Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Uma dieta sem lectina

Uma dieta sem lectina

Ler a amostra

Uma dieta sem lectina

notas:
4/5 (5 notas)
Duração:
136 páginas
3 horas
Lançados:
9 de jan. de 2021
ISBN:
9781071583395
Formato:
Livro

Descrição

Você está sofrendo de um intestino permeável? Você costuma sentir inflamação no corpo? O que quer que você coma parece estar causando problemas? A lectina pode ser a causa desses seus problemas?

A má digestão pode arruinar o seu dia e pode fazer com que você perca eficiência no trabalho e qualidade de vida. A inflamação constante em seu estômago e a sensação estranha no estômago podem ser o pior de seus pesadelos. Pior de tudo, você nem mesmo percebe qual é o seu problema.

O que você deve fazer sobre isso?

As pessoas recomendam muitas coisas, coisas que funcionaram para elas e, embora você tente fazer o mesmo, não parece funcionar para você. Você não sabe o porquê? A razão é simples; uma dieta que funciona para outra pessoa necessariamente não funcionará para você. Cada pessoa é diferente e cada corpo reage de maneira diferente a diferentes alimentos.

Faça uma dieta que funcione para você!

Se você pudesse fazer uma dieta que funcionasse perfeitamente para você, todos os seus problemas estariam resolvidos, certo? Quer ver como posso ajudar?

  • Curar inflamações constantes
  • Curar a síndrome do intestino irritável
  • Curar a síndrome do intestino solto
  • Comece a se sentir energizado
  • O que é sensibilidade alimentar?
  • E tenha o plano de dieta ideal para você.

Este livro pode realmente ajudar você com as informações de que você precisa para viver uma vida melhor? Sim, e não se preocupe, pois “Uma dieta sem lectina” está repleto de informações que ajudarão você a ter uma vida melhor.

Não perca nem mais um segundo. Compre esse livro agora e comece a viver uma vida melhor e mais saudável.

Lançados:
9 de jan. de 2021
ISBN:
9781071583395
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Uma dieta sem lectina

Livros relacionados

Amostra do livro

Uma dieta sem lectina - John Williams

Uma dieta sem lectina

Pode realmente ajudar com inflamações e a perder peso?

John Williams

© Copyright 2018 – Todos os direitos reservados.

O conteúdo deste livro não pode ser reproduzido, duplicado ou transmitido sem a expressa permissão, por escrito, do autor ou do editor.

Sob nenhuma circunstância qualquer culpa ou responsabilidade legal será atribuída ao editor, ou autor, por quaisquer danos, reparação ou perda monetária devido às informações contidas neste livro. Direta ou indiretamente.

Nota legal:

Este livro é protegido por direitos autorais. Este livro é apenas para uso pessoal. Você não pode alterar, distribuir, vender, usar, citar ou parafrasear qualquer parte ou o conteúdo deste livro sem o expresso consentimento do autor ou editor.

Aviso de isenção de responsabilidade:

Observe que as informações contidas neste livro são apenas para fins educacionais e de entretenimento. Todos os esforços foram realizados para apresentar informações precisas, atualizadas, confiáveis e completas. Nenhuma garantia de qualquer tipo é declarada ou está implícita. Os leitores reconhecem que o autor não está envolvido na prestação de assessoria jurídica, financeira, médica ou profissional. O conteúdo deste livro foi derivado de várias fontes. Consulte um profissional habilitado antes de tentar quaisquer técnicas descritas neste livro.

Ao ler este livro, o leitor concorda que em nenhuma circunstância o autor é responsável por quaisquer perdas, diretas ou indiretas, que sejam incorridas como resultado do uso das informações contidas neste documento, incluindo, mas não se limitando a, erros, omissões ou imprecisões.

Sumário

Introdução

Capítulo 1: O que são lectinas?

Capítulo 2: O paradoxo das plantas

O autor

A resposta

Uma conversa importante

Capítulo 3: Compreendendo as lectinas das plantas

Capítulo 4: Como as lectinas causam problemas digestivos

Capítulo 5: As Lectinas, inflamação e deficiência imunológica

Capítulo 6: A interferência das lectinas no funcionamento celular

Capítulo 7: WGA’s Influência no açúcar no sangue e nas células de gordura

Capítulo 8: Sensibilidade à lectina

Capítulo 9: Benefícios de uma dieta livre de lectina

Capítulo 10: Introdução a uma dieta livre de lectina

Capítulo 11: O que comer e evitar ao seguir uma dieta livre de lectina

Capítulo 12: Sucesso com a dieta livre de lectina

O lado caro da dieta do paradoxo vegetal

Capítulo 13: Uma avaliação da dieta livre de lectina

Os fatos e a teoria verdadeira sobre lectinas

Capítulo 14: Benefícios das lectinas

Capítulo 15: Riscos de uma dieta livre de lectina

Uma dieta sem lectina?

Dieta baseada em vegetais e quantidade de lectina

Desvantagens de uma dieta livre de lectina como antinutriente

Capítulo 16: Mitos sobre lectinas

As controvérsias da dieta em teorias em torno de lectinas

Informações sobre lectinas

Toxinas alimentares comuns

Envenenamento por selênio

Envenenamento por mercúrio

Inibidores de amilase

Goitrogênicos

Furocumarinas

Compostos anti-tiamina

Capítulo 17: Uma alternativa para uma dieta sem lectina

Capítulo 18: Qual é o plano de dieta baseado na nutrição final?

Razões para aderir a um plano de dieta

Boa nutrição

Dieta de controle de porção

Conteúdo nutricional

Lectinas (o paradoxo da planta)

A melhor dieta geral para uma pessoa

Preocupações com relação às lectinas nas dietas

Conclusão

Referências

Introdução

As dietas se tornaram mais versáteis com a introdução de muitos programas de dieta. No entanto, selecionar um programa de dieta confiável não é fácil. Você tem que fazer sua lição de casa antes de optar por qualquer programa específico. Raramente as pessoas passam tempo suficiente fazendo a lição de casa antes de decidir sobre um plano de dieta a adotar. Esta é a principal razão pela qual os modismos de dietas se tornaram comuns. É também a razão pela qual tantas pessoas experimentam dietas, têm sucesso limitado e então abandonam a estratégia. Se você está tentando perder peso, deve conhecer os alimentos que o fazem ganhar peso. É hora de encontrar os problemas.

Você está tendo problemas de digestão? Ou você está lutando contra um inchaço inexplicável? A inflamação afetou seu sistema imunológico? Então, você precisa aprender sobre a dieta sem lectina!

Depois de entender a dieta sem lectina, você pode decidir se vai segui-la ou não. Não vou ser tendencioso.

Você pode ter perdido muito esforço para perder peso, mas então as lectinas entram em cena e estragam tudo. Mas o problema é que muitas pessoas não conhecem os problemas das lectinas. Alimentos à base de plantas, como feijão, nozes, grãos inteiros e muito mais, podem causar inflamação e podem se tornar uma barreira em sua jornada para perder peso. Você sabia disso? Eu também não sabia disso até começar a pesquisar.

Estudos específicos foram feitos por muitas pessoas bem-sucedidas na dieta sem lectina. E esses projetos ajudaram milhões de pessoas. Você não precisa mais consumir itens tediosos. Você pode viver uma vida saudável.

Se você considerar as estatísticas, verá que muitas pessoas testemunharam mudanças positivas depois que optaram por uma dieta sem lectina. Eles se libertaram da inflamação e dos problemas imunológicos. O que mais você poderia pedir? Mas espere! Há muito o que saber sobre uma dieta sem lectina. Portanto, continue lendo!

Você não precisa se conter para não comer pratos deliciosos porque pode encontrar muitas receitas sem lectina online. Não vai ser difícil e você não encontrará obstáculos em sua jornada para seguir a dieta sem lectina.

Você não precisa mais prejudicar sua saúde. Depois de conhecer, em detalhes, a dieta sem lectina, você poderá saber claramente o que o tem confundido por tanto tempo. Depois de controlar esta dieta, você pode manter seu corpo sem enfrentar quaisquer problemas, como inflamação ou problemas imunológicos.

Se você está confusa sobre o que é uma dieta sem lectina ou se é boa ou ruim, este livro pode ajudá-lo a entender os prós e os contras de uma dieta sem lectina. Depois de ler este livro, você terá uma visão clara e cristalina dessa dieta e poderá tomar uma decisão informada. Você não precisa fazer uso de suposições ou enfrentar qualquer confusão porque este livro incluirá tudo o que você precisa saber como um iniciante.

Primeiro, mostraremos o que são lectinas antes de considerar as várias maneiras pelas quais elas causam danos ao corpo humano.

A educação desempenha um papel importante quando você tenta adotar ou mudar algo. Especialmente quando se trata de uma dieta específica, você deve ter certeza de aprendê-la antes de adotá-la! Você deve controlar os alimentos que pode ou não pode comer. Você deve saber como as lectinas prejudicam seu corpo. Se você não fizer um esforço, nunca entenderá o que é uma dieta sem lectina!

Há muitas coisas a serem aprendidas. Por isso, vamos começar!

Capítulo 1: O que são lectinas?

O que são lectinas? Estas são proteínas que se aderem às membranas celulares. Elas causam problemas ao sistema imunológico ao interromper a interação celular. Você encontra lectinas em grãos, vegetais, laticínios e legumes crus. Além disso, eles são abundantes em sementes e tegumento (camada externa) das sementes.

A maioria das pessoas não conhecia as lectinas até recentemente. Essas proteínas aglutinantes de eritrócitos estão em cena desde o século XIX. (Aglutinar é apenas uma palavra chique para grudar, já que as lectinas têm a tendência de grudar nas coisas). Na década de 1960, era evidente que essas proteínas aglutinavam proteínas específicas do açúcar também. As lectinas são comuns em plantas e raramente vistas naturalmente em vertebrados. Peter Hermann Stillmark, um microbiologista, foi quem deu origem à definição de lectinas. Sua tese de doutorado foi feita sobre a lectina tóxica da mamona. Com o tempo, os cientistas começaram a pesquisar lectinas e passaram a entendê-las com mais detalhes. À medida que a compreensão aumentou, os profissionais de saúde começaram a se concentrar mais nas lectinas e seus efeitos na saúde humana.

No entanto, antes da década de 1970, apenas algumas lectinas ganharam atenção. Lentamente, outras lectinas foram identificadas como úteis, enquanto outras foram consideradas prejudiciais aos humanos. Mais tarde, lectinas adicionais foram descobertas em animais, microrganismos, plantas e humanos, com revelações contínuas sobre seus impactos.

Quando as lectinas são encontradas em carboidratos comuns como legumes e grãos, elas formam glicoproteínas. As glicoproteínas apoiam o sistema imunológico e mantêm os níveis de proteína sob controle. No entanto, como diz o ditado, muito de qualquer coisa é bom para nada, você não deve consumir muitas lectinas. Se você fizer isso, eles criarão efeitos adversos em sua saúde. Você terá problemas como diarreia, vômitos e muito mais. Essas alterações são causadas por problemas nas funções imunológicas.

Ao mesmo tempo, você deve ter ouvido falar que as lectinas ocupam um lugar especial no apoio às funções do corpo e à saúde. Então,

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Uma dieta sem lectina

4.2
5 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor