a consciência transcendental estabelece os limites de todo conhecimento. O ser humano é apresentado sem interpretações, sem uma teoria.

A fenomenologia é um princípio da transparência onde o observador e o observado é um só, não estão separados.

Na Constelação Familiar é aberto a partir de uma percepção ampliada, onde o campo de cliente mostrará o que antes era desconhecido.

O campo do cliente representa o campo energético do sistema familiar dele, este sistema pode ser atual ou de origem, constando-se toda a ancestralidade da pessoa.

O método fenomenológico terapêutico proposto por Bert Hellinger e praticado nas Constelações Familiares, esta interligado ao intuito de perceber o essencial, ultrapassando o fenômeno do visível presente nas relações transpessoais, analisando o ser holisticamente, considerando todos os aspectos biológicos, individuais, sociais, etc. Podendo ser analisado no livro de Bert

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Diálogos Familiares

5.0
1 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor