Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

Pedreiro revestidor

Pedreiro revestidor

Ler a amostra

Pedreiro revestidor

Duração:
146 páginas
1 hora
Lançados:
15 de jan. de 2018
ISBN:
9788553400164
Formato:
Livro

Descrição

Com linguagem simples e objetiva, esta obra aborda os principais tipos de aglomerantes e agregados, a representação gráfica de um projeto, revestimentos argamassados e os instrumentos e ferramentas utilizados. Mostra as técnicas para chapiscar, emboçar, rebocar e requadrar; os tipos de placa cerâmica; os materiais e técnicas para execução de revestimentos cerâmicos.
Lançados:
15 de jan. de 2018
ISBN:
9788553400164
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a Pedreiro revestidor

Livros relacionados

Amostra do livro

Pedreiro revestidor - SENAI-SP Editora

1. Aglomerantes

Cimento

Cal

Gesso

Aglomerar quer dizer juntar, unir.

O aglomerante pode ser hidráulico ou aéreo.

O aglomerante hidráulico é aquele que necessita de água para endurecer, por exemplo, o cimento.

O aglomerante aéreo precisa de ar para endurecer, por exemplo, a cal, o gesso.

O endurecimento do aglomerante é que vai conferir resistência mecânica para a argamassa.

Pode-se obter uma pasta resistente simplesmente juntando aglomerante e água. A água adicionada ao aglomerante deve ser limpa e de preferência tratada.

Entretanto, a pasta feita de aglomerante e água é cara. Além disso, quando a pasta fica seca diminui muito de volume. A diminuição de volume da pasta provoca rachaduras.

Esses dois problemas, custo alto e rachaduras na secagem, são resolvidos quando se adiciona agregado miúdo ao aglomerante e à água.

O agregado, o aglomerante e a água formam a argamassa. Pode-se usar como agregado materiais como areia e saibro.

Antes de mostrar as características dos aglomerantes, é importante definir os conceitos de:

•pega ou cura – é um fenômeno físico-químico segundo o qual um aglomerante perde sua fluidez pela secagem, aderindo aos materiais com os quais está em contato. A pega é um fenômeno físico porque resulta na solidificação da mistura do aglomerante com a água e é um fenômeno químico porque ocorrem reações químicas na estrutura da mistura conhecida como pasta;

•endurecimento – é um fenômeno físico que envolve a simples secagem da pasta. A secagem é ocasionada pela evaporação da água empregada no preparo da pasta. Percebe-se que a única diferença entre pega e endurecimento é que neste último não existe processo químico.

Os principais tipos de aglomerantes são:

•cimento;

•cal;

•gesso.

Cimento

O cimento é um aglomerante hidráulico, ou seja, endurece na presença apenas de água e após sua pega completa não se decompõe mais.

As Normas Técnicas Brasileiras para os tipos de cimento são:

•NBR 5732 – cimento Portland comum;

•NBR 5733 – cimento Portland de alta resistência inicial;

•NBR 5736 – cimento Portland pozolânico;

•NBR 5737 – cimento Portland resistente a sulfatos;

•NBR 11578 – cimento Portland composto.

Fabricação do cimento

O cimento é um pó obtido do clínquer. O processo de fabricação do cimento exige instalações industriais bem complexas.

O processo de fabricação do cimento consiste em extrair o calcário da mina. A extração é feita com o auxílio de máquinas e explosivos.

Em seguida, o calcário é transportado em caminhões para ser triturado e misturado com a argila.

A mistura de calcário e argila é moída e cozida a uma temperatura de 1450 ºC. Desse cozimento resultam pelotas duras do tamanho de uma bola de gude. As pelotas são chamadas de clínquer.

O clínquer, por sua vez, é moído. O pó obtido tem características de cimento, endurecendo quando misturado com água. É o principal componente do cimento Portland.

Pronto o cimento, ele pode ser distribuído para consumo. O cimento é fornecido em sacos de 50 kg ou a granel. Veja a figura a seguir:

Figura 1 – Processo de fabricação do cimento.

Tipos de cimento

Existem vários tipos de cimento. Mas o tipo usado nas obras é o cimento Portland. O cimento Portland é designado pela sigla CP.

Figura 2 – Saco de cimento Portland.

Portland é o nome de uma ilha da Inglaterra. O cimento tem o nome de Portland porque o primeiro fabricante achou que, depois de endurecido, sua cor era semelhante à cor das pedras da ilha de Portland.

Além da sigla CP, o cimento Portland é também designado por algarismos romanos e letras. O cimento Portland comum é indicado pelo algarismo I. Outros tipos de cimento Portland são indicados a partir do algarismo II.

O quadro a seguir mostra os principais tipos e características do cimento Portland.

Quadro 1 – Tipos de cimento Portland

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de Pedreiro revestidor

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor