Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Alimentos para animais

Alimentos para animais

Ler a amostra

Alimentos para animais

Duração:
99 páginas
55 minutos
Lançados:
21 de dez. de 2017
ISBN:
9788583935674
Formato:
Livro

Descrição

Com uma linguagem clara e objetiva, este livro aborda os principais nutrientes e sua classificação; o estudo da fisiologia animal, desde as particularidades das espécies até outros fatores que influenciam a demanda metabólica animal; a composição dos ingredientes para fabricação de rações e os tipos de aditivos; as etapas de processamento de alimentos; os aspectos relacionados ao controle de qualidade da ração e de seu processo, além das boas práticas de fabricação.
Lançados:
21 de dez. de 2017
ISBN:
9788583935674
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Alimentos para animais

Livros relacionados

Artigos relacionados

Amostra do livro

Alimentos para animais - SENAI-SP Editora

1. Nutrição animal

Conceitos básicos

Principais nutrientes

Classificação dos alimentos

Conceitos básicos

Alguns termos são comumente utilizados quando se referem à alimentação animal e, portanto, são essenciais para a compreensão de assuntos relacionados à tecnologia de rações. A terminologia apresentada neste livro foi empregada em diversos trabalhos científicos na área de alimentação animal.

Absorção

Processo que envolve os mecanismos químicos e físicos relacionados ao transporte dos nutrientes pela membrana do intestino e seu deslocamento até a circulação sanguínea ou linfática.

Alimentação

Ramo da nutrição que estuda os alimentos e os nutrientes que esses contêm. É o processo de provisão do alimento ao animal na forma mais adaptada às suas preferências e condições fisiológicas, por meio da qual se deve garantir o consumo, a transformação e a assimilação, de modo que o animal utilize os nutrientes de acordo com suas necessidades. Abrange desde a escolha dos alimentos (volumosos, concentrados) até seu preparo (processamento) e fornecimento aos animais.

Alimento

Substância que, quando consumida por um indivíduo, é aproveitada e fornece nutrientes para o desenvolvimento e a manutenção de seus tecidos corporais, de modo que contribua para assegurar seu ciclo de vida e a sobrevivência de sua espécie.

Dieta

Ingredientes ou misturas de ingredientes, incluindo a água, consumidos pelos animais em um período de 24 horas.

Digestão

Nome que se dá ao processo de divisão, degradação e absorção dos alimentos pelo organismo. A absorção acontece durante a passagem pelo epitélio intestinal. A digestão compreende os processos químicos e físicos que são responsáveis pela transformação do alimento em seus nutrientes e os mecanismos de transporte e absorção.

O trato digestório possui uma estrutura oca e tubular, que vai da boca até o ânus. Durante esse percurso, o alimento necessita ser fracionado em partes menores para que a absorção ocorra. O processo de digestão alimentar é caracterizado por sucessivas quebras. A mastigação nada mais é do que um processo físico de rompimento, e o suco gástrico participa dessa quebra de forma química. Os principais componentes do trato digestório são: boca, dentes, língua, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. Órgãos acessórios como pâncreas, fígado e glândulas salivares também fazem parte do sistema como um todo.

Quanto ao hábito alimentar, os animais podem ser classificados em carnívoros (felinos), herbívoros (bovinos, equinos) e onívoros (humanos, suínos).

Digestibilidade

É a fração do alimento aparentemente aproveitada pelo animal, ou seja, a diferença entre a quantidade ingerida e aquela excretada nas fezes. A determinação da digestibilidade pode ser feita mediante ensaios de digestibilidade in vivo ou por meio de técnicas aproximativas como a digestibilidade in vitro ou in situ.

Metabolismo

Conjunto de reações catabólicas e anabólicas que permitem o funcionamento normal das células e, consequentemente, a manutenção da vida do animal.

Nutrição

É a ciência que estuda o conjunto de fenômenos bioquímicos e fisiológicos iniciados com a ingestão do alimento e mediante os quais ele é digerido, absorvido e metabolizado para atender às necessidades de manutenção e produção. Compreende a maneira pela qual os nutrientes necessários à vida são obtidos e utilizados, fornecendo às células do corpo as condições necessárias para o bom desenvolvimento metabólico.

Nutrientes

Compostos químicos, orgânicos e inorgânicos, presentes nos alimentos que são aproveitados pelo organismo, suprindo alguma necessidade nutricional e participando dos processos metabólicos dos animais. Portanto, os nutrientes são utilizados na síntese de algum composto do organismo animal ou absorvidos para a produção de energia.

Existem terminologias empregadas frequentemente para as frações mais avaliadas para a elaboração de alimentos completos. Essas frações e suas relações com outros constituintes dos alimentos estão demonstradas simplificadamente na Figura 1.

Figura 1 – Frações comumente avaliadas para a elaboração de alimentos completos e seus constituintes majoritários.

Nutriente digestível

É a fração possível de ser digerida pelo animal e que pode ser aproveitada para a produção de energia e manutenção ou crescimento dos tecidos. Na prática, é a diferença entre a quantidade de nutriente ingerida e a excretada nas fezes e na urina do animal.

Do ponto de vista tecnológico, o índice de nutriente digestível total (NDT) expressa a fração de matéria seca de um alimento que é absorvida pelo animal. Por meio de análises laboratoriais ou dados de digestão verdadeira, esse índice pode ser calculado somando-se a fração de cada componente digestível presente na alimentação.

A quantidade total de nutrientes digestíveis de um alimento pode ser obtida pela expressão:

NDT = PBd + (2,25 × EEd) + FBd + ENNd

Onde:

PBd: fração digestível de proteína bruta;

EEd: fração digestível de extrato etéreo;

FBd: fração digestível de fibra bruta;

ENNd: fração digestível de extrato não nitrogenado.

Nutriente essencial

Nutriente que não

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Alimentos para animais

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor