Curta este título agora mesmo, além de milhões de outros, com um período de avaliação gratuita

Grátis por 30 dias, depois $9.99/mês. Cancele quando quiser.

Bora lá, assuma a liderança: 22 estratégias para chegar ao topo

Bora lá, assuma a liderança: 22 estratégias para chegar ao topo

Ler amostra

Bora lá, assuma a liderança: 22 estratégias para chegar ao topo

Comprimento:
69 página
44 minutos
Editora:
Lançado em:
Oct 14, 2013
ISBN:
9786599099816
Formato:
Livro

Descrição

Um livro divertido, intrigante e esclarecedor sobre o comportamento humano no trabalho. São textos curtos sobre as relações interpessoais, do ponto de vista da biologia do comportamento. Especialidade do Prof Pedro de Camargo. Empresas são feitas por pessoas, pessoas são feitas de genes e impulsionadas por hormônios e neurotransmissores.
Editora:
Lançado em:
Oct 14, 2013
ISBN:
9786599099816
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Bora lá, assuma a liderança

Livros relacionados

Amostra do Livro

Bora lá, assuma a liderança - Pedro Camargo

cover-image, Bora la, assuma a lideranca

BORA LÁ...

ASSUMA A LIDERANÇA!

22 estratégias para chegar ao topo.

PEDRO CAMARGO

Rectangle Rectangle Line Line Square Square Square Aproveite o sol da manhã e faça a sua empresa brilhar 1 Capítulo

Muitas pessoas sentem que fazem o seu melhor pela manhã. São mais focados neste período. Tem um autocontrole maior logo cedo e depois vai se esgotando. Pesquisadores descobriram que nós somos na verdade, mais felizes no período da manhã. A pesquisa foi feita através das mensagens do Twitter por todo o planeta e publicada na revista Science. Pesquisadores descobriram que pela manhã usamos palavras como fantástico e super e seus sinônimos entre as 6 e às 9 da manhã. Depois disso as mensagens se tornam mais irritadas e pesadas até atingir o pico às 16 horas. Neste momento palavras como perturbar amolar prevalecem .

Em outras palavras, depois das 16 h, não só você é suscetível a ser menos disciplinado, mas também não é muito feliz e este não é o melhor momento para fazer reuniões estratégicas ou tomar decisões importantes.

Isso tudo tem relação com o ciclo cicardiano das pessoas. Nossos hormônios estão em alta no início da manhã. Testes realizados anteriormente por pesquisadores em neurociência, mostraram que as pessoas estão muito mais predispostas e propensas a experimentar coisas novas, logo no começo da manhã, quando os níveis de dopamina estão lá em cima e não no final da tarde, quando estão baixos.

A explicação para tudo isso é simples: as mudanças comportamentais do ser humano ocorrem de acordo com o tal ciclo cicardiano, um ritmo de 24 horas, porque o sistema nervoso se desenvolveu em função das demandas de variações tempo relacionadas ao ciclo claro-escuro e a melatonina, produzida por uma glândula no cérebro chamada pineal, age como um transdutor neuroendócrino, ou seja, ela transforma as informações externas referentes ao ciclo noite-dia em sinais bioquímicos que modulam o nosso comportamento.

Pois é, e a relação da melatonina com a dopamina é de inibição, quando cai a noite, aumenta-se no nível de melatonina que faz diminuir os níveis de neurotransmissores, dentre eles a dopamina e quando chega a manhã, ocorre o contrário. Isso acontece por- que a melatonina inibe a liberação desta química cerebral.

Se você é um chefe e lidera uma equipe, não invente reunião no período da tarde só para dizer que está trabalhando e demonstrar que está de olho, nem reúna seus gerentes para decisões estratégicas da empresa. Reunião decisiva é bom pela manhã quando os hormônios e neurotransmissores estão bombando. Aproveite as manhãs, pois as ideias vão surgir e a sua empresa vai brilhar à luz do sol matinal. Além do mais neste período produtivo você tira o seu colaborador do Facebook, Twitter, Linkedin, Slideshare e outras redes sociais que podem dispersar o gás matinal.

Rectangle Rectangle Line Line Square Square Square Boca maldita! Come o que quer e diz o que não quer 2 Capítulo

Se como dizem os nutricionistas que você é o que você come, este artigo vai te deixar de boca aberta! Os consumidores de ácidos graxos trans são mais agressivos e propensos à depressão. Ou seja, loucos por fast food que consomem gordura trans têm comportamentos adversos que afetam as outras pessoas que estão à sua volta em casa e os colegas de trabalho. Portanto veja bem o que vai comer no almoço de negócios.

As gorduras trans têm sido associadas com a doença cardiovascular, colesterol elevado, disfunção metabólica, resistência à insulina, inflamação, obesidade, e diminuição da saúde geral. Uma ligação entre gorduras trans e depressão também tem sido relatada em pesquisas, bem como a sua relação com a aprendizagem e a memória, que vão diminuindo conforme a ingestão destas substâncias nocivas.

Pois é, RH vai ter que entender de química alimentar para mudar hábitos de consumo dos colaboradores

Você chegou ao final desta amostra. Inscreva-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas pensam sobre Bora lá, assuma a liderança

0
0 avaliações / 0 Análises
O que você acha?
Classificação: 0 de 5 estrelas

Avaliações de leitores