Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Seja o líder que o momento exige

Seja o líder que o momento exige

Ler a amostra

Seja o líder que o momento exige

Duração:
180 páginas
2 horas
Lançados:
20 de ago. de 2018
ISBN:
9788568905838
Formato:
Livro

Descrição

As cinco forças que fazem um líder, do mesmo autor do best-seller Você é do tamanho dos seus sonhos. Contando uma história e com uma linguagem amplamente acessível, César Souza guia o leitor pelos caminhos do conhecimento em uma busca de modelos mais eficazes de liderança. Ao longo dessa jornada, somos apresentados a trajetórias de diversos personagens consagrados em histórias de sucesso, no Brasil e no mundo. Por esses caminhos, aprendemos inúmeras lições que podem ser aplicadas nos desafios do nosso dia a dia. César Souza nos apresenta a figura do Líder Inspirador, que se destaca por reunir em si as Cinco Forças que farão toda a diferença, e que o leitor encontra de maneira detalhada e dinâmica ao longo do livro: construir um Propósito com sua equipe, trabalhar por uma Causa, não apenas executar tarefas ou cumprir metas, formar outros líderes, não apenas seguidores, liderar em 360 graus, não apenas em 90 graus, surpreender pelos resultados, fazendo mais do que o combinado, inspirar pelos valores, não apenas pelo carisma. Com sua longa experiência, César Souza, mais uma vez, nos brinda com sua dinâmica inovadora e nos expõe o essencial para o leitor se preparar para ter sucesso, sendo o líder que o momento exige e superar assim o "apagão" de liderança que vivemos no Brasil e no mundo.
Lançados:
20 de ago. de 2018
ISBN:
9788568905838
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Seja o líder que o momento exige

Livros relacionados

Amostra do livro

Seja o líder que o momento exige - César Souza

2018

1. O enigma da Liderança

Só posso lhe dizer uma coisa: não existe receita pronta. Se quiser realmente se tornar um Líder Inspirador, você terá, por si mesmo, de encontrar as respostas para suas perguntas. Ou correrá o risco de desperdiçar a vida. Decifrar os enigmas da Liderança é a razão do êxito de vários líderes no mundo inteiro. Essa não é uma missão fácil, exigirá muita determinação para superar obstáculos.

Passava das 23h quando resolvi conferir meus e-mails. Sem muita esperança, procurava a resposta de uma mensagem que enviara pela manhã, pouco antes de sair de casa para o escritório. Tinha quase certeza de que não a receberia. Afinal, eu estava tentando falar com o presidente da empresa onde trabalho, uma multinacional presente em vários países. Ele é um executivo com experiência internacional que regressou ao Brasil há pouco mais de três anos para assumir o comando dos negócios da subsidiária brasileira. Seu retorno ao país, após ter comandado algumas filiais menores, vivendo sete anos no exterior, foi cercado, na época, de grande expectativa.

Os resultados do seu trabalho não tardaram a aparecer. O faturamento e a rentabilidade da empresa cresceram bastante no período. Em pouco tempo, o presidente da empresa era reverenciado por todos. Essa admiração podia ser claramente percebida quando ele circulava pelos diferentes departamentos, sempre pedindo a opinião das pessoas.

Mas ele parecia inacessível a funcionários como eu, um novato, e vários degraus abaixo dele na hierarquia. Talvez por ter garagem privativa, usar o elevador exclusivo da diretoria, raramente almoçar no restaurante da empresa e estar sempre em reuniões com clientes importantes, fornecedores e acionistas.

No e-mail que enviei, me identificava apenas como um colaborador angustiado. Tive o cuidado de usar meu e-mail pessoal, que não levava o nome da empresa. Por isso era alta a chance de aquela mensagem ser mais uma sumariamente ignorada, da mesma forma que as duas anteriores. Mesmo assim, naquela manhã, decidi insistir outra vez. Mal pude acreditar quando vi sua resposta na minha caixa de mensagens. Ele havia respondido às 20h45!

Li e reli a mensagem várias vezes, como se quisesse me convencer de que não estava enganado. Pensei em chamar minha esposa, mas ela dormia profundamente. As palavras do presidente me deixaram intrigado. O que ele queria dizer com decifrar os enigmas da Liderança?

Tratei de relembrar o que havia perguntado a ele. Não foi difícil, já que eram questões que me atormentavam havia muito tempo. Passara o dia todo recordando as frases escritas na mensagem que eu reenviara:

"O que é ser um líder eficaz?

O senhor se considera um deles? Qual é o perfil do líder ideal?

O senhor é um líder em tempo integral, isto é, lidera também em casa e na comunidade?

Ou é líder apenas quando está de paletó e gravata dentro dos domínios da empresa?

O líder já nasce pronto? Liderança é arte ou ciência?

Quais os melhores exemplos de líder que conhece?

É possível fazer de uma carreira como a sua uma ferramenta para ajudar as pessoas a crescerem pessoal e profissionalmente?

Poderia sugerir o melhor curso ou livro para um candidato a líder como eu, que está tendo problemas com seus liderados?"

Apesar de ter feito esse questionário, na realidade, o que eu gostaria de ter perguntado era apenas: Como o senhor chegou aonde está? Como construiu sua carreira? Que contribuição o senhor tem dado ao longo da sua vida?

Mas tive medo de ser identificado facilmente e talvez mal-interpretado, como se fosse apenas um funcionário novato e ambicioso, tentando pavimentar seu caminho para o sucesso e ao mesmo tempo puxando o saco do chefão.

Não passou pela minha cabeça dizer que tinha sido admitido havia apenas dois meses e que ali eu estava começando a trabalhar em uma multinacional de verdade. Até o momento, minha carreira seguira um caminho tradicional, linear, sem muitos sobressaltos. Trabalhei alguns anos em uma empresa familiar do ramo de autopeças. Saí quando recebi o convite para assumir o cargo de gerente de franquias de uma indústria de produtos de beleza. Na época, fiquei empolgado com a possibilidade de atuar em uma firma de maior porte, em um negócio completamente diferente do anterior. Aos poucos, no entanto, fui percebendo que os horizontes daquela empresa eram mais estreitos do que eu esperava. Meu sonho era trabalhar em uma grande multinacional onde pudesse fazer carreira e, inclusive, passar um período no exterior.

Durante uma festinha em comemoração ao meu aniversário, tomei a decisão de mudar de emprego. No dia seguinte, enquanto tomávamos o café da manhã, contei à minha esposa o que havia resolvido e pedi a ela que marcasse um almoço com um conhecido recrutador de executivos. Ela é gerente de Recursos Humanos de outra multinacional que tem vários negócios no Brasil e tem contato com muitos especialistas envolvidos na recolocação de profissionais no

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Seja o líder que o momento exige

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor