Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O livro da Lua 2022: Descubra a influência do astro no seu dia a dia e a previsão anual para seu Signo

O livro da Lua 2022: Descubra a influência do astro no seu dia a dia e a previsão anual para seu Signo

Ler a amostra

O livro da Lua 2022: Descubra a influência do astro no seu dia a dia e a previsão anual para seu Signo

notas:
5/5 (3 notas)
Duração:
585 páginas
7 horas
Lançados:
4 de out. de 2021
ISBN:
9786555661873
Formato:
Livro

Descrição

Tem dias que tudo flui bem, mas tem outros em que nada parece sair do lugar. Você sabe por que isso acontece? A Lua tem interferência direta no seu dia a dia, isso graças à sua posição no céu. Esse satélite tem o poder de direcionar suas decisões, por isso O livro da Lua 2022 é o guia para você saber quais são os melhores dias para cada Signo, o Mapa Astral do Brasil e as Lunações de cada mês. Tudo para facilitar ainda mais a sua vida e para que seus julgamentos e planos sejam certeiros.
Cirurgias, procedimentos estéticos, propostas de trabalho, novos projetos e até relacionamentos afetivos tendem a fluir melhor se você souber o que fazer com a interferência do satélite na Terra.
Lançados:
4 de out. de 2021
ISBN:
9786555661873
Formato:
Livro

Sobre o autor


Relacionado a O livro da Lua 2022

Livros relacionados

Amostra do livro

O livro da Lua 2022 - Marcia Mattos

O CÉU DO BRASIL

— SOL-MARTE PROGREDIDOS SOBRE URANO DO BRASIL —

De meados de 2020 até julho de 2022

Nos últimos dois anos, vivemos períodos de muita turbulência, com uma enxurrada de situações que não permitiam que o cenário se acalmasse. Uma grande onda se seguia a uma outra de modo que não tínhamos tranquilidade e nem intervalo para nos restabelecermos dos choques. E como pano de fundo estava a pandemia. Isso gerou um nível muito alto de tensão no país e nos deixou exaustos, querendo, simplesmente, paz. Como se a cada momento surgisse uma nova pauta-bomba para desativar, antes que explodisse. Vivemos em uma corda bamba nesses últimos tempos.

Essa condição é efeito do indomável e explosivo ciclo de Sol e Marte sobre Urano do Brasil que ainda estará ativo até meados de 2022, mas que a partir daí encerra suas atividades.

— URANO CONJUNÇÃO A SATURNO DO BRASIL —

Dezembro de 2021 a março de 2022

O ano começa com os últimos toques do ciclo que sacudiu o mapa do Brasil e o país desde o segundo semestre de 2020 e por todo 2021. Não tivemos trégua ao longo deste período que se encerra em março deste ano.

Desestabilização e rupturas do que já parecia estruturado, definido e tido como certo e garantido são efeitos próprios dessa passagem. A ideia dessa dupla é sacudir as bases. Não é confortável e cria um nível alto de incerteza e imprevisibilidade, o que não gera um ambiente propício para investimentos e negócios.

O tempo todo se conviveu com o sentimento de que poderia haver uma ruptura política mais profunda. Os Poderes se chocaram em inúmeras ocasiões e precisaram demonstrar sua independência com ênfase.

A relação do governo com os meios de Comunicação foi tensa, a pressão sobre a mídia ou a discussão sobre seu papel foram intensas.

Esse ciclo também expõe a precariedade e necessidade de renovação da infraestrutura que, em alguns setores, se encontrava insuficiente ou ausente.

Há sempre um confronto entre forças renovadoras e forças conservadoras dentro da organização social. Discussões importantes sobre conceitos que estruturam nossa sociedade e suas regras fervilharão. É necessário ressaltar que esta aliança planetária sugere abalos na base.

— NETUNO OPOSTO MERCÚRIO —

Março a junho de 2022 e agosto a dezembro de 2022

Esta dupla planetária está ativa no mapa do Brasil desde 2021

Além de ser uma influência perniciosa para as contas públicas, no sentido de descontrole de gastos, mau uso de recursos, mau direcionamento e fiscalização, também é um ciclo por excelência associado a desvio de verbas.

Desinformação, informações ambíguas que criam um cenário de indefinição, especulação (ninguém sabe ao certo sobre nada), além de um aumento expressivo de golpes, cada vez mais bem idealizados, que lesam muitas pessoas, vítimas de sua própria credulidade, são efeitos dessa passagem.

Este não é um encontro planetário auspicioso para o Brasil. Descontroladas contas públicas, má gestão dos recursos, investimentos mal projetados com desperdício de dinheiro público, contas que não fecham, dinheiro que sai, mas não entra, ou entra e sai sem esquentar, risco maior de inadimplência, no sentido de não se receber o que é devido ou o que foi emprestado são o tipo de problemas que levam à chancela deste ciclo. Precisaremos de gente boa e técnica para fazer conta e controlá-la. Perder-se em labirintos burocráticos também é um efeito colateral desta passagem, assim como promessas não cumpridas por serem impossíveis, desculpas e explicações que não convencem.

Invasão de dados, gravações não autorizadas e hackeamento acontecem com mais frequência sob essa insidiosa dupla. Boatos, fake news, informações contraditórias e dados inconclusivos também fazem parte deste cenário.

— MEIO DO CÉU PROGREDIDO QUADRADO SOL DO BRASIL —

De meados de 2021 a dezembro de 2022

Este ciclo, cujo grau exato se dará em maio de 2022, é um dos indicadores de possível queda da popularidade do mandato do atual Presidente do Brasil, e mais a Cpi do Covid. Esta passagem põe em cheque o desempenho do governante. Qualquer nome que ocupasse o cargo durante este ciclo passaria por uma importante crise de avaliação de sua performance.

Muito do desprestígio e da imagem desfavorável que o Brasil vem sofrendo diante do cenário internacional também está na conta deste ciclo.

— URANO QUADRADO NODOS —

Maio e junho de 2022

Novembro de 2022 a fevereiro de 2023

Novos fatos, inesperados e fora do contexto mudam a dinâmica do jogo, criam situações diferentes das imaginadas e modificam a rota. É uma energia que predispõe à ruptura e descontinuidade do que estava em curso.

Vou reproduzir o trecho de O Livro da Lua 2021 em que descrevo os efeitos dessa passagem, que já estava ativa no ano passado.

Essa combinação Urano-Nodos vem acrescentar eletricidade e turbulência ao período.

Manobras bruscas são necessárias para fazer face às reviravoltas e às mudanças súbitas de direção.

Acontecimentos inesperados forçam a alteração de planos e a busca de outros rumos, como um piloto que precisa mudar a rota quando se depara com um céu turbulento, ou um capitão do barco, na travessia de um mar revolto. Apertem os cintos ou vistam o colete salva-vidas, teremos solavancos no caminho. Figuras proeminentes do cenário nacional que fazem parte da equipe de bordo podem ser substituídas ou desistir do percurso.

— JÚPITER QUADRADO JÚPITER-LUA —

Janeiro e fevereiro de 2022

Esse ciclo costuma gerar na população um quadro de otimismo e empolgação, como uma espécie de compensação de um longo período de restrições, isolamento e más notícias. As pessoas tenderão a agir de forma a superestimar as possibilidades e a querer fazer tudo que não conseguiram ou não se sentiram estimuladas a fazer no ano anterior.

O aconselhável aqui é manter o foco e não sair ampliando demasiadamente suas atividades ou negócios na tentativa de aproveitar todas as oportunidades que foram negadas em 2021. Aqui, se erra por excesso e por diversificar demais o campo de ação. Cuidado também com as promessas que nos sejam feitas aqui — estão superdimensionadas e não serão cumpridas, como uma propaganda enganosa.

Estamos em ano de eleições, de modo que sempre aparecem discursos que nos prometem o céu na terra.

— SATURNO CONJUNÇÃO AO NODO —

Janeiro e fevereiro de 2022

O início do ano também é marcado pelo encontro de Saturno com os Nodos do Brasil. Esse é um ciclo que representa, de certa maneira, um marco político. Há um ponto de partida de uma trajetória, de um direcionamento na área política. As forças se organizaram para dar um rumo ao país. Já podemos ter uma cara, um perfil, um mapeamento para onde os ventos estão indo. É uma sinalização de controle, de planejamento e não de desgoverno.

Poderia ser um período em que se definisse um nome que viesse a disputar as eleições ao lado dos candidatos de até então.

Trata-se também de um ciclo poderoso para se apresentar programas de governo e, naturalmente, para o Governo em exercício mostrar resultados, metas ou ações para os meses que ainda tem pela frente.

É ele que, a essa altura, permite que se assuma o leme e se faça as devidas correções de rota, principalmente em relação às medidas que terão impacto a longo prazo.Como havíamos enfatizado, essa é uma indicação forte de eventos políticos de destaque que tanto sinalizam o encerramento de uma determinada direção, quanto marcam o início de um novo traçado. A última vez em que ocorreu este ciclo, em 1992, tivemos uma mudança política de impacto com o impeachment do então Presidente Collor, sendo substituído por seu vice, Itamar Franco, para o cargo de Presidência da República. Este evento foi precedido pelo surgimento dos caras pintadas, movimento de jovens que pediam o impeachment do Presidente.

Neste mesmo ano, o Brasil sediou a Eco 92, a Conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente.

Questões de peso, como essas, sempre ocupam a pauta do país quando esse ciclo entra em vigor.

— SATURNO OPOSTO A VÊNUS —

Fevereiro a março de 2022

O início de 2022 é marcado por um congestionamento de eventos planetários sobre o mapa do Brasil.

A presença de Saturno tensionando a Vênus é indício de pouca grana circulando no país, como se os recursos estivessem contados. Os dinheiros mal dão para o gasto e o crédito está restrito. É necessário fazer uma gestão muito austera e criteriosa das despesas, pois não dá para tudo. É mais difícil fechar negócios sob essa dupla, fazer dinheiro e conseguir trabalho. Geralmente, isso é fruto de um cenário onde não se fez uma previsão orçamentária e se gastou de forma mal calculada. O segmento associado a gastos não essenciais sofre mais nesse período.

A economia não costuma ter uma boa performance sob este ciclo.

A dica é segurar as despesas e fazer alguma reserva para cobrir esse primeiro trimestre, depois a situação melhora.

— LUA PROGREDIDA SOBRE PLUTÃO —

Fevereiro a maio de 2022

Essa é uma marcação astrológica desafiadora. Além de indicar ânimos alterados, com forte tendência a reações extremas, também traumatiza feridas não cicatrizadas, é um clima de catarse e pouco bom senso.

Também sinaliza revolta por parte da população que vem sendo sistematicamente prejudicada, excluída e desatendida.

É um ciclo que também aponta para confrontos de poder, de condução da economia e do orçamento público que deve estar a esta altura com pouquíssimo espaço de manobra.

O nível de endividamento da população e de inadimplência estará alto, antes de sentirmos as melhoras expressivas que virão com a entrada de Júpiter na Casa 2, já ali desde março.

— JÚPITER OPOSTO AO SOL E TRÍGONO AO MEIO DO CÉU —

Março de 2022

Este é um mês de especial visibilidade, exposição e possibilidade de prestígio do Presidente, assim como do próprio país que melhora sua reputação no cenário internacional.

É também um período luminoso para o lançamento de um nome para candidatura das eleições em 2022, nome este que ganharia evidência sem nenhum esforço.

— SATURNO QUADRADO MEIO DO CÉU —

Março a agosto de 2022, setembro de 2022, novembro a dezembro de 2022

Esse ciclo põe sob rigorosa avaliação o desempenho do governo em exercício. Se fosse o mapa de uma pessoa comum, diríamos que ela estaria sendo testada em sua competência e qualificação profissionais. Por se tratar do mapa de um país, esta verificação será feita em relação ao Executivo e empresas estatais.

É hora de o governo mostrar suas melhores credenciais para não ter sua imagem prejudicada e para que, na contabilidade final, não pese mais na conta os erros do que eventuais acertos. A conta feita por Saturno, o fiscal do zodíaco, é sempre muito dura, não é subjetiva, mas rigorosamente baseada em resultados.

É ele também que atribui e cobra responsabilidade aos responsáveis, trazendo reconhecimento aos que a cumpriram e penalizando os que a descumpriram.

Problemas de gestão pública, de eficiência do funcionamento da máquina do governo e seus órgãos, de estrutura ou infraestrutura costumam gritar sob este ciclo.

São momentos mais críticos para quem ocupa posições de poder.

— JÚPITER NA CASA 2 DO BRASIL —

Março de 2022 a abril de 2023

Esta é a melhor notícia para o país em 2022.

Júpiter, o planeta da abundância, prosperidade, crescimento e gerador de grandes benefícios, atravessa a casa 2 do mapa do Brasil, o setor do mapa que rege a economia.

Devemos esperar um ano de melhoria na economia, com um cenário atrativo para investidores e benefícios amplos para o setor produtivo.

Para quem andou atravessando tempos difíceis, de vacas magras, ou precisando contar com auxílios e benefícios para dar conta do recado ou, ainda, para os que estavam esperando.

Este ciclo é simplesmente um presente em 2022.

A última passagem deste ciclo, que ocorreu em 2010, rendeu um crescimento de 7,5%. O maior em 24 anos, até aquele período.

Esperemos que Júpiter reproduza a mesma façanha em 2022.

— SATURNO CONJUNÇÃO ASCENDENTE DO BRASIL —

Abril de 2022 (permanece na Casa 1 por 2 anos)

Este é um dos ciclos mais marcantes para o Brasil.

Ele ocorre, aproximadamente, a cada 29 anos. A última vez em que se deu este ciclo foi em 1993. Neste ano, tivemos um plebiscito pelo qual se votaria sobre a forma e sistema de Governo em que funcionaria o Estado brasileiro. Saíram vitoriosos o presidencialismo e o regime republicano.

Não é improvável que possam ressurgir discussões sobre o sistema de governo, sobre redefinição do papel do Estado, suas prioridades e atribuições e questões sobre a eficiência do atual modelo.

O amadurecimento das Instituições, um aprimoramento do desenho da distribuição de poderes e a avaliação de como as coisas têm funcionado nos últimos 30 anos e de como poderia funcionar melhor serão pautas importantes para o ano de 2022.

Saturno passando pelo Ascendente confere uma espécie de maioridade, alertando-nos que não podemos continuar repetindo os mesmos erros juvenis.

É um ciclo que propõe revisão, reavaliação e não apenas continuidade automática, sem reflexão. No entanto, não é uma passagem que sugere inovação. Geralmente, preferimos caminhar em um território mais vezes trilhado e seguro e nomes e rostos mais conhecidos e experientes. Queremos consertar, sim, mas estamos cautelosos e evitamos riscos quando estamos sob a chancela de Saturno.

É também um ciclo de enxugamento, sobriedade e economia de tudo o que estiver em excesso e com desperdício, este último, um pecado mortal para o austero Saturno. Conduzida por mãos competentes, esta passagem possibilita uma reorganização do país para que ele caminhe de forma estruturada e estabilizada em direção a ótimos resultados de efeitos prolongados. É, no entanto, se mal-conduzida, uma energia que também tende à concentração, controle e forças conservadoras. Isso vai depender, como em qualquer trânsito de Saturno, de quanto se aprendeu com a experiência e com os próprios erros.

De qualquer maneira, um ciclo novo está se abrindo e um novo capítulo de nossa história também.

— ECLIPSE SOLAR (PARCIAL) CONJUNÇÃO A SATURNO DO BRASIL —

Eclipse Solar Parcial a 10º e 28' de Touro 30-04-2022 às 17h28

A presença do Eclipse sobre Saturno do mapa do Brasil, no mês de abril, prenuncia um período sombrio, de eventos relevantes que já se apresentavam problemáticos e que acabam por transbordar sob a força do Eclipse. Todo Eclipse decide e revela algo.

O posicionamento sobre Saturno provoca efeitos sobre a estrutura do país, gerando pouca estabilidade. Os embates com a mídia, sua atuação e tensões com países vizinhos são manifestações prováveis deste Eclipse.

— LUA PROGREDIDA QUADRADO NETUNO-URANO —

Abril a agosto de 2022

Essa é mais uma sinalização de um período tenso e de bastante demanda para o Congresso. Pautas delicadíssimas serão encaminhadas para o Legislativo. O nível de consenso será baixo e difícil de se chegar a definições. Essa Instituição pode decepcionar em sua atuação atuando, mais uma vez, como um palco de barganhas políticas em vez de cumprir sua função ou vocação.

— URANO TRÍGONO SOL —

Abril, maio e dezembro de 2022 a fevereiro de 2023

Essa é uma indicação favorável à renovação política e ao surgimento de nomes como alternativa ao quadro polarizado, aparentemente sem novas opções, para as eleições de 2022. Também não exclui a possibilidade de mudanças favoráveis para o Presidente em exercício.

Há, de qualquer maneira, um alívio da pressão financeira para as contas públicas, uma espécie de novas fontes de receita ou redução de despesas que desafogam um pouco o gargalo.

— ECLIPSE LUNAR TOTAL SOBRE O MEIO DO CÉU DO BRASIL —

Eclipse Lunar Total 16-05-2022 à 1h15 a 25º e 18' de Escorpião

Este Eclipse de Maio se posiciona na Casa 10 do mapa do Brasil a poucos graus do Meio do Céu.

Seus efeitos atingem a imagem do país, sua reputação, assim como o Poder Executivo.

Qualquer situação envolvendo o governante que já vinha acumulando tensão, encontra um potencial de clímax enquanto estivermos sob esse Eclipse.

Também é uma energia de tornar público o que até então não era conhecido ou divulgado. O Eclipse tem essas coisas de pôr na cara, e o Meio do Céu também.

— NODO NORTE EM CONJUNÇÃO AO FUNDO DO CÉU —

Maio a Junho de 2022

Essa é uma sinalização que marca bastante potência, fluxo, força de expressão para a população.

Por outro lado, há um nível maior de desgaste das elites governantes com a posição do Nodo Sul na casa.

Pode ocorrer um aumento de impulso para a oposição, já que a passagem do Nodo Norte sobre a casa 4 beneficia as posições contrárias a quem está no exercício do Poder.

— JÚPITER SEXTIL-JÚPITER-LUA —

Maio, junho, agosto e setembro de 2022

Este benéfico ciclo aponta para prosperidade do agronegócio com ótimo desempenho das safras e valorização dos produtos.

O setor imobiliário também apresenta crescimento e recuperação de seu valor.

Há uma indicação de melhoria de bem-estar da população em geral, que mostrará índices maiores de satisfação.

Em termos políticos, há uma participação mais ativa e adesão da população no processo eleitoral, e não uma atitude de descrença ou isenção.

— JÚPITER QUADRADO URANO E NETUNO —

Maio, junho, setembro e outubro de 2022

Esses serão meses com pauta carregada para o Congresso. Temas desafiadores, variados e controversos caem sobre o Legislativo que, neste momento, se mostrará dividido e com dificuldade de orientar essas pautas com objetividade ligeira e transparência. Um fator de desgaste para a Casa.

— JÚPITER CONJUNÇÃO PLUTÃO —

Maio e outubro de 2022 a janeiro de 2023

Esta passagem de Júpiter sobre Plutão do Brasil anuncia um período de entrada de investimentos e de aumento do fluxo do capital. É, sem dúvida, uma sinalização de força da economia, inclusive com subida da arrecadação. Já devemos estar sob os efeitos de algum nível de reforma fiscal.

É uma energia que fala de dinheiro, mas também é um ciclo que está bastante propenso a gastos públicos de vulto, ainda mais em ano de eleições.

— URANO QUADRADO VÊNUS —

Junho a dezembro de 2022

Todo o segundo semestre será palco da atuação desta dupla. Não é uma passagem fácil. Seu principal efeito se manifesta na economia, com instabilidade e mudança de programas. Podemos também ser afetados pelo cenário internacional, pois Vênus rege assuntos que são ligados ao exterior. É de conhecimento que o Brasil pode sofrer prejuízos financeiros se não adequar sua política de meio ambiente e a condução de sua política externa.

Pode haver também pressão cambial sob essa dupla planetária.

O Judiciário também estará na mira deste ciclo, sendo convocado a atuar sobre pautas tensas e sem trégua que surgirão no segundo semestre. É liminar para cá, liminar para lá, liminar cassada e assim por

Você chegou ao final dessa amostra. Cadastre-se para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de O livro da Lua 2022

5.0
3 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor